Posts com Tag ‘tio’

“Meu tio sempre foi independente, um dia ele foi morar no Apê com um amigo. Ao mostrar o lar para a família as pessoas observaram que só tinha uma cama e desconfiaram. Fez diversos concursos e teve que mudar para várias cidades e o amigo sempre junto. Eles têm uma cachorrinha e a tratam aos mimos, como uma filha.

Mas a questão é que eu tenho duvidas de como é viver com um homem, ter uma relação seria, estar casado sabe? E ainda acho que ser gay seja uma fase e que meu futuro é aquele comercial de margarina, mas não quero viver pros outros e sim pra mim. Acho que ele seria uma boa pessoa pra conversar, já que quer o meu bem. Mas ele nunca falou do relacionamento dele pra família. Será que eu devo perguntar sobre isso a ele e depois dizer que sou gay também? Ele está vindo passar o réveillon conosco.”

PS: SOU TEU FÃ LÊ!

Abraços.

Marcelo Luan

)))Leandro Madness Responde:

)))Ai que riqueza! Eu tenho um fã! Depois te mando aquele dinheiro mensal que combinamos pra vc me mandar e-mails dizendo que é meu fã. (Brinks).

)))Marcelo, é normal que seu tio não tenha assumido pra família e preferido viver na “discrição”. Ele no mínimo pensa que a esta altura a família inteira já se tocou, mas não fala sobre o assunto na presença dele.

Se você tem intimidade com ele, se é teu amigo, confidente, abra o jogo, mas não comente sobre a vida dele. Peça conselhos sobre a sua. E assim dará espaço pra ele comentar sobre o cotidiano dele com o marido e a cadelinha rica, se ele quiser.

Tanto faz se sua família será como num comercial de Margarina! O que importa é lambusar a baguete! (Com os devidos cuidados)

No mais, pelo que entendi você acha que sua sexualidade está numa fase gay e não se vê casado com um homem, é isso?

Olha. Que eu saiba ser gay não é coisa passageira. Se fosse assim, eu já teria abandonado essa vida e virado HT, por opção.

Mas você é dono da sua vida, tem todo direito de experimentar transar com homens e mulheres. Desde que se cuide (use camisinha) e que não iluda, nem engane ninguém… Ta valendo.

Pelo que sei você é novinho, então ainda tem muito chão pela frente… Ao invés de ficar imaginando se sua vida será como um comercial de margarina Hétero, ou gay, VIVA o presente. Dê valor as experiências que vive HOJE.

Nada dura pra sempre, por isso é preciso aproveitar. Não se apegue a conceitos construídos pela sociedade.

Se você sente atração por homens e não curte mulheres, é gay. Mas é mais do que isso, é um ser humano. E não deve esquentar a cabeça com isso de se preocupar se sua família será constituída por um outro homem e um cachorrinho mimado, ou por mulher, filhos, papagaios, peixes dourados e cachorros…

Boa sorte.

Bjuxxx,
L^^e!))).

Ou clique AQUI

Arrasa tio!

Publicado: 16/06/2009 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , , , , ,

Oi gente, tudo bem?? Espero que sim.

Primeiramente gostaria de parabenizar de verdade o trabalho que vocês desenvolvem no site. Claros, diretos, objetivos e extremamente úteis. Descobri há pouco tempo e sempre estou lendo.
Bom, vamos ao meu pedido de ajuda, na verdade é mais um conselho que peço. Bom, tenho 23 anos e não moro com a minha família desde os 14. Sou gay, todas as pessoas que convivem comigo sabem exceto minha família. Nasci e fui criado numa cidade pequena e creio que a aceitação deles seria muito problemática, mas não é esse o ponto. Como disse não moro com eles há um bom tempo e não acho que seja necessário contar. Entretanto, tenho uma sobrinha de 14 anos que é muito, mas muito próxima de mim, conversamos sobre muitas coisas e, entre uma conversa e outra tenho suspeitado que ela sente atração por garotas, mas está totalmente reprimida devido ao fato de viver nessa cidadezinha que é muito conservadora. Tenho tentado abordar mais esse assuntos com ela de forma a deixá-la segura e confortável pra falar comigo, pensei em falar pra ela da minha sexualidade, mas achei que talvez fosse informação demais pra uma menina de 14 anos. O que acham que eu posso fazer?

Desde já agradeço a atenção.

Gabriel, 23 anos, Campinas/SP

Peagá Peñalvez responde:

Gabriel, adoramos receber seu e-mail nos parabenizando. A intenção do blog é ajudar as pessoas com suas dúvidas e esperamos ter ajudado alguém com nossas dicas aqui.

Sua sobrinha ainda é nova, por isso ela ainda está se descobrindo. É normal ela ter dúvidas sobre sua sexualidade, porque é nesta hora que ela começa a surgir com força total devido a quantidade de hormônios circulando no corpo dela. Isso não significa que na vida adulta dela ela se torne lésbica… são apenas as mudanças da adolescência.

Se você quer que ela se abra com você, e você nos diz que tem uma ótima relação com ela, pergunte a ela primeiramente sobre os meninos, se ela gosta de alguém, se está apaixonadinha e tals. Ela vai se abrir com você com certeza! Depois emende a pergunta se ela já se sentiu atraída por meninas.

Se você se sentir a vontade, conte a ela que não tem o porquê de sentir vergonha quanto a isso, e que você é homossexual e não tem vergonha de ser. Apenas não contou a seus pais por não achar que isso vá ajudar ou atrapalhar em nada seu relacionamento com eles.