Posts com Tag ‘tesão’

Opção Sexual ou Orientação Sexual?

Muita gente me faz essa pergunta: Opção Sexual ou Orientação Sexual? Antes de responder, acho que seria interessante explicar cada uma delas e só depois dizer o que ~eu~ acho mais correto.

Opção Sexual
Parto pelo princípio que a homossexualidade não é escolha, portanto não existe opção em ser gay. Digo isso porque é assim que me sinto. Sei que sou gay desde muito pequeno, já sabia que meninas não me atraiam de jeito nenhum e que olhava para homens e meninos com outros olhos.
Apesar de nossa estimada presidente, em um dos seus discursos usar essa expressão, acho um certa afronta pensar que uma pessoa escolheria sentir atração por pessoas do mesmo sexo. Sabemos o quanto existe de preconceito no mundo e quem em sã consciência faria tal escolha?

Orientação Sexual
Apesar de ser o mais comum e usado em qualquer texto que leio por aí, ainda não acho que seja essa a definição da homossexualidade. Parece que somos orientados por alguém para nos tornar gays, mas como disse anteriormente, acredito que nascemos gays. Está em nossa formação, desde a barriga de nossas queridas mamães.
A ciência ainda não chegou a conclusão alguma quanto a isso, mas talvez daqui uns anos e mais pesquisas possamos saber os motivos de nascermos gays.

Mas Peagá, então como devo falar se nem opção sexual nem orientação sexual é o certo? Simples querido, Sexualidade!

Sexualidade
De acordo com o Infopedia, sexualidade é o conjunto das características morfológicas, fisiológicas e psicológicas relacionadas com o sexo. Um conjunto de fenômenos relativos ao instinto sexual.
Todo e qualquer pessoa possui sexualidade, que nada mais é do que ~uma~ característica de todo indivíduo. Se todos nós temos nossas sexualidades, porque dizer opção sexual ou orientação sexual se apenas com a palavra sexualidade você pode falar sobre isso? Se quiser ser mais direto pode usar homossexualidade, heterossexualidade, bissexualidade e por aí vai.

Costumo dizer que ninguém é igual a ninguém e por isso existe na Terra aproximadamente 7 bilhões de sexualidades diferentes, mas como nosso cérebro nunca comportaria essa variedade imensa nos subdividimos nas ‘categorias’ existentes, mas se você for pensar realmente ninguém é igual a ninguém, mesmo que essas diferenças sejam mínimas.

Podemos definir essas diferenças baseados nos gostos peculiares de cada um. Pense nos tipos de coisas que gosta na cama, todas elas. Será que um dia você já conheceu que goste exatamente das mesmas coisas que você? Tem tesão nos mesmos lugares, os mesmos fetiches, gostos, etc, etc, etc? Dentro disso ainda podemos dizer que gostar deste ou daquele estilo de homem/mulher também é uma das características de nossa sexualidade.

Simples e não agride ninguém!

Espero que curtam os links mais baphônicos que separamos essa semana! Se joga!

[Inspiração: Android é a marca favorita de gays e lésbicas]

Manual das Encalhadas – Sinais femininos que homens não entendem

A Verdade Nua e Crua – Sorria! Você está sendo manipulado!

Thiago Marzano – Dica de Filme: Bluray / DVD ‘Os Vingadores’

Sai Daqui – Um chuveiro, um amigo antigo e muito tesão acumulado

Cintura Larga – Máquina de enrolar sushi

Fedd by Frames – Festival Varilux de Cinema Francês 2012

Nova Cerveja – O que é felicidade?

Bacon Frito – Estreias da Semana

Meu Vestido Preto – Dress Code #4 – Black Tie

Ele tem nojo de si mesmo por ficar com homens Gays Gostam

Oi Peagá, meu nome é Felipe e quero te contar uma história que aconteceu comigo na faculdade.

Desde o começo do ano acho um cara muito bonito, mas sempre trocávamos olhares. O adicionei no Facebook, mas não conversamos até pouco tempo atrás. Numa das conversas ele disse que estava afim de sair, mas estava cansado. Não havia contado que sou gay pra ele.

Durante a conversa ele disse que morava no mesmo bairro que eu, inclusive bem perto de casa. Fiquei super feliz e o chamei pra beber alguma coisa na porta de casa. Ele não topou porque estava muito frio. Ele me chamou pra tomar algo na casa dele, já que ele estava sozinho em casa. Começamos a beber, conversar, mexer no Facebook e demos muitas risadas.

Eu não tirava os olhos dele e nem ele de mim. Fomos ficando cada vez mais perto e nos beijamos. Me realizei! Ele me chamou para ir ao quarto dele e começou a tirar a minha roupa, mas disse que não queria transar porque queria ir com calma. Claro que as coisas começaram a esquentar e fizemos sexo oral um no outro, mas não houve penetração. Tomamos banho juntos.

Ele confessou que foi o primeiro beijo e relação com outro homem e que adorou os carinhos que fiz nele. Nem preciso dizer que estou completamente apaixonado por ele, né? Só de ter estado ali, poder ter abraçado ele e o beijado.. nossa foi inesquecível pra mim. Teve um momento que eu disse que ele era muito especial pra mim e que eu estava apaixonado (não sei se fui precipitado). Mas, eu falei !

Na faculdade conversamos de boa, e logo ele perguntou se havia contado pra alguém já que ninguém sabe que ele é gay. Claro que não contei pra ninguém. Depois disso ele sumiu, entrava e saia do Facebook mas e comecei a achar algo errado e fui atrás dele numa boa.

Ele falou que se arrependeu do que aconteceu, que não queria essa vida pra ele, que sentiu nojo de si mesmo e só transou comigo porque queria experimentar tudo na vida e que nunca mais iria acontecer. Disse que pensa na mãe dele e etc. Não estou com raiva dele, só me sentindo péssimo com isso.

Acredito que ele não se aceita e está confuso. Se for mesmo verdade que ele nunca transou como homem eu posso até entender, mas como eu fico?

Será que ele sentiu nojo de mim? Será que eu fiz algo de errado? Será que ele gosta de mim e não quer admitir? Pode estar envergonhado com medo do que os outros vão pensar?

O que eu faço?

Felipe, via E-mail

Ele tem nojo de si mesmo por ficar com homens Gays Gostam

Olá Felipe, que situação hein? Vamos por partes para ficar mais fácil?

Ele:
Pelo que você falou, ele curtiu ficar com você sim. Até porque ele te chamou para ir na casa dele quando não tinha ninguém [já tramando de ficar com você]. Algumas pessoas quando extravasam sua homossexualidade se sentem culpadas por isso, porque acham que ser gay é errado. Religião, Medo, Preconceito, Formação familiar… tudo isso influencia na aceitação de nossa sexualidade. Não é fácil descobrir-se gay para a maioria das pessoas. Ficamos com medo que as pessoas nos odeiem, principalmente nossa família. Talvez por isso ele tenha pensando na mãe dele.

O melhor a se fazer nesse caso é tentar conversar com ele algum dia desses e falar um pouco sobre a homossexualidade, como ser diferente não é errado. Mostrar que ser gay é tão normal quanto ser hetero, somos apenas um número menor de pessoas na sociedade, mas a homossexualidade existe e é apenas mais uma forma da diversidade sexual.

Você:
Ele não sentiu nojo de você, do contrário não teria nem te beijado pra começar, né? O que ele sentiu foi TESÃO e MEDO do que aconteceu. Por isso não se sinta culpado por isso, já que você não forçou ele a fazer nada que não queira. Se ele fez é porque sentiu vontade.

Se ele gosta de você é difícil dizer, mas uma coisa posso dizer: ‘Ele sente atração por você!‘. Se você sente vontade de investir no cara primeiramente converse sobre sexualidade [como disse anteriormente]. Ele precisa se entender antes de mais nada, depois aceitar a si mesmo e só depois ele se sentirá seguro para ter algo mais sério com alguém, e espero que seja você.

Nessas horas o mais importante é ajudá-lo a não se odiar, porque daí para problemas mais sérios é um passo.

Força que você consegue!

Olá meninos do Blog! Eu sempre leio e AMO tudo, vocês estão de parabéns, nota mil!

Estou em um dilema! Meu namorado é muito fogoso e tem algumas coisas que eu gostaria de dizer para melhorar nossa relação eu não sei como e não tenho coragem também.

Não é todo dia que eu estou afim de sexo, e eu não posso ficar sozinho com ele em algum lugar que ele já quer partir do beijo pra outras coisas. Morro de medo de magoar ou constranger ele, e acaba com o clima eu parar no meio dos amassos e dizer “Não quero sexo hoje, então tira a mãozinha boba dai!”

Outra coisa: Odeio receber sexo oral, eu devo ter algum problema mas me sinto desconfortavel com isso. Não tenho problema nenhum em fazer oral nele, ainda mais por que eu sei que ele gosta. Como dizer pra ele não fazer em mim? O fato de eu não gostar de receber o oral está associado a algum problema? =s

Escrevi um livro aqui, desculpem se dei trabalho! =x

Dinho Siqueira, 15 anos – São Paulo

Peagá Peñalvez responde:

Olá querido, obrigado por ler nosso blog. Ele é feito para vocês se manterem informados e tirar todas as dúvidas que tenham, por isso não se preocupe que você não deu trabalho nenhum, e sempre que precisar pode mandar um e-mail que respondemos tudo que você precisar.

Em um namoro, nem sempre ambas as partes estão com tesão para transar. Sexo em um relacionamento não é obrigação, é tesão, carinho e DIVERSÃO!!! Portanto acho que você deve ser sincero com ele e explicar quando isso acontecer. Fale que nem sempre você está no clima para transar. É simples e SUPER NORMAL acontecer isso. Já aconteceu comigo diversas vezes e levei/fui levado de boas. Só não precisa ser direto demais e dizer um ‘NÂO’ seco. Fale: ‘Amor, hoje não tô muito afim, podemos ficar apenas abraçadinhos???’, ou ainda ‘Hoje to carente e quero só um pouco de carinho’.

Quanto ao sexo oral: Nã gostar de sexo oral é normal. Há uma parcela, mesmo que pequena, de homens que não curtem receber, se divertem mais fazendo. Relaxa, você não tem problema nenhuma. O que pode acontecer é que seu namorado não te chupa de um jeito que você goste, simples assim. Há diversas formas e técnicas de chupar alguém, e se você tiver paciência em ensinar seu namorado a achar uma forma que te dê tesão, vá em frente.

Descobrir formas de sentir prazer, ainda mais quando se namora é um dos maiores prazeres em uma relação. Até porque você é novo e ainda tem muitas coisas para aprender. Se o seu namorado curte fazer sexo oral, dê uma chance a ele de aprender uma forma que te faça ver estrelas.

Particularmente eu ADORO receber sexo oral, e assumo que não curto muito fazer, mas como sou sambado e tenho muitos anos de praia, sei deixar meus namorados loucos. Aguarde que logo lançamos aqui no blog um Guia do Sexo Oral, estou apenas finalizando e talvez semana que vem já esteja no ar.

Beijos e espero ter ajudado.

O que acontece quando juntamos um corpo maravilhoso, um olha sexy, furo no queixo e um sorriso de fazer qualquer um esquecer de respirar??? Sim, um SUPER MAN, ou nesse caso, Henry Cavill o ator que viverá o super herói nos cinemas.

O ator ficou conhecido por participar da série The Tudors, mas o sucesso veio mesmo como o personagem Theseu [ou como eu o chamo, TESÃO] no filme Imortais.

Enquanto o filme do Homem de Aço não estréia, confira algumas fotos sexys que reunimos aqui no DQOGG.

Pelos tem que tê-los

Publicado: 14/10/2011 por Leandro Lan em gay, sexo
Tags:, , , , , ,

 

“Oi! Tentarei ser direto, então. Fisicamente falando, gosto de pêlos, em todos os lugares e principalmente os pubianos, namorava um garoto bem peludinho e agora que terminamos tenho a sensação que vai ser difícil encontrar um outro do mesmo jeito.

Sei que isso pode ser uma tara ou algo assim, mas não vejo muita graça nos depilados, devo mudar? Isso pode me prejudicar em futuros relacionamentos? Fisicamente só me atraio por homens peludos, com barba, etc. Valeu, pessoal, adoro o blog!”.

Anônimo por Formspring

Leandro Lan Responde:

)))Oooi! Você vem sempre aqui, anônimo tarado por pelos? Pois, saiba que estou nu te esperando no altar pra contrairmos matrimônio. Fica tranquilo que eu  tenho pelos, ta! 

Espero que você já tenha experimentado os pelados pra ter certeza de que só gosta dos peludos... (Foto: Revista TPM)

Na boa, não acho que ter preferência seja prejudicial. Mas procurar um menino EXATAMENTE igual ao seu ex, daí é doideira. Ninguém vai ter a mesma quantidade de pelos que ele. Isso é fato.

Quanto a relacionamentos futuros, claro que essa preferência vai restringir sua relação com pessoas menos trabalhadas no jeito Tony Ramos de ser… Mas, se um cara lisinho tira a roupa na sua frente e nada acontece, não tem jeito. Nem adianta tentar.

Agora, se acha que essa coisa pode ser mudada e se sente incomodado com isso, mude. Até porque, sinceramente, a coisa já está bem difícil por aí, se você tirar os cidadãos lisos da fila de possibilidades, sua vida amorosa pode ficar mais complicada… Eu falo por mim, não curtia ficar com caras barrigudos, me broxava, agora abri exceções quanto a esse quesito, tem uma certa circunferência abdominal que acho aceitável num ser humano masculino, se passar de X cm eu chamo o próximo da fila! A gente acaba diminuindo exigências quando a oferta é pouca… Ou quando a oferta é demais, pra todos os menos exigentes, se é que você me entende.

Pensa assim, se um cara tiver cérebro, inteligência, senso de humor, pegada boa, um pênis que funcione e for participativo na hora do sexo… Tanto faz se ele é peludo ou não! Mas, se pra você é fisicamente impossível ter ereção com caras depilados ou lisos naturais, deixa esses pra mim que não tenho preconceito com isso e tenho muito amor pra dar.

Bjuxxx,

L^^e!))).

Ou clique AQUI

Umidificar ou não, eis a questão!

Publicado: 20/06/2011 por Leandro Lan em gay, sexo, Sexualidade
Tags:, , , ,

“Conheci o blog de vocês na semana passada e já li várias páginas, estão de parabéns! Tenho vergonha de perguntar, mas aqui vai: Existe “umidificação” ou é só forma de expressão? Se existe, dá para sentir quando acontece? E como faço para ter?”

 Anônimo

Leandro Madness Responde:

)))Oi! Que bom que curtiu nosso Blog!

Quanto a sua pergunta, homem não umidifica literalmente. Usamos essa expressão mais pra brincar.

A mulher umidifica antes de transar, mas pra isso é necessário que as preliminares sejam boas.

Alex Pettyfer! Ui, umidifiquei!

)))O homem até possui um líquido lubrificante que sai do pênis  para que o membro entre onde quer que seja encaixado (Mas não adianta tentar enfiar em lugares mto pequenos, tipo a fechadura da porta).

Enfim só o líquido do pênis (na maioria das vezes) não é suficiente para uma penetração sem dor. Por isso sempre é bom usar lubrificante (a base de água para não danificar a camisinha).

)))Então, como você faz para umidificar?

Vá à farmácia/supermercado/posto de saúde, pegue um lubrificante e passe no piu piu do ativo, por cima da camisinha, e no ânus do passivo, antes da brincadeira começar. Daí tudo fica assim… Escorregadio. Pra facilicar o vai e vem.

Quanto à expressão, é muito fácil saber quando usar:

Viu alguma coisa que deu um calor danado? Tesão? Uma vontade de arrancar a roupa e agarrar alguém? Ih, menino! Umidificou!

Bjuxxx,

L^^e!))).

Ou clique AQUI