Posts com Tag ‘pai’

Nils Pickert, pai de um menino de 5 anos fez algo que emocionou! Seu filho gosta de usar vestidos e para deixá-lo a vontade com esse gosto decidiu mostrar com um grande exemplo, passou a usar saia! Nils explicou para o site EMMA seu ponto de vista. Vamos conferir?

‘Meu filho de cinco anos gosta de usar vestidos. Moro em uma cidade pequena, com 100 mil habitantes e seus moradores são muito tradicionais e religiosos, mas aqui mostro a diversidade de pensamento de meu filho e faço minha parte para que as coisas mudem.

Meu filho não tem amigos e não quero falar para ele que usar saias e vestidos é errado. Como não há modelos a serem seguidos nesse assunto, tornei-me um exemplo para meu filho. Não posso esperar que uma criança em idade pré escolar se auto afirme como um adulto, por isso tomei essa decisão. Ele olha pra mim e pergunta: ‘Quando você usará saia de novo?’

Ele não se atrevia a usar vestidos ou saias na escolinha, mas um dia uma mulher nos encarou na rua e de tanto olhar bateu com a cara em um poste de luz. Meu filho caiu na gargalhada e logo no dia seguinte procurou um vestido bonito em seu guarda-roupa e foi para a creche usando-o.

Agora ele pinta as unhas também e sempre sorrindo, mesmo quando seus amiguinhos implicam, ele revida: Vocês só não usam saias e vestidos porque seus pais não tem coragem de fazer o mesmo!’

Tem como não pular de alegria ao ler uma matéria dessas, onde um pai enfrenta lado a lado com seu filho o preconceito? Isso sim é um exemplo a ser seguido!

[Sugestão enviada por Cleiton Souza]

Preciso fazer meu ‘outing’

Publicado: 10/06/2011 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , , ,

Eu descobri o blog hoje por meio de um grupo no Facebook, adorei o pouco que eu li, e queria uma ajudinha.

Tenho dezoito anos de idade, desde os meus 12 anos percebi que era gay, e foi nessa época em que eu assumi para mim mesmo, não tratei como problema, gosto de como eu sou e me amo assim, mas ainda não me assumi para o mundo, só mesmo no cyber espaço, com grupos seletos, assim eu fiz muitos amigos.

Agora vamos para o que interessa, quero me abrir com meu pai, familia e amigos, meu problema maior é para com o meu pai, eu o amo muito, não queria magoa-lo mais um dia ele vai ter que saber, nos damos muito bem, e eu nao quero perder esse vinculo com ele, mas creio que por conta disso ele não me aceite, queria algumas dicas, alguns filmes para que eu preparasse a cabeça dele para a bomba. A familia é meio complicada, mas eu posso superar a rejeiçaõ deles e amigos não to nem ai, porque amigos de verdade não vão sumir, sera que vocês podem me ajudar?

Bruno, 18 anos – Brasilia/DF

Peagá Peñalvez responde:

Olá Bruno, que bom que descobriu o nosso blog. Temos diversas perguntas respondidas aqui. Depois, com calma, dá uma navegada pelo blog e veja se acha outras coisas que você ainda tem dúvida, ok???

Assumir para a família nem sempre é fácil, ou melhor NUNCA É FÁCIL porque sempre morremos de medo de ser rejeitados  por aqueles que amamos. Não é um bicho de 7 cabeças também, antes de mais nada é preciso preparar o terreno para o seu Outing. Pense com calma se é isso mesmo que você quer, se for: DÊ O “START”.

Sonde seu familiares sobre o que eles acham da homossexualidade. Sinta o quão preconceituosos/ou não eles são. Atualmente temos na novela Insensato Coração um gay, chamado Eduardo que assumiu para uma amiga que é gay. Ok, assumir para os amigos é mais fácil, mas também é tenso.

O que acha de sair com seu pai para um passeio??? Caminhar com ele por algum parque de Brasília, e conversa vai, conversa vem, contar para ele??? Mostre que independente de você ser gay, continua sendo a mesma pessoa, que os valores que ele ensinou não irão mudar por conta disso e etc. Esteja preparado para as milhares de perguntas que ele possa fazer sobre o que é ser gay, ou até mesmo sobre relacionamento. Passei por isso depois que contei para a minha família, eles queriam saber realmente O QUE É SER GAY.

Pode ser que no começo as coisas sejam um pouco atribuladas e a situação mude um pouco na sua casa, mas nada que muito amor não resolva, ou cure.

Boa sorte, e qualquer coisas estaremos aqui para te ajudar, ok???

Ou clique AQUI

Assumir, a grande dúvida

Publicado: 01/12/2010 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , ,

Olá, Tudo bom? Espero que sim. Infelizmente como todo gay, estou passando por uma fase difícil: como assumir para a família, não para toda a família, já que moro apenas com o meu pai. Sinto-me horrível tendo que fingir algo que eu não sou.

Meu pai disse em voz alta para todos que tem muito orgulho de mim, que sou a coisa que ele mais ama no mundo, que sou a única coisa que motiva ele a viver. Tenho medo de que minha sexualidade seja a única decepção que eu possa dar à ele. Para dar uma “encrementada” nos meus problemas, o meu irmão mais velho se instalou aqui em casa,  e vive me mostrando as Playboy’s dele e vídeos eróticos. Tenho que usar o meu ator oculto. O torturante,é que meu pai nunca expressou nenhuma opinião sobre a homossexualidade. Não tenho a mínima idéia do que pode vir dele.  Quando toca, sempre se refere com respeito.  O que faço agora?

Igor, 15 anos – Vitória/ES

Peagá Peñalvez responde:

Olá Igor, poxa que coisa hein??? Pelo que você falou o seu pai ama muito você, o que já soma grandes pontos para ele respeitar a sua sexualidade, mas nunca se sabe qual realmente será a reação dele se você contar que é gay. Ninguém nunca saberá qual na real como será a reação das pessoas, não só quando falamos de sexualidade, mas de qualquer outro assunto, as pessoas são instáveis e uma caixa de surpresas nem sempre agradáveis.

Sei como é esconder das pessoas a sexualidade e o quanto isso doi, ainda mais quando escondemos das pessoas que amamos e que esperamos um pouco de compreeensão, mas você ainda é muito novo e se eu fosse você esperaria um pouco mais, pelo menos até tentar desvendar um pouco qual seria a reação dele. O que você acha de perguntar a ele, SE UM DIA O ASSUNTO SURGIR??? Pergunta na cara larga: “Pai, sei que você me ama, mas se eu fosse gay você me amaria da mesma forma“???

Seu pai deve ser uma pessoa esperta, ele vai entender o “recado“, você não vai precisar falar mais nada para ele. Apenas observe ele nos próximos dias de como ele reage com você. Talvez ele até venha te perguntar sobre isso, e se ele perguntar responda que é gay sim.


Fiquei com o pai da minha amiga

Publicado: 17/09/2010 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , , , , , , , ,

Comofas??? REZA para sua amiga não se importar

Olá, garotos do @DQOGG. Já leio o blog há algumas semanas e gosto muito do top 5. Mas precisamente estou mandando essa pergunta porque tenho um problema. Acabei de fazer 20 anos e preciso continuar anônimo pelo que vou contar.

Tenho uma amiga muito próxima e os pais dela são separados. Como ela costuma passar o fim de semana na casa do pai (que ela mesma disse que é gay), acabei conhecendo e até conversei com ele. De uns tempos pra cá ele me deu umas indiretas.

Eu não ligava no começo, achava que era o jeito dele, mas na última vez que fui lá rolou um clima enquanto eu esperava minha amiga se arrumar e nos beijamos. Pra piorar, eu gostei. Ele tem mais ou menos 40 anos, mas é muito bem cuidado, pra não falar outra coisa. Então eu fiquei preocupado com aquela teoria de os gays procurarem uma figura paterna e também porque ele é o pai da minha amiga (o que é mais estranho ainda). Mas eu curti e gostaria de levar adiante. O que eu faço?

Anônimo, via Formspring

Peagá Peñalvez responde:

Olá Anônimo, não se preocupe, não vamos colocar seu nome se você quer permanecer desconhecido.

Nossa, to passado sabia??!! Meldels, onde você estava com a cabeça de pegar o PAI DA SUA AMIGA??? Em Vênus ou em Plutão??? Querido, esta coisa de pegar o pai da sua amiga, mesmo que ele seja gay é complicado. Você já imaginou tudo o que pode acontecer se a sua amiga descobrir e não curtir a ideia de ter você como GAYDRASTO??? A coisa ficará complicada, não apenas para você, mas sim para o pai dela. Ou a sua amiga é daquelas moderninhas que não ligou o FODA-SE na vida e quer mais é curtir???

Homens mais velhos sabem seduzir, isso é um fato, por isso tome cuidado para não sofrer depois. Você sabe se ele também quer levar isso adiante??? Tem que saber, para não saltar de um avião sem paraquedas!!! Depois você que vai ficar sem ninguém. Sem amiga e sem pai da amiga.

Se você quiser MESMO levar o romance adiante, é melhor se precaver que a sua amiga não vai te matar depois de saber que pegou o pai dela. Sei lá, vai jogando um verde sobre o que ela acha do pai dela ficar com caras mais novos, assim você pesca alguma coisa. Depois emenda se algum amigo dela já se sentiu atraído pelo pai, estas coisas, como quem não quer nada, só para sentir o terreno entende??? Se ela der o aval de que não se importa, aí sim você pode seguir em frente, do contrário, acho melhor parar por ai mesmo.

Sobre esta coisa de gays procurarem homens mais velhos por causa da figura paterna é puro MITO. Não existe estudos que comprovem este tipo de coisa. Conheço gays novos que curtem homens mais velhos, e não tem problema nenhum com seus pais. Relaxa que a coisa não é bem assim. Tudo é questão de sentir atração por homens de uma forma, ou de outra, e NADA disso é um problema.

Homens existem MUITOS homens por ai, amigo é mais difícil de encontrar.

Ou clique AQUI

Pegar mulher??? Sai de mim!!!

Publicado: 30/08/2010 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , , , ,

Oi pessoal! Bem, não faz muito tempo eu mandei uma perguntinha para vocês, mas novamente preciso de ajuda. Não sei se vocês vão lembrar, eu sou o garoto de 20 anos do Rio de Janeiro que namora o de 25 de Brasília, eu tinha pedido ajuda sobre o meu namorado que estava com receios de transar comigo. Enfim, esse e-mail não tem nada com isso.

O problema agora é com meu pai. Para resumir a história, eu tive uma briga muito feia com ele e ele disse que ia me tirar da faculdade e me prender em casa pra eu não ir para o estágio. Nessa hora eu estava na casa da minha avó, porquê é mais perto da faculdade (ela sabe que eu sou gay e me aceita muito bem). Depois dessa briga eu entrei em desespero e ia fugir pra morar com meu namorado em Brasília. Arrumei as malas, comprei passagem e meu namorado até arrumou emprego pra mim lá, isso tudo em uma noite, já estava tudo certo e eu ia no dia seguinte. Bem, eu não podia simplesmente desaparecer, então de manhã eu chamei minha mãe para conversar e contei tudo pra ela. Contei pra ela que sou gay, contei que não aguentava mais meu pai e contei que ia embora.

Quando eu não estava perto, ela ligou para o meu pai, e ele foi até lá, minha mãe contou pra ele e brigamos muito. Eu e meu pai gritando um com o outro. Depois que passou a briga, ele disse que não estava com raiva porque eu era gay, mas sim porque eu estava disposto a largar tudo, minha família e faculdade e trabalho. Disse que ele e minha mãe me amavam de qualquer jeito, não importava o que eu fosse. Até aqui tudo bem, continuei na faculdade e no estágio, ele me trata normalmente e minha mãe me trata até mais carinhosamente. O problema é que meu pai quer que eu mude, ele quer que eu termine com meu namorado e que eu tente ficar com uma garota, mas eu já sei que não gosto de mulher. Não sei como falar isso pra ele, ele não quer me escutar quando eu tento dizer que não vou e nem quero mudar. Como eu falo isso pra ele?

Muitos beijos para todos, são todos lindos, por fora e por dentro, por ajudarem pessoas como eu, que não tem a quem recorrer.

Pedro, 20 anos, Rio de Janeiro

Peagá Peñalvez responde:

Olá Pedro, ficamos felizes quando nossos leitores nos mandam mais de uma pergunta, isso mostra que acertamos na outra, né???

Para alguns pais é complicado aceitar a homossexualidade dos filhos. Alguns fazem como o seu pai que quer que você fique com uma mulher para “testar”, porém quando temos a certeza de nossa sexualidade, não adianta tentar fazer algo que é contra a sua natureza. O importante é tentar explicar para ele que isso é contra a sua natureza.

As vezes quando alguém me pergunta como é ser gay, ser homem e gostar de outro homem, eu falo o seguinte: “É a mesma coisa que ser hetero. O mesmo sentimento que você sente por pessoas do outro sexo, eu sinto por pessoas do mesmo sexo. Igual a você, os mesmos sentimentos”. Dê o seguinte exemplo para o seu pai: “Imagina pai se eu forçasse você a ficar com um homem. Como você se sentiria”??? Acredito que se ele pensar, e se colocar no seu lugar ele vai entender que forçar você a ficar com uma mulher não vai resolver o seu problema e, além do mais, vai te deixar triste.

Os pais nos querem ver felizes. Para cada pessoa, a felicidade é uma coisa, é mostrar para o seu pai que a sua felicidade é apenas diferente da dele.

Beijo e espero ter ajudado!!!

Ou clique AQUI

Assumi!!! E agora comofas???

Publicado: 30/06/2010 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , , , ,

Olá, meu nome é Rafael tenho 17 anos, assumi pra minha mãe minha que sou homo ontem. Ela me falou que é só uma fase da adolescência, ela disse que vai passar. Mas o fato é que já fiquei com meninas e EU DEFINITIVAMENTE NÃO GOSTO.

Poxa, minha mãe não me aceita, ela diz que a mãe conhece quando o filho é, ela acha que todo gay é afeminado, nada contra os afeminados, mas eu não sou. Tou pensando em contar pra uma amiga,  que se diz minha melhor amiga, acho que ela vai me entender melhor. Ps: Ela era afim de mim na escola, eu tinha quase certeza. Será que é bom eu contar pra ela? Como eu chego nela e falo isso? SOCORRO.

Também penso em contar pro pesssoal da faculdade, mas meu pai não pode nem sonhar, ele me odeia e eu odeio ele, faz quase 2 anos que não falo com ele (ele me espancava, na época tinha 15 anos, chegou um dia que não tolerei e dei parte na delegacia do menor).  Sim, voltando ao assunto, vai ser um choque enorme na minha família, meus parentes são por maioria evangélicos. (Vocês ja sabem o que eles pensam de homossexuais, nem vou comentar).

Já ta parecendo mais um desabafo do que uma pergunta, então queria conselhos a vocês, mais experientes, se é hora de sair do armário. Eu já pensei em esperar eu me formar, (faço Arquitetura) ter um emprego fixo, me estabilizar em uma moradia, aí sim, quando não depender mais de ninguém, e me assumo como eu sou, mas definitivamente eu não aguento esperar, tudo por causa do pai desgraçado que eu tenho.

Ah, como o carinha ali falou, eu nunca fiquei com homem, mas me masturbo pensando em homem. Quando passa uma mulher bonita na rua eu não olho, já quando passa um gostoso vindo da academia eu quase como com os olhos.

Eu sei que é grande, mas leiam por favor, é importante para mim. Ah, parabéns pelo blog, muito bom ele.

Rafael, 17 anos – Via E-mail

Peagá Peñalvez responde:

Olá Rafa!!! Que bom que nos mandou este e-mail, ficamos muito felizes com o seu contato.

Para começar, você já sabe que é gay, apesar de não ser afeminado nem nada. Não é preciso ter transado com outro homem para ter a certeza de sua homossexualidade, nós sentimos que somos diferentes desde muito novos. Há milhares de gays que não são afeminados, mas as pessoas tem como referência [na TV, como sempre], apenas os que são mais espalhafatosos e afetados são mostrados pela mídia, por isso sua mãe pode pensar que seja apenas uma fase, mas se você já contou, agora é a hora de você explicar para ela tudo isso, assim ela vai entender melhor o filho dela, e com certeza vai te aceitar. Não adianta ir vomitanto um monte de coisas para a sua mãe, que com certeza ela vai sem embaralhar. Vá com calma!!! A conversa principal você já teve que foi contar, agora é ajuda-la a digerir a notícia, o que nem sempre é fácil e leva um certo tempo… mas você consegue.

Agora contar para a sua amiga vai ser mais fácil, ainda mais que ela se diz sua MELHOR AMIGA. Mesmo que ela tenha sido apaixonada por você, acredito que ela vai aceitar de boa. Experiência própria!!! Né, titia FÊNIX???

Quanto ao seu pai, a única coisa que tenho a dizer é que por mais que tenha mágoas, violência, e tudo mais de ruim que ele deve ter feito, ele ainda é seu pai. Por isso, respeite-o, mesmo que ele falte com o respeito com você, mas NÃO CONTE PARA ELE, pelo menos não até você ter a sua independência financeira. Forme-se primeiro, boa estratégia!!!

Siga a sua vida normalmente Rafael, ser gay é apenas uma das milhares de características que você tem e as pessoas vão gostar ou não de você não por sua homossexualidade, mas pelo seu caráter, companheirismo, carisma e muitas outras coisas.

BEIJOOOS

Ou clique AQUI

Quero uma família para mim

Publicado: 28/06/2010 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , , , ,

Olá querido blogueiros, adorei o blog de vocês. Pelo que li, vocês tem ajudado muitas pessoas, e agora é a minha vez de pedir uma ajudinha.

Desde pequeno sei que sou diferente da maioria me interesso por pessoas do mesmo sexo. Na escola sempre fui de ficar mais quieto, na minha e tudo mais. Em família sempre fui muito tímido, e não curto muito estas coisas de badalação. Aprendi desde pequeno que o homem nasce, cresce, constitui família, e segue com sua vida, mas eu sendo gay posso constituir família? Como eu farei quando for mais velho e quiser ter um filho?

Guga, Brasília/DF, Via E-mail

Peagá Peñalvez responde:


Olá Guga, que bom que você curtiu o nosso blog, ficamos satisfeitos quando as pessoas comentam que curtem ler as nossas loucuras aqui. Entre sempre e fique a vontade para mandar quantos e-mails você quiser.

TODO SER HUMANO pode constituir uma família, não importando se é hetero, gay, bi, trans ou qualquer outra denominação que seja criada, portanto você também pode casar, ter filhos e ser feliz. Ou nem casar e ter filhos do mesmo jeito. Quem disse que para ter uma família é precisa casar???

Hoje a definição de família é completamente diferente da definição usada a algumas décadas atrás. Antigamente uma família era formada por PAI, MÃE e FILHOS. Atualmente uma família pode ter: PAI e FILHOS, MÃE e FILHOS, PAI/PAI e FILHOS, MÃE/MÃE e FILHOS, PAI/PAI/MÃE e FILHOS, ou seja Guguinha, possibilidades INFINITAAAAAAAAAAAAAAAAAS!!!

Você pode casar com um outro cara também bacana e adotarem filhos!!! Tem tanta criança por ai sem uma família. Adotar uma criança é um ato de amor, tanto quanto ter filhos biológicos. Ou se preferir, pode contratar uma barriga de aluguel e fazer uma inseminação artificial com o seu esperma e ter um filho seu!!! Ou ainda, se preferir pode transar com alguma amiga e ter seu próprio filho do mesmo jeito Guga.

São tantas opções que nem tem como escrever todas aqui, mas com o tempo você vai achar a sua própria resposta para esta pergunta. Você ainda é jovem, tem mais é que pensar em aprender, crescer, ter uma vida bacana, e só assim, dar a seus filhos [e marido], todo carinho e amor que puder para fazer da sua família, uma FAMÍLIA FELIZ!!!

Família é todo lar onde há AMOR!!! Simples assim.

Ou clique AQUI