Posts com Tag ‘Padre’

)))Uno, dos, tres… un pasito adelante, Maria… Pois, é, não sabia como começar este post, então resolvi escrever uma música do meu marido aqui e tentar esquecer do fato que este post está atrasado porque a memória da rã que vive no meu PC continua ruim. Enfim, bora pro sobe desce da semana!

Desce a barrinha da felicidadjean aê:

1))) Shakira estará na lista de convidados do casamento de seu ex, o de La Rua

Aprendendo a fazer upgrade de boys com a Shaki. (Foto: Getty Images)

*Santa civilidadjean. Será o máximo se ‘EL PIQUETÓN’ ESTIVER presente na festa com ela. Pra ficar perfeito só se fizerem uma troca de casais e filmarem o vucu vucu pra gente ver depois. Ok, te deixo orar pela minha alma pecaminosa.   

2))) Rapper americano assume homossexualidade

(Foto: Getty Images)

*Frank Ocean saiu do armário. Ele compôs músicas para Justin Bieber, Beyoncé e John Legend antes de lançar cd solo. Acho massa um rapper se assumir, pq geralmente esses são os machões americanos, Gangstas e tals. Mas o fato dele compor pra Bieber e Beyoncé já dizia muita coisa. Aloka! .

3))) Tom Cruise implorou para Katie Holmes passar aniversário com ele

Quem demonstra amor assim? Só quem fez acordo pra casamento de mentira em Hollywood, fala aê? (Foto: Getty Images).

*Mesmo assim, arrasou Katie, quem diria que a songa monga de Dawson’s Creek ia se tornar a Luciana Gimenez de Hollywood. Deu o golpe e fez o boy implorar pra você ficar mais um pouquinho. Sou obrigado a aplaudir…

1))) Record tentou forçar ‘pazes’ entre Ana Hickmann e Chris Flores ao vivo

*Tadinha da Chris Flores, até passou mal. Achei o máximo que nem a volta da boneca de Olinda, Ana Hickmann, fez a audiência do programa subir. Agora, a Record querer usar “as pazes” das duas pra elevar a audiência…. Fim do mundo. Deviam ter botados as duas pra brigar na banheira logo… já que é pra explorar.

2))) Padre é preso por abusar sexualmente de jovens na zona sul de SP

*O padreco agia numa mansão perto do Jóckey Club aqui em Sampa e, em sua defesa, disse que AS SEIS pessoas que o acusaram de pedofilia estavam com raiva e mentiram porque foram expulsas da “comunidade” dele. Aham, aposto que os filmes pornôs e etc que foram achados na casa dele foi Satã quem deixou. E depois, pedófilos somos nós, os gays.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                              

3)))  GRETCHEN diz que mulheres que dançam Funk são vulgares

Buh.

*Fazer filme Pornô não é vulgar? Sustentar a família desde os anos 80 mostrando a bunda pro Brasil e pro mundo não é vulgar? Parem o mundo que eu quero descer, ou melhor, joguem a Gretchen pra fora deste planeta.    

 ))))))))))))))))))))))))

)))))))))Por hoje é só, pessoal!

Resumão:

Já que Carrossel ta fazendo um GRANDE sucesso, mesmo com aquele elenco de atores infantís e adultos mais pedras do que o Cigano Ígor, resolvi encarnar a Professora Helena e dar uma aula sobre o sistema Solar, ‘preztenção’:

 Aprendeu? Então bora fazer a prova oral (UI). HAHAHAHA

Beijas,

L^^e!))).          

                                                 

Fontes: El Universal, F5, O Globo, BillboardCharts, Veja e meu cérebro lindo.

Martin McVeigh - Do Que Os Gays Gostam

Aconteceu na Irlanda. O padre Martin McVeigh apresentava uma palestra para pais e alunos em uma escola primária, quando de repente fotos de sexo gay surgem na apresentação!!! SURREAL a situação.

Agora você pensa que o padre tomou alguma atitude??? Claro que não. Simplesmente saiu da sala, e voltou minutos depois como se nada tivesse acontecido. Claro que os presentes na apresentação ficaram chocados, ainda mais quando algo assim vem de um padre!!!

A desculpa para as imagens no pen-drive foi que ele é usado por diversas pessoas e não sabem explicar como tais imagens surgiram no dispositivo. Sean Brady, cardeal e chefe da Igreja Católica na Irlanda, defendeu o padre dizendo que logo que se tocou das imagens as removeu. Deletar as provas me parece mais um ato de quem tem culpa, do que alguém que queira esclarecer alguma coisa.

#HipocrisiaCatólica

Por Peagá Peñalvez

O padre da paróquia de Nossa Senhora da Conceição, ao sul da Espanha, impediu um batizado ao descobrir que o padrinho era gay. A família levará o caso aos tribunais.

O padrinho, amigo da família, e casado já há um bom tempo, já que mora na Espanha e lá existem leis que garantem esse DIREITO a qualquer cidadão.

 Dolores Muñoz, a mãe da menina de 6 meses disse que a família e os padrinhos cumpriam todas as normas requeridas pelo sacerdote quando levaram a documentação.

Perguntaram se pais e padrinhos estavam batizados e confirmados. Depois se todos estávamos casados e respondemos que sim. Nunca pensamos que teríamos que avisar que ele era casado, mas com um homem. As normas, ele cumpria‘, disse.

O padre Manuel García não aceitou o batismo, e ainda disse que aceita batizar a menina desde que escolham outro padrinho.

Os pais enviaram uma carta ao arcebispo da província de Jaén e nesta quinta-feira denunciaram publicamente, com uma associação de homossexuais, o caso que definem como discriminatório. Para o espanto dos pais, o arcebispo respondeu a carta dizendo que um padrinho católico precisa ter uma vida ‘congruente‘.

Estuprar coroinhas, ou manter relações com outros homens sem que a sociedade saiba é ter uma vida congruente??? Não, isso é ter uma vida de HIPOCRISIA, e acredito que a religião católica é mestre nesse tipo de atitude.

Família Religiosa. Como faço?

Publicado: 21/07/2011 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , ,

Olá, meninos! Tudo bem? Espero que sim! Sou veterano no blog, não é a primeira vez que entro em contato com vocês! Adoro blog e vocês também.

Bom gente, há exatamente 20 minutos atrás, tive uma discussão com os meus pais sobre homossexualidade. Minha mãe chegou toda animada da missa dizendo a opinião do padre sobre homossexualidade…adivinhem? O padre disse que essa DOENÇA não entrava na cabeça dele e que os pais deveriam vigiar seus filhos para que eles não andem com esse ”tipo” de gente porque vão deixar se influenciar e outras asneiras.

Só sei que todo esse discurso me irritou de uma tal forma – e acredito que a vocês tb [sim, e muito] – que eu não consegui ficar calado. Meus pais? ÓBVIO que concordaram em gênero número e grau, a minha mãe em partes, sabe, até porque ela trabalha em escola e convive com gays, agora o meu pai não… ele realmente acha que pessoas de família e com educação não são gays, sabe? E ainda disse que é completamente contra!

A questão é, fui criado por uma família católica e dentro da igreja, venho me afastando por questões institucionais mas minha fé não está nada abalada, eu sei separar Deus da instituição, e a minha visão dele é muito diferente da visão que o sacerdote e que a igreja em geral impõe! Me assumi a pouco tempo para alguns amigos e para mim mesmo, é claro! E sei o quanto vai ser difícil para os meus pais se depararem com a minha homossexualidade, porque querendo ou não, uma hora eles vão saber! Só sei que com essa discussão, fiquei um pouco desanimado comigo, com a religião, com a situação no geral e é por isso que estou mandando esse email! Como posso lidar com isso? Me sinto tão impotente, parece que piso em ovos sabe? É uma sensação tão esquisita…

Beijos a todo e obrigado! (=

David, via E-mail

Peagá Peñalvez responde:

Olá David, realmente você sempre nos manda e-mails com dúvidas. É isso mesmo, quando tiver alguma, pode mandar que respondemos com muito gosto.

Complicado viver em uma casa onde seus próprios familiares não te aceitam, e ainda fingir que está tudo bem. Ainda mais em uma família religiosa como a sua e com um padre desses torrando a paciência.

É assim que a Igreja quer que você seja. Um cego, que não questione para onde é levado.

Não entendo como padres, que DEVERIAM ser pessoas mais esclarecidas teimam em acreditar que a sexualidade possa ser opção. Poxa, quem em sã consciência escolheria viver a margem da sociedade, com medo de mostrar quem realmente é, ou até mesmo de demonstrar seus sentimentos na rua correndo o perigo de ser agredido ou morto??? Não sou padre, MUITO MENOS CATÓLICO, mas a única coisa que posso dizer com relação a isso é que a minha concepção de Deus, é MUITO diferente da deles. Não sei se é a certa, só sei que é isso que eu sinto, e fé é assim: Sentir e Acreditar.

A melhor forma de lidar com tudo isso é tentar abordar o assunto, abrir a mente de seus familiares sem se expor muito, pelo menos por enquanto. Com o tempo você sente como eles lidariam com a sua sexualidade, apesar de que eles não tem que lidar com ela, e sim você. Se você sentir que a ideia de ter um filho gay não será muito bem recebida, está na hora de você juntar suas roupinhas e seguir a sua vida sem dar satisfação. Na SUA casa, com as SUAS regras e SUA liberdade.

Pronto, falei.

Follow @peagapenalvez

Ou clique AQUI

 

 

 

 

 

 

 

Argentina 100, Brasil 0

Um grupo de padres católicos na Argentina publicou um documento defendendo o casamento gay. Na última semana, os doze sacerdotes de Córdoba que integram o Grupo Sacerdotal Enrique Angelelli contrariaram os posicionamentos oficiais da Santa Sé e deram opiniões muito mais tolerantes acerca do projeto de reforma do Código Civil argentino, que vem sendo discutido pelo parlamento do país e que inclui o reconhecimento legal de uniões entre pessoas do mesmo sexo.

No texto, que você confere na íntegra logo abaixo, os padres usam passagens bíblicas para afirmar que Jesus Cristo nunca condenou a homossexualidade.

É óbvio que a iniciativa gerou reações por parte dos setores conservadores da Igreja Católica. O bispado de Córdoba se apressou em declarar que a opinião dos doze padres “não representa de forma alguma o sentimento da Igreja Católica”. Em nota, as autoridades religiosas pediram que senadores se oponham ao projeto “para o bem do país e de suas futuras gerações”.

Leia o texto divulgado pelos padres defensores da união gay:

Contribuição ao debate sobre as alterações na lei do casamento civil

“Deus é amor, quem permanece no amor permanece em Deus e Deus nele.” São João.
“Deus é espírito, onde está o Espírito está a liberdade.” São Paulo aos Coríntios.
“Não há diferença entre judeu e grego, escravo e livre, homem e mulher, porque todos vós sois um só em Cristo Jesus.” São Paulo aos Gálatas.

Diante da possibilidade de uma lei permitindo que pessoas do mesmo sexo se tornem um “matrimônio”, e vivam uma experiência profunda do amor e da sexualidade, entendemos que a sua aprovação, acompanhamento e aprofundamento nos coloca no caminho do Evangelho de Jesus. Um Jesus que revelou o rosto amoroso de Deus. A Igreja oficial e seus pontos de vista nem sempre ou necessariamente coincidem com o Evangelho. Este assunto é um exemplo.

Vejamos:

– Jesus nunca estabeleceu uma doutrina fechada sobre casamento, simplesmente seguiu os costumes do seu tempo, e avançou ao reconhecer e defender de maneira especial as mulheres, em um contexto social machista e patriarcal…

– Jesus jamais condenou ou mencionou a homossexualidade, mas sim enfrentou os soberbos, os que acreditavam ser puros, aos que tinham o poder opressor, os que escravizavam, os que humilhavam…

– Jesus sempre colocou a lei a serviço de uma humanização maior, onde o centro seja a pessoa, sobretudo os excluídos, os esquecidos, os últimos…

– O termo “homossexual” não aparece na literatura até o final do século 19. Nos tempos bíblicos não havia uma compreensão do que atualmente entendemos por orientação sexual… mal se poderia condenar a homossexualidade ….

– Toda a Revelação bíblica aponta para a prioridade do amor, sem qualquer exclusão, e com predileção pelos marginalizados, pelos proscritos, pelos párias, pelos negligenciados, pelos acusados…

– Se alguns textos do Antigo Testamento parecem condenar a homossexualidade, na verdade o que rejeitam é a idolatria a que tal prática se ligava, ou, como no caso de Sodoma, a falta de hospitalidade. Em Ezequiel 16,49-50, por exemplo, “Sodoma” é soberba, gula e não socorrer o pobre e o indigente; ou seja, não tem nada a ver com um “pecado sexual”. Além disso, os textos do Antigo Testamento nunca se referem às lésbicas, só falam de varões.

– Se alguns textos das cartas apostólicas incluem a homossexualidade em suas listas de “pecado”, é apenas para adaptar-se aos códigos morais greco-romanos, e neste sentido recordar o pecado de idolatria que tais costumes significavam, ou condenar as práticas de abuso, prepotência, exploração sexual, sejam estas hétero ou homossexuais, mas de maneira nenhuma expressar uma condenação à homossexualidade enquanto tal…

– Toda a Revelação bíblica, e com mais razão o Novo Testamento, não é um código de moral. Citar textos isoladamente para condenar a homossexualidade é um fundamentalismo anacrônico, incapaz de compreender os textos em seu ambiente histórico específico. É utilizar alguns textos para justificar seus próprios preconceitos. Fazer da Bíblia um manual de moral sexual seria cair em um legalismo judaico criticado por Jesus. A Bíblia é a Revelação de um Deus que nos quer ver livres, alegres e felizes, e por isso nos convida a enfrentar tudo o que oprime, discrimina, rejeitada, expulsa, odeia, segrega e separa.

Entendemos a homossexualidade como uma maneira distinta, diferente e diversa de se viver a sexualidade e o amor; e não como uma raridade e menos ainda como uma doença. Fez 37 anos que a homossexualidade já não é considerada um transtorno psiquiátrico, e Organização das Nações Unidas (ONU), através da OMS (Organização Mundial de Saúde),    a excluiu da classificação de transtorno mental em 17 de Maio de 1990, por considerar com critérios científicos que não correspondia a uma patologia, mas que é parte da diversidade do ser humano.

Quem pode negar que pessoas do mesmo sexo não possam viver de maneira adulta, livre e responsável a sua própria sexualidade? Ninguém pode, e menos ainda em nome de Deus, afirmar que só haja uma maneira de se viver a sexualidade e o amor. A natureza, rica em multiplicidade, também nos ensina que a diversidade não lhe faz oposição, mas a embeleza. Citar a “lei natural” para colocar-se contra esta legislação é apenas uma posição fixista, dura e congelada da realidade pretendida como “natural”, sem entender os complexos processos culturais.

Entendemos que um legislador pode professar profundamente sua fé cristã e católica e, ao mesmo tempo, com total liberdade de consciência, pensar, definir e agir diferentemente do que propõe a hierarquia eclesiástica. Na Igreja Católica não há um “pensamento único”, há lugar para a diversidade e para a pluralidade. Além do mais, um legislador não legisla para a comunidade católica, legisla para todos os cidadãos. Ninguém deveria se ofender ou se incomodar, pelo contrário, deveria ser motivo de alegria que pessoas do mesmo sexo – tradicionalmente ridicularizadas, discriminadas, condenadas, estigmatizadas, amaldiçoadas, vítimas de preconceitos e obrigadas a viver na clandestinidade, ocultando seus sentimentos mais profundos – hoje possam se sentir livres e amparadas por uma lei da Nação que reconhece seu direito ao amor e à família, não como uma concessão relutante, mas como um direito inalienável.

Grupo Sacerdotal Enrique Angelelli
Pe. Nicolás Alessio
Província de Córdoba
Argentina

[Matéria enviada por Ritinha, Via E-mail]

Peagá Peñalvez comenta:

Mais uma vez a Argentina sai na frente do Brasil e faz um gol de placa em cima de nós brasileiros. Publicamos uma matéria sobre este assunto no dia 07 de maio deste ano, e agora nossos “hermanos” simplesmente ARRASARAM. Se quiser ler a nossa outra matéria, clique AQUI.

Quero AGRADECER aos padres argentinos pela ATITUDE que tiveram. Assumir uma opinião desta perante a sociedade e toda a comunidade católica é coisa de quem tem CORAGEM para exprimir as suas verdadeiras opiniões, sem pensar no que a Igreja [OPRESSORA] Católica vai dizer a respeito.

Enquanto isso, temos um Pastor como o Senhor Silas Malafaia que só fala merda!!! Quer saber o que este ser anda falando??? Clique AQUI e AQUI.

Simplesmente lindo o que vocês fizeram, sem falar que colocar algumas passagens da Bíblia foi IN-CRÍ-VEL!!!

Parabéns!!! Gostaria que nossos Padres, e Pastores tivessem esta mesma coragem.


Deus fez o homem para ser feliz!!!

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) acredita que homossexuais devem ser impedidos de se tornarem padres. Segundo declarou o presidente da entidade, d. Geraldo Lyrio Rocha, os gays não seriam capazes de serem padres não pela homossexualidade em si, mas por não conseguirem ser celibatários e castos.
Durante o encerramento 48.ª Assembleia Geral da CNBB, em Brasília, na última semana, ele alegou que “não é uma discriminação, é um direito da Igreja, que pode escolher aqueles a quem vai conferir o sacramento da ordem ou sacerdócio”.
O religioso disse ainda que a Igreja precisa prestar mais atenção em sua seleção de padres, que deve ser feita com um “acompanhamento que permita a admissão de pessoas com indisfarçável saúde física e mental, somada aos atributos de equilíbrio moral, psicológico e espiritual”. O que, para a Igreja, os gays não têm.

Fonte: MixBrasil

[Enviado por Ritinha via E-mail]

Peagá Peñalvez comenta:

Hum, acho que a Igreja Católica está um pouco atrasada quanto a isso, deveria ter falado isso a alguns anos, antes destes padres PEDÓFILOS sairem por ai, pegando criancinhas não é mesmo???

Agora quanto a não conseguir ser celibatário, acho que eles estão generalizando um pouco. Se um homem, seja ele gay ou hetero se acha DIGNO de se tornar padre, CLARO que ele vai entrar nos moldes que a catolicismo pede a seus representantes, e isso não tem nada a ver com a sexualidade de cada um… E quer saber de uma coisa??? To pouco me lixando para isso, ainda mais porque eu não acho correto esta coisa de ser celibatário e tudo mais. Acho que padres deveriam SIM casar e ter muitos filhos. Deus disse: “Crescei e multiplai-vos”. Por que os padres não podem??? Eles são diferentes do resto da humanidade??? Bem, os registros policiais dizem o contrário nestes casos de pedofilia.

Desculpe, não sei se estou certo. Juro mesmo, mas eu penso que se você pega um rio e o represa, a água ali contida vai precisar sair para algum lugar, mais cedo ou mais tarde. É a mesma coisa com a sexualidade e o IMPULSO SEXUAL!!! Para que conter algo NATURAL??? Se Deus nos fez com estes impulsos, porque tentar conter alguma coisa que ELE criou??? Deus estava errado então quando criou o impulso sexual??? Desculpe, mas pelo que eu sei sobre religiosidade, Deus é PERFEITO e NUNCA ERRA. Agora da Igreja Católica não posso dizer o mesmo!!!

#meprocessa

Padre Edilson Duarte, o GRANDE FDP!

ARAPIRACA (AL) – O padre Edilson Duarte, 43, assumiu, no depoimento dado à CPI da Pedofilia, no sábado, 17, que era gay e que se relacionou com três ex-coroinhas menores de idade. O depoimento aconteceu no Fórum Estadual de Arapiraca, na cidade que fica a 146 quilômetros de Maceió, e foi conduzido pelo senador Magno Malta (PR-ES).

Os ex-coroinhas Cícero Flávio Duarte e Fabiano Vieira, que acusavam o padre Edilson de ter abusado sexualmente deles, ficaram frente a frente com o religioso. Pressionado para que confessasse que abusou dos ex-coroinhas, quando eram menores, ele assumiu.

“Eu não posso mentir, sou mesmo homossexual e fiz sexo com o Flávio e com o Fabiano quando os dois tinham 16 anos de idade”, disse o padre para espanto da platéia, inclusive de dois irmãos seus, que são militares e que imediatamente se retiraram do local ao ouvir a revelação.

Segundo o padre Edilson, uma das vezes que fez sexo com Fabiano foi dentro da Concatedral de Arapiraca. Além disso, confessou que presenteava o jovem com o dinheiro das doações dos fiéis. Segundo o religioso, os padres Luiz Marques Barbosa, 82, e Raimundo Gomes, 52, também abusavam sexualmente dos jovens.

“Isso é um absurdo. Uma mentira deslavada”, retrucou monsenhor Luiz Barbosa, que foi filmado fazendo sexo com o ex-coroinha Fabiano Silva Ferreira, 20. O padre Edilson pediu proteção à CPI. “Peço segurança porque o monsenhor Raimundo é muito perigoso e pode querer acabar com a minha vida, depois desse depoimento”, disse.

Vera Fischer, Simone e Mônica – O padre Edilson contou que a casa religiosa na cidade de Barra de São Miguel era utilizada para orgias entre os menores e os padres. Segundo ele, o bispo Dom Valério Brêda era chamado de Vera Fischer, o monsenhor Luiz Marques, de Simone, e o padre Raimundo Duarte, de Mônica. Os ex-coroinhas afirmaram que os padres os levavam para a casa para “retiros espirituais” e que davam bebidas alcoólicas aos garotos.

“Às vezes eles nos davam R$ 5, R$ 10. Era um cala boca para que a gente não contasse, como se fôssemos garotos de programa”, contou Cícero Flávio. De acordo com o senador Magno Malta, o padre Edilson terá direito à redução da pena se denunciar demais religiosos e outros casos de abuso dos padres da congregação de Arapiraca. Segundo Malta, a CPI deve ser prorrogada em virtude das denúncias graves. O padre Edilson também disse que iria conversar com sua advogada sobre o processo de delação premiada.

Troca de acusações – Já neste domingo, 18, o monsenhor Luiz Marques disse que Dom Varério Brêda sabia dos abusos sexuais do padre Edilson, pois ele havia lhe comunicado. Sobre a sua acusação de pedofilia, ele negou. Sobre o vídeo, no qual aparece fazendo sexo com Fabiano, ele diz que só aconteceu naquela ocasião, pede desculpas e se compara a Jesus.

“Falo feito Jesus, tiraram minha roupa, cuspiram em mim e me crucificaram. Isso aconteceu com ele e está acontecendo comigo. Talvez eu mesmo tenha me crucificado. Queria que vocês atendessem ao meu clamor: perdoem-me”, disse o padre Luiz. Neste domingo, foram apresentados materiais recolhidos na casa do monsenhor de acordo com o mandato judicial. Lá encontraram vinte garrafas de bebidas alcoólicas e um lubrificante íntimo. “É normal eu oferecer bebida a uma visita. Já o creme vaginal foi alguém que esqueceu lá”, alegou o monsenhor.

Por sua vez, o padre Raimundo Gomes negou ter praticado pedofilia. “As denúncias partiram fruto de uma vingança já que ex-coroinhas tentaram me extorquir e não conseguiram. Sou padre por vocação, tenho respeito a Deus, às pessoas e aos coroinhas. Nunca abusei e nem peguei em órgão genital de coroinha no altar. Isso seria impossível”, disse. Raimundo também pediu proteção policial.

Ameaças de morte – Outra gravação feita pelos ex-coroinhas está em poder da polícia. Nela, aparece o padre Edilson Duarte ameaçando Fabiano. O padre Edilson dizia que o ex-coroinha só teria a perder caso o denunciasse. Depois comenta, de forma irônica e com trejeitos de bicha. “Vamos estar lindas e maravilhosas velando o corpo dele”. Segundo Magno Malta, é chocante esse tipo de ameaça. “O que choca é que envolve religiosos. Que ele é homossexual e religioso, tudo bem. Mas ameaça de morte? Ou seja, não pode revelar a verdade? Não pode abrir a boca? Isso é absolutamente grave”, disse.

Fonte: MundoMais

Peagá Peñalvez comenta:

Nossa Senhora da Aparecida, como assim? Meldels, a religião católica está realmente indo para o saco com tanto padre sendo processado por pedofilia. Este pelo menos confessou de uma vez, não ficou mentindo nem nada, porque a maioria nega até o final, e melhor ainda, jogou a merda no ventilador e acusou mais dois FILHOS DA PUTA que faziam esta sacanagem com os jovens. Ok, eles tinham 16 anos e deveriam saber muito bem o que estavam fazendo porque não eram mais crianças, mas mesmo assim, um adolescente desta idade é fácil de levar e de ludibridiar, ainda mais quando se é um padre e é de “confiança”.

Detalhe é que eles ainda tinham nome de drag queen. Vera Fischer, Simone e Mônica!!! ahuaahuAhuaUAHU. Como assim??? Eles queriam ser Jesus ou Maria Madalena? Não entendi esta parte. Estou imaginando eles vestidos de freiras agora, um com peruca loira, um com morena e o outro com uma ruiva, belíssimas, até a cintura, muita make-up e um batom vermelho DAMA DA NOITE!! AHUahuaauuahahuhauhauahuahuahu.

Agora, o maior desrespeito nem foi com os jovens, mas usar o ALTAR para fazer sexo com os adolescentes. SACRILÉGIO!

Penso o seguinte, se a igreja católica não selecionar melhor os seus padres, vai acabar com toda a sua credibilidade, que anda para lá de desgastada. E depois ainda reclamam de uma imagem de Jesus com a barriga sarada, achando que é um pinto. Como disse no meu comentário: A Maldade está nos olhos de quem a vê, e de maldade a IGREJA está cheia pelo jeito, nem o PAPA BENTO 16 escapou.

Amém.