Posts com Tag ‘Jair Bolsonaro’

Ontem no twitter rolou um twittaço contra o Deputado Jair Bolsonaro que usa de seu mandato para espalhar a intolerância e ódio contra gays, sob a hashtag #ForaBolsonaroPorque moveu centenas e centenas de LGBTs que não estão satisfeitos com um país onde amar diferente é crime com direito a espancamento na Avenida Paulista ou pior, assassinatos!

Protegido por sua imunidade parlamentar [que deveria se chamar impunidade parlamentar] já soltou diversas pérolas contra gays e lésbicas, quebrou decoro parlamentar, já foi processado diversas vezes mas ainda permanece como deputado e compactuando com disseminação da homofobia em nosso país.

Separamos os melhores tweets para você conferir o que rolou!

Quer ficar por dentro de tudo que rola no universo gay? Basta seguir o perfil do blog

 

Carlos Bolsonaro Homofobia

Foto: Site Oficial do Vereador Carlos Bolsonaro

Por intermédio da 7ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Cidadania o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), ajuizou Ação Civil Pública ao filho de Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro, por danos morais difusos à comunidade LGBT. A ação requer ainda que o vereador seja condenado a pagar a quantia de R$ 15 mil, equivalente a 100 vezes o valor de seu salário.

O vereador publicou em seu twitter a seguinte frase quando seu pai foi absolvido pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, ‘CHuUuuuPA Viadada. Bolsonaro absolvido!!!! Viva a Liberdade de Expressão. Parabéns Brasil!‘.

A conduta do ora demandado, Vereador à Câmara Municipal do Rio de Janeiro, causou danos morais a um número imenso, a rigor, indeterminado de pessoas, destinatárias que foram de suas preconceituosas e ofensivas declarações. Tal conduta é inconcebível, sobretudo porque praticada por um parlamentar no exercício da vereança há mais de dez anos, e viola, numa só tacada, uma pletora de normas constitucionais, como adiante se verá‘ disse o promotor de Justiça Rogério Pacheco Alves.

A Ação Civil Pública afirma que Carlos Bolsonaro foi preconceituoso e homofóbico, ferindo a Dignidade da Pessoa Humana, que é fundamentada no artigo 1º da Constituição Federal, além de outros direitos fundamentais, como a liberdade de orientação sexual que diz respeito à intimidade e à vida privada do indivíduo.

A liberdade de dispor da própria sexualidade é um direito fundamental que emana da dignidade humana, cláusula pétrea‘, falou o promotor do caso.

Sinceramente ainda acho pouco a quantia de 15 mil, mas acho que o valor da multa deveria ser revertido para ONGs que lutam pelo fim da homofobia. Seria uma forma de investir em algo para acabar com isso usando o dinheiro dos homofóbicos para isso.

Vamos mandar um beijo para o @VerBolsonaro???

Jair Bolsonaro, e dePUTAdo mais odiado pelos gays e lésbicas brasileiros, ataca novamente. Durante entrevista para o programa Brasil em Discussão, apresentado por Heródoto Barbeiro, soltou mais uma das suas generalizações homofóbicas:. ‘Qual pai tem orgulho de ter um filho gay? Não tem. Você engole‘. E completa: ‘Se um garoto começa a andar com homossexuais  com toda certeza tem tudo para virar homossexual também‘. O programa vai ao ar na Record News no domingo, dia 13 de maio.

Não posso afirmar que todos os pais aceitem e respeitem a homossexualidade de seus filhos, não sou ignorante ao afirmar esse tipo de coisas porque sei que boa parte da população ainda pensa como esse  dePUTAdo.

Não sou porta voz da comunidade gay brasileira, mas uma coisa posso dizer com convicção, MEU PAI TEM ORGULHO DE MIM!!! Para ele pouco importa se eu transo com homens, mulheres ou plantas, o importante mesmo é meu caráter, hombridade e respeito que tenho por ele, por mim e pelo próximo. Ensinamentos que ele, e minha mãe me transmitiram através da educação que tive em casa.

Faça-me o favor: Afirmar que andar em companhia de gays transforme heteros em homossexuais é uma piada. Se fosse assim eu seria hetero!!! Não separo meus amigos em gays e heteros, e ando com quem me sinto bem e não deixei de ser gay por causa disso, até porque sexualidade não é algo que se adquire ou aprende, mas se nasce.

Eu acho que o Jair Bolsonaro é uma megalomaníaco, tem necessidade de chamar atenção, além de buscar uma possível reeleição com votos vindos de homofóbicos. Sinceramente??? Esse cãozinho precisa é ser enxotado da política brasileira, e voltar para o limbo de onde saiu.

Foto: AllOut

Sergey  Kondrashov, hetero, casado há 16 anos, foi preso na Rússia por defender a amiga lésbica usando um cartaz como forma de protesto em São Petesburgo [segunda maior cidade do país] com os seguintes dizeres: ‘Uma querida amiga é lésbica.A minha esposa e eu a amamos e a respeitamos,e a família dela é exatamente igual a nossa‘.

Isso tudo se deve a legislação russa, que impede qualquer tipo de manifestação sobre a homossexualidade, porque afirma que ser ‘propaganda gay‘. Tanto que as autoridades do país buscam ampliar ainda mais a liberdade de expressão para os LGBTs.

Quase a mesma coisa que o nosso dePUTAdo Jair Homofóbico Bolsonaro fala sobre o kit anti homofobia aqui no Brasil. Os russo alegam que é uma forma de defender as crianças de qualquer tipo de influência, mas esquecem [não sabem ou fingem não saber] que a homossexualidade faz parte da pessoa e não pode ser adquirida ou ensinado.

O ápice do problema será se a lei for aprovada pelo DUMA [Corpo Legislativo Federal] tornando esse abuso algo nacional, ferindo diversos tratados internacionais de direitos humanos que a Rússia assinou.

O Ouvidor de Direitos Humanos da Rússia e o Conselho Presidencial de Direitos Humanos luta para que essa lei não seja aprovada, e cada vez mais pessoas estão levantando sua voz para dizer a Rússia como esta lei é uma violação descarada dos direitos humanos. Ela está sendo contestada nos tribunais, e está perdendo popularidade, pois remete a uma parte obscura da nossa história, quando as pessoas foram silenciadas – ou pior – foram impedidas de falar o que pensavam.

Quer ajudar??? Basta assinar esse abaixo assinado: 

Por Leandro Madness:

)))))))))))))))))

É foda. Essa família de homofóbicos segue espalhando a intolerância e a ignorância por aí: na cidade de São Pedro da Aldeia, interior do Rio de Janeiro, foi aprovado, por unanimidade, o projeto de lei 291/2011, de autoria do presidente da Câmara, Agnado Sodré (PSD/RJ) com apoio do  Vereador Carlos Bolsonáro, que impede a distribuição de material que contenha orientações sobre a diversidade sexual nos estabelecimentos da rede pública municipal de ensino da cidade.

Carlos Bolsonaro (Foto: Blog da Família Bolsonaro)

E o pedido de projeto foi feito por quem? Por ninguém menos que o vereador Carlos Bolsonaro, filho da ANTA PAI, Jair, a Bobô. Com qual justificativa?  Esta: “estamos vivendo momentos de claro desrespeito às famílias tradicionais, nos deparando com situações adversas a educação que recebemos dos nossos pais ao longo dos anos”, disse Sodré.

E tem mais, Bolsonaro, o filho, disse que em breve, será formada uma sociedade “com sérios distúrbios de personalidade” e, claro, afirmou que um relacionamento entre homens não é natural. Agora, o projeto segue para aprovação do prefeito de São Pedro da Aldeia, Carlindo Filho.

Eu chego a ficar com sangue nos olhos cada vez que essa família insiste em afirmar que ser gay é anormal e que uma família gay é afronta à família tradicional. Se ser de uma família tradicional fosse tão importante e correto,uma filha não mataria os pais com a ajuda do namorado. E um pai  não jogaria a filha do sexto andar… Ser gay não é ter distúrbio de personalidade, SUA ANTA JR.

Por Peagá Peñalvez

Por essa no DePUTAdo Jair Bolsonaro não esperava. Em participação no programa “Quem Convence Ganha Mais”, exibido pelo SBT, o  jornalista Felipeh Campos se aproximou do deputado durante uma discussão sobre como tratar filhos gays e não fez cerimônia: sentou no colo de Bolsonaro.

O Sr. Homofóbico de início tentou evitar, mas depois se rendeu a brincadeira e de bom humor diz que o jornalista não iria convencê-lo.

Felipeh Campos comemora: “Eu consegui domar a fera. Se ele realmente fosse homofóbico, iria me empurrar, daria um jeito de sair fora. Mas não. Ele aceitou passivamente“.

Assista ao video da cena:

 

Jair Bolsonaro discute com o deputado Luiz Alberto (PT-BA) na Câmara, que discursava sobre ensino religioso

Os deputados Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Luiz Alberto (PT-BA) discutiram hoje no plenário da Câmara.

A polêmica teve início quando o deputado Pastor Marco Feliciano (DEM-SP) discursava sobre a obrigatoriedade do ensino religioso nas escolas, o que levou a debates sobre o fato de o Estado ser laico.

Fugindo do assunto, Bolsonaro pediu a palavra para falar sobre a inclusão pelo governo, nas escolas públicas, do que chama de “cartilha gay”. Logo em seguida, Luiz Alberto voltou ao tema da religiosidade nas escolas, quando foi interrompido por Bolsonaro.

O petista, então reagiu: “Vossa Excelência se pronunciou, e eu não o interrompi. Vossa Excelência é um antidemocrata, violento, intolerante, racista. Esta Casa precisa tomar uma atitude em relação a Vossa Excelência, que quer se fazer de vítima nesta Casa, mas não vai sair como vítima.

As declarações de Bolsonaro foram feitas fora do microfone do plenário, por isso não foram registradas nas notas taquigráficas do site da Câmara. Ele negou que tenha tentado interromper o parlamentar ou feito algum tipo de comentário “maldoso“.

Amanhã, Bolsonaro apresenta sua defesa na Corregedoria pelo processo que pede apurações sobre as suas declarações racistas. Luiz Alberto é um dos autores da representação.

Fonte Folha

Peagá Peñalvez comenta:

Não sou a favor de uma bancada evangélica na Câmara, por conta da religião [diferente de religiosidade] atrapalhar muitas das votações existentes, por conta da visão deturpada e pequena dessas pessoas, mas tenho que concordar com o Dep. Luiz Alberto, o Excelentíssimo [???] Deputado Jair HOMOFÓBICO Bolsonaro deve pagar pelos atos homóficos e racistas que participou.

De vítima esse acéfalo não tem nada, apesar de dar uma de santinho agora, e dizer que entendeu a pergunta errada. Aham, nós acreditamos em você #NOT. No mínimo ele não pensou que sua resposta fosse dar essa repercussão, e como diria um velho sábio da rua: QUEM TEM KOO, TEM MEDO, e ele está com medo de perder o mandato.

Quanto a cartilha que irá ajudar na luta contra a homofobia, sou a favor. Quem sabe assim, com as crianças aprendendo desde pequenas sobre a diversidade não tenhamos uma mudança nos acontecimentos?

Acredito que devemos pressionar a mídia, mandar e-mail para os deputados nos quais votamos e cobrar uma atitude com relação a isso. Sem falar que mandar e-mails, cartas sinais de fumaça e tudo quanto é coisa para a mídia ajuda na repercussão. VAMOS NOS MOVIMENTAR.