Posts com Tag ‘barbie’

Sexta-feira é dia de que? Links da Semana! Nossa 11ª edição vem com muita coisa bacana, portanto divirta-se com o que separamos de interessante entre os principais blogs.

[Inspiração das imagens – Escócia planeja liberar o casamento gay]

Escocia Sexy Kilt Gays Gostam

Thiago Marzano – Veja todos os ensaios especiais para o #lingerieday 2012

Bacon Frito – Estréias da semana – 27/07

Feed by frames – Além da Liberdade: sensibilidade, razão e persistência

Cintura Larga – Unhas gostosas

Muita Gordice – Café da manhã de sexta-feira

Escocia Sexy Kilt Gays Gostam

Muita Pimenta – Lingerie Day suas putarias e os Chápeus do Lobão

Santa Igreja da Onifodência – E nasce a Igreja mais Promíscua da história!

Nova Cerveja – Never Mind the Anabolics: A cerveja dopante para as olimpiadas!

Sai Daqui! – Super heróis profissionais

Meu Vestido Preto – Ai que ressaca

Escocia Sexy Kilt Gays Gostam

Apimente.me – Barbie Frustrada

MauoÊ – Pegadinhas de Sexta

Dá Um Post! – Batman em um boquete com o Bruce Wayne

As Biritas – As desculpas deles!

Divora – Literatura Homoafetiva?

Vitrolla – Uma cópia de Countdown da Beyoncé [MUITO FODA]

Vida Se Solteiro – O homem contra a relação

FailWars – A Verdade sobre Pikachu

Igaum – Blueberries a vontade!

Gay Brasil – Grupo do Facebook

Tem Graça ou não? O Fechamento do Canal 😦

“Oi galera do DQOGG, tudo certo? Primeiramente, parabéns pelo trabalho que vocês vem fazendo, sempre dou uma olhada no blog. Então, como todo gay de bem nesse país, eu estou atrás de um relacionamento sério. Eu não me acho feio, mas o meu corpo definitivamente não é legal, eu não sou fisicamente atraente, e eu vejo que isso impede as minhas relações sociais com outros garotos.

 Meus amigos falam que eu deveria fazer academia, e essas coisas, mas eu estou satisfeito comigo mesmo, eu NÃO QUERO MUDAR QUEM EU SOU. Não me importaria de mudar uma coisa ou outra por alguém que eu sei que gosta realmente de mim. Mas ficar me matando na academia por alguém que eu não conheço parece tão sem noção quanto ficar rezando para um Deus que não existe.

Não quero mudar meu visual, quero continuar usando o meu jeans e as minhas camisas de banda, queria que pelo menos uma vez alguém me perguntasse “Qual livro você tá lendo?” ao invés de “Você é ativo ou passivo?”. Enquanto muita gente pede um cara gostoso, rico e de pênis grande, eu só peço alguém que não seja superficial. Será que a minha única exigência é tão impossível assim?

De toda forma, não quero perder mais tempo pensando se um dia eu vou achar alguém pra mim, ou se essa história ”alma-gêmea” é coisa que inventaram pra passar o tempo, enfim, sem mais delongas, devo continuar acreditando em amor, ou devo continuar acreditando em mim? Tá ficando impossível acreditar nos dois ao mesmo tempo. Desde já agradeço.

                                                                                     Igor, 16 anos, Vitória – ES

))) Igor, onde eu assino? Cadê o anel de brilhantes? Tô Kátia contigo! Se uma pessoa de 16 anos pensa como vc, é sinal de que nem todo adolescente é tapado e imaturo como mtos acreditam. Ao mesmo tempo em que me admirei com seu e-mail, fiquei triste, porque a tendência é que fiquemos assim desconsolados com mais idade, e se tão jovem tu já estas assim, fico imaginando que com minha idade (31), pulará da ponte! (Não faça isso, hein!).

PFVR: Não faça a burrada de photoshopar suas fotos pra virar uma diva, amada pelo Brasil e assediada pelos boys. Se poupe desse papelão. (Foto: Getty Images).

Você está certíssimo em não querer virar mais uma Barbie somente para tentar arrumar marido. E sim, infelizmente, acho que 98,5% do mundo (HT e gay) se prende a superficialidades na hora de embarcar num relacionamento amoroso. Mesmo quando rola um desespero, um medo de ficar sozinho que faz um ser escolher se envolver com o primeiro traste que aparece, quase certo que o tal traste não tem tantos defeitos físicos, talvez tenha defeitos de caráter….

Voltando ao seu caso: )))Acredite no amor, principalmente no amor próprio. E acredite em você. SEMPRE.

Uma dica: Não faça desse lance de arrumar namorado o objetivo principal da sua vida. Continue estudando, lendo, ouvindo suas bandas preferidas e fazendo amizade. Pelas minhas contas, existem 1,5% de seres humanos que pensam como você. Uma hora você esbarra com alguém que te dê valor e te queira como marido. E se não acontecer? Paciência. A culpa não é do seu corpo fora do padrão marombado, é do cérebro alheio.

Ah, tenho uma pergunta: Que livro você está lendo agora? Ah! Mais outra coisa: Você é ativo ou passivo? HAHAHAHA.

Beeeeijas! TE cuida!

L^^e!))).

Auto estima, o segredo da felicidade.

Olá! Leio bastante o blog de vocês, e só lamento que ultimamente as notícias não sejam as melhores, devido ao bullying no Brasil e nos EUA. Até  fico com vergonha de chamar o meu caso de “problema“.

É o seguinte: há um tempo conheci um carinha na boate e trocamos telefones. Para a minha surpresa ele me atendeu na outra semana e começamos a sair. Só que ele é bonito. Muito bonito. Além de ter um rosto que chama atenção, ele tem o corpo perfeito (musculoso, definido, tanquinho…) O problema? Eu não sou assim. Tenho um rosto bem na média e sou magricela.

Não ligava muito até começarmos a namorar, no mês passado, mas agora que começamos eu não entendo por que ele está comigo, fico inseguro e acho que assim que der ele vai me trair com um boy melhor.

E aí, o que eu faço? Termino? Sugiro relacionamento aberto?

Pedro, 20, RJ

Peaga Peñalvez responde:

Olá Pedro. Não pense que seu problema não é importante, ele é sim. Não é porque tem pessoas com problemas diferentes dos nossos, que os nossos  sejam mais fáceis de resolver.

Já passei por isso, JURO MESMO. Eu também sempre fui magricelo, e conheci um carinha, ex gogo boy, começamos a sair e por fim namoramos. Eu ficava super encanado me perguntando o porque ele estava comigo e não com outro cara mais gostoso, e talvez mais bonito, porque mais interessante e inteligente que eu era bem difícil. Sabe o que eu fiz??? DESENCANEI. Liguei bem o FO¨%-SE e fui ser feliz com ele. Sabe o que é pior??? Ele realmente era fiel, sei disso porque somos amigos até hoje e vira e mexe conversamos. Ele me traiu??? Não. Eu tinha motivo para insegurança??? Também não.

Um caso que aconteceu comigo, recente, foi de um cara que conheci e estávamos saindo. O cara realmente é bonito, chama atenção, mas nem era por ser gostoso ele nem era malhado, mas era simpático, tinha um porte legal, estas coisas… Cara, fiquei mais inseguro que com o fortão da história anterior…

Foi ai que eu comecei a pensar a respeito da minha AUTO ESTIMA [e olha que hoje em dia eu malho, e nem sou mais o magrelo de antes]. Foi quando parei para pensar no tipo de pessoa que eu sou: inteligente, compreensivo, carinhoso, bem humorado, fiel e acima de tudo um cara super gente boa. Para que ficar me menosprezando se tem tanta gente por ai que nem é nada disso??? Mudei a forma de pensar a meu respeito, comecei a pensar não apenas nos meus defeitos [sim, tenho vários], mas nas minha qualidades. Fiz uma lista com TODAS AS MINHAS QUALIDADES, e de vez em quando lia em voz alta e pensava mais a respeito delas, e sempre acrescento algumas, até hoje.

Não se menospreze por ser magro, algumas pessoas dão muito valor a isso outras não dão valor nenhum, querem pessoas bacanas ao seu lado, e se o seu namorado curte você mesmo magrelo é porque ele vê mais que isso em você, vê alguém que ele admira, sendo magro ou não.

Agora se o problema é ser magro, nada que uma academia não resolva. É um trabalho árduo, mas que vale muito a pena para levantar a moral, não dos outros, mas de você mesmo.

Acredite em você. SEMPRE.

Patinho feio

Publicado: 15/11/2010 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , , , , , , , , ,

Olá meninos, to começando no mundo gay e tenho notado uma coisa EU SOU MUITO DIFERENTE do tipo que os caras gostam. Não sou alto, não sou forte [até um pouco fora do peso], e nem sou o cara mais lindo do planeta, tenho algumas espinhas e concordo que meu cabelo precisa de um corte mais legal e moderno.

Cada vez que vou para a balada e volto sem ficar com ninguém me sinto mal e penso em que esta vida de ferveção não é muito para mim. Até tive alguns encontros com pessoas que conheci em sites de relacionamento, mas acho que quando me viram não curtiram muito.

O que eu faço???

Luccas, Via E-mail

Peagá Peñalvez responde:

Seja bem vindo ao nosso site e ao mundo gay Luccas. Esta deve ser a pergunta que muita gente se faz quando começa a sair de baladas. Sou muito diferente. Sou muito estranho. Sou muito isso, ou muito aquilo… Quer saber de uma coisa??? Desencana que a vida engana.

No mundo gay TODOS tem oportunidades de conhecer alguém legal e interessante, independente de serem o TOM CRUISE ou o TIRIRICA. O esteriótipo de beleza varia de pessoa para pessoa, para alguns você não faz o tipo que eles curtem, mas para muitos outros vocês faz.

Sabe o que aconteceu comigo??? Quando eu comecei a sair também me sentia assim. Eu sempre tive alargador, curtia mais rock que música eletrônica, me vestia diferente do povo nas baladas [era mais rocker, cabelo comprido] e me sentia deslocado MESMO. Ai eu percebi que algumas pessoas me olhavam sim, mesmo eu sendo diferente da maioria, tinha meu diferencial… E cá entre nós, eu naquela idade nem era bonito [pelo menos para o meu gosto pessoal] e mesmo assim era olhado, paquerado e conheci pessoas bonitas e interessantes. Não ficou com ninguém na balada??? Qual o problema nisso??? O importante da balada não é a caça e sim se divertir com os amigos, dançar…

Sabe a história do Patinho feio que vira um Cisne lindo??? Isso pode acontecer com você, é só você se dar uma chance e gostar de você do jeitinho que você é. Dizem que se você se acha lindo, maravilhoso, interessante e afins, as pessoas sente e acabam te achando tudo isso também.

Não está feliz ainda??? Querido, então MUDE. Todo mundo muda ao longo dos anos e porque você também não pode mudar??? Se acha fora do peso??? ENTRE NA ACADEMIA. Tem muitas espinhas??? CUIDE DA SUA PELE. Seu cabelo parece mais uma moita??? TESOURA É BOM E O CABELO AGRADECE.

Viu??? Nem é preciso um Pitanguy, basta alguns cuidados BÁSICOS com o nosso corpo que com certeza você vai se sentir melhor, não para o mundinho gay, mas consigo mesmo.

Beijos

Ou clique AQUI

Post Bombástico!

Publicado: 26/05/2009 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , , , , , , , , ,

Oi meninos

Viciei neste blog, não consigo deixar de vir aqui todos os dias ler as respostas que vocês dão para o povo, a forma como escrevem e as dicas que dão são ótimas!

Resolvi formular uma perguntinha: Vocês acham que caras magrinhos ou gordos também podem fazer sucesso no mundo gay?

Maurício, São Vicente/SP

Peagá Peñalvez responde:

Obrigado Maurício por ler nosso blog, ficamos MUUUUUUUUUUUUITO satisfeitos por agradar aos nosso leitores.

Acredito que no mundo, todas as pessoas possam fazer sucesso, não importa se sejam magras, gordas, bombadas, femininas, masculinas, brancas, negras, verdes ou multicoloridas.

Sei que o Mundo Gay julga um pouco as pessoas, ainda mais aquelas que não fazem muito a linha barbie-drogada-rica-frequentadora-da-the-week.

As pessoas fazem sucesso não por aquilo que tem ou que aparentam, mas sim pelas idéias que possuem. Acredito que a maioria das pessoas pensem que é muito melhor estar com um cara que seja interessante, inteligente, bem humorado, carinhoso, bom de cama [CLARO!] e que possa nos fazer felizes, e a questão do corpo é o que pouco importa neste caso.

FIKDIK: Se você acha que está fora dos padrões de beleza do mundo gay porque não tenta dar uma repaginada no visual se isso te incomoda tanto? Só não acho que seja tão necessário isso, mas se você vai se sentir melhor, porque não?

SOBRE MIM: Não faço o visual gay! Não sou bombado também mas nem por isso deixo de fazer sucesso, e olha que se eu te mostrar os meus ex-namorados você vai pirar, porque é um mais lindo que o outro, mas além de lindos eles são interessantes, me fazem rir, tem carater… Porque se fossem apenas lindos e bombados com certeza eu não teria namorado com eles.

Magro, Bombado ou Gordo? POUCO IMPORTA!

Magro, Bombado ou Gordo? POUCO IMPORTA!