Bitch, please! Porque eu virei uma ‘bitch’???

Publicado: 25/06/2012 por @peagapenalvez em Pergunte ao DQOGG
Tags:, , , , , , , , , , , ,

Ola pessoal do DQOGG. Sou o Nemo, faz um tempão que não dou o face aqui, mas pode ter certeza que ainda acompanho o blog!

Gostaria de saber se existe algum motivo, resposta, explicação para eu ter virado uma bitch!

Não chega a ser algo do tipo sair com primeiro cara que encontro, é mais emocional talvez, eu começo a namorar um e logo já estou envolvido com outra(s) pessoa(s), então eu conheço alguem novo e começa a acontecer um relacionamento mais casual, todos juntos!

Não é putaria minha (pelo menos não que eu tenha consciência disso) eu apenas não consigo dizer não para a pessoa, sabe, magoar ela depois de ter sido tratado bem.

Talvez eu seja apenas muito egoísta hehe, falei com um amigo gay sobre isso e ele disse que era bondade, mas eu não consigo ver nada de bom nisso.

Bem, queria saber se isso é normal, se tipo é difícil mesmo dar o fora em alguém, querer estar com todo mundo que você gostou e tal, por esse caminho.

Acabei escrevendo muito de qualquer forma, espero que pelo menos tenha passado como a situação está tensa!

Nemo, via e-mail

Olá Nemo, realmente senti sua falta aqui no blog, seja enviando perguntas ou comentando os posts. Apareça mais, hein???

Quanto ao seu probleminha: Aprender a dizer não é um grande passo em se respeitar, sabe porque? Muitas vezes acabamos por fazer algumas coisas que não temos vontade pela dificuldade em dizer não às pessoas. Fazer as coisas sem vontade é, de uma certa forma, anular nossas reais vontades em detrimento da felicidade dos outros. Dizer ‘não‘ a uma pessoa não significa que você não a estime, mas simplesmente que não está com vontade, concorda ou pode fazer o que ela pede. Não é maldade nenhuma dizer isso a alguém.

Eu vejo por outro lado essa questão de ficar com as pessoas. Já pensou que no momento que você fica com uma pessoa [se relacionando com outra], está magoando a pessoa com que você está? Isso muitas vezes machuca ~muito~ e em meio a tantas pessoas será que você consegue realmente se relacionar com elas, ou tudo fica na superficialidade? Tome um pouco de cuidado com isso, porque quem pode se machucar no final é você.

Quando se entra e sai de ‘relacionamentos‘ com tanta frequência e rapidez acaba que nem conhecemos direito a pessoa com quem estamos, sem falar que isso pode ser uma forma de seu inconsciente mostrar carência excessiva. Quando somos tratados bem não necessariamente precisamos ficar com essa pessoa, mas sim agradecer e tratá-la tão bem quanto nos tratou.

Sair e entrar em relacionamentos sem ter um tempo de repensar o que deu ou não certo, pesar quais foram seus erros e emendar num outro é arriscado. Como você pode repensar nas atitudes ou no que não deu certo no relacionamento passado se não tem tempo para isso? Fazer essa auto análise é essencial para amadurecermos sentimentalmente, e aprender com cada relacionamento de nossas vidas.

Ajo da seguinte forma: Se estou envolvido com alguém não fico jogando olhares ou trocando ideias com outras pessoas porque acho um desrespeito com a pessoa e a partir do momento que eu sentir vontade de ficar/trair essa pessoa com alguém é porque alguma coisa não está legal. É nessa hora que repenso o relacionamento e meus sentimentos e avalio onde/porque/quando errei. Tento minimizar os danos e resgatar o relacionamento se ainda acreditar nele, do contrário termino e deixo a pessoa livre para conhecer uma pessoa que a faça feliz.

Claro que olhar para outras pessoas e achá-las bonitas é perfeitamente natural, mas esquematizar e ir atrás delas acho sacanagem. Você pode dizer que sou tradicionalista, mas na realidade acredito no amor, na fidelidade e no respeito que tenho por mim e por quem está ao meu lado.

Antes de mais nada, tente repensar o que você tem feito. De repente é aquela carência, vontade de ser aceito e medo de dizer ‘não’, mas pense que antes de mais nada devemos respeito a nós [ideias, dogmas e sentimentos] e dizer a palavra não é perfeitamente normal.

comentários
  1. Alexiel disse:

    Concordo com o Peaga…
    Antes de sair ficando ou namorando é sempre legal se perguntar o pq vc quer ficar ou estar com essa pessoa… E quando terminar um relacionamento é excelente separar um tempo para vc msm… Para lembrar de quem é vc fora de um relacionamento, o que vc quer guardar da pessoa com a qual terminou e se encontrar… voltar as origens, se não seremos como “perdidas como vacas sem badalo” – Almodóvar -.
    Então antes de ficar com mais alguém enconte resps…
    Ja me aconteceu de estar namorando um cara e enquanto dormia chamar ele pelo nome do meu ex…
    Boa sorte.

  2. Riik disse:

    Uns com muitos outros (Lê-se: EU) com poucos … kkkkk

  3. Junior disse:

    Tamo junto Riik kkk
    Bora beber?? Suco, pois serveja engorda

  4. Alexiel disse:

    Em vez de cerveja pode ser vinho quente ou quentão? – ALOKA se autoconvidando-

  5. Riik disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkk

  6. Junior disse:

    kkkkkkkkkk Convidadíssimo! Bora negada.

  7. Nemo disse:

    Já passei dessa fase, na vdd arrumei trabalho kkkk 3 serviços em áreas diferentes

    Nunca pensei que poderia ser carência, é bem por aeew mesmo tinha muito tempo livre e ngm com quem eu realmente queria aproveita

    Brigadão

O que achou desse texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s