A Revolta de Stonewall – O início da Parada Gay no mundo

Publicado: 05/06/2012 por @peagapenalvez em Especial Parada LGBT
Tags:, , , , , , , , , , , , , , ,

Todos os anos vejo muitos gays falando sobre a Parada Gay, uns são contra e metem o pau na maior manifestação do mundo enquanto outros a adoram, mas talvez ambos desconheçam como tudo se iniciou, e é sobre isso que o documentário A Revolta de Stonewall fala.

Em 1969 a homossexualidade ainda era vista como doença, distúrbio mental ou perversão sexual. Quantos e quantos gays e lésbicas eram tratados em clínicas psiquiátricas a base de choques, esterilizados e castrados, alguns foram submetidos a lobotomia. Outros tomavam remédios tão fortes que davam a sensação de afogamento.

Tudo começou no dia 28 de junho de 1969 no Stonewall InnGreenwich Village em Nova York, o bar era famoso entre gays e lésbicas da época. Só que nem tudo é alegria, purpurina e corpos sarados no universo gay.

Uma violenta batida policial aconteceu no local e muitos gays e lésbicas, como sempre, foram tratados como lixo, espancados e presos. Cansados das constantes batidas policiais os frequentadores não deixaram impune a violência, e enfrentaram a força policial. Relatos contam que voavam cadeiras, lixeiras pegando fogo, garrafas, pedras e tudo mais que a multidão via na frente.

Outros gays, ao saberem da revolta se juntaram e tomaram as ruas e considera-se a primeira resistência pública da história dos homossexuais. Foi através dessa manifestação que LGBTs do mundo todo se organizam todos os anos para tomar as principais ruas de suas cidades, para vivenciar suas vidas sem máscaras e lutar por direitos que são negados.

Já se passaram 43 anos desde Stonewall, e muitos não sabem da história, o porque do Orgulho Gay e sua manifestação. Talvez não se importem.

Quando eu digo que VOU A PARADA GAY alguns gays falam sobre o Carnaval que ela se tornou, mas ao menos sabem os motivos dela existir??? Não sou contra a música e a alegria, essas são qualidades que nós gays temos e não seria uma manifestação gay se não houvesse uma drag queen sorrindo e mostrando suas roupas magníficas, ou casais LGBTs andando de mão dada na Avenida Paulista sem medo de ser agredidos com lâmpadas, ou até mesmo as músicas que nos alegram todos os fins de semana quando vamos para nossos baladas.

Sinceramente não acho que mais de 50% dos frequentadores saibam os reais motivos sobre o que é a Parada do ORGULHO Gay, mas espero contribuir pelo menos um pouco com aqueles que leem o blog.

Parada Gay é manifestação, alegria de viver, dançar e se divertir, mas nunca esquecendo que é uma [das tantas] formas de se manifestar e tomar as ruas da maior cidade do Brasil.

Revolta de Stonewall - Parada gay

Eu vou a Parada Gay, faço alguma coisa por aquilo em que acredito. Pior são essas pessoas que querem direitos iguais e não se mexem para fazer nada. Prefiro ir para esse tal ‘carnaval‘ como chamam a ~minha~ manifestação, do que ficar em casa esperando que um dia as coisas mudem.

Lutarei por meus direitos iguais sorrindo, dançando, abraçando meus amigos, olhando milhões de pessoas que como eu sairão as ruas nesse domingo.

Achei um documentário bem interessante sobre o assunto. Acho importante tirar um tempinho para assisti-lo. Dá o play! 

comentários
  1. Riik disse:

    Muito bom o post, eu sabia muito pouco sobre A Revolta de Stonewall.

  2. Erika disse:

    Ah, entao eh por isso que a principal organizacao britanica pelos direitos dos homossexuais se chama Stonewall. Otimo!

  3. É galera, essa revolta foi um marco na história das lutas pelos direitos de gays e lésbicas no mundo todo.

  4. Tiago disse:

    Eu sabia um pouquinho dessa história por conta do álbum The Stonewall Celebration Concert do Renato Russo.
    Um álbum lindo de um dos maiores músicos do Brasil.
    Nunca fui á parada por um pequeno detalhe (não, não é o de eu ser hetero) eu moro no ES, aí fica meio longe, mas espero que essa hipocrisia de não dar direitos iguais a todos termine.
    Mantenha-se na luta que achar justa.
    FORÇA SEMPRE

  5. Lucas disse:

    Arrepiou até minha espinha,não devemos deixar morrer de jeito nenhum esse sentimento de orgulho!

  6. […] Dia 28 de junho é comemorado o Dia do Orgulho Gay. Tudo começou em Nova York no ano de 1969 quando milhares de gays saíram às ruas para manifestar sua indignação na forma como a polícia os tratavam, e ficou conhecido como a Revolta de Stonewall. […]

  7. […] quer saber mais sobre a história das suas “tias”, pergunte ao google sobre a “Revolta de Stonewall“. Você encontrará um monte de fotos em preto e branco de 1969, quando os gays e lésbicas […]

O que achou desse texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s