Hepatite C mata mais que AIDS

Publicado: 23/02/2012 por @peagapenalvez em Go Health
Tags:, , , ,

Em artigo publicado no dia 21 de fevereiro na ‘Annals of Internal Medicine‘ sobre um estudo financiado pelo CDC e coordenado pela Dra. Kathleen Ly analisando atestados de óbitos nos Estados Unidos entre os anos de 1999 e 2007, foram confirmadas 12.734 mortes causada pela AIDS e 15.106 por causa da hepatite C no ano de 2007.

Nas 15.106 mortes causadas pela hepatite C nos Estados Unidos, 73,4% aconteceram em pessoas com idade entre 45 e 64 anos.

Alertam os autores que certamente os números representam apenas uma fração da morbidade e mortalidade na hepatite C, já que por falta de diagnostico da doença a maioria das pessoas não sabem que estão infectadas e no atestado de óbito a causa da morte é atribuída a complicações, não a aquilo que realmente a ocasionou.

No Brasil, boa parte das campanhas são voltadas para HIV/AIDS e esquecem um pouco da Hepatite C e essa doença atinge 7 vezes mais brasileiros que a AIDS. Não acredito em prioridades nesse caso, acredito que informações sobre AMBOS os problemas devem ser divulgadas a população, assim como campanhas contra as drogas.

Informações sobre a Hepatite C:

O vírus da hepatite C é transmitido quando o sangue contaminado por ele penetra na corrente sangüínea através de transfusões, acupuntura, agulhas ou seringas compartilhadas, tatuagens, piercings, instrumentos de manicure, ferimentos, entre outros.

Segundo as estimativas da OMS, existem 170 milhões de pessoas contaminadas no mundo. No Brasil, esse número é de aproximadamente 3,2 milhões (1,88%).

Não existe vacina contra a hepatite C. Poucos pacientes desenvolvem anticorpos contra as proteínas virais do VHC; assim, a vacinação não tem se mostrado eficaz.

Na ausência de vacinas, a principal forma de prevenção contra o VHC é testar todo sangue coletado nos bancos de sangue, para assegurar que tanto ele como os seus derivados estejam livres do VHC. Também devem ser realizados exames em outros objetos de doação, como órgãos ou sêmen.

Além disso, são necessários os cuidados com materiais que possam conter sangue contaminado, como alicates de unha, lâminas, barbeadores, escovas de dente, agulhas de seringas compartilhadas, entre outros.

Quem quiser informações adicionais, basta visitar o site da HEPATO, que enviou essa sugestão de pauta.

comentários
  1. J. disse:

    Posso complementar??

    Enquanto o vírus da AIDS sobrevive no MÁXIMO 5 minutos fora do corpo humano, o da Hepatite C sobrevive ATÉ DOIS DIAS no sangue SECO. Ou seja… Podem contaminar também, alicates, tesourinhas, giletes, escovas de dente (assim que as pessoas se contaminam na áfrica, com escova de dente compartilhada)…

    Um dado importante: fizeram teste de Hepatite C em manicuras nos EUA e, pasme, 85% tinham anticorpos para Hepatite C, ou seja, já tiveram contato com o vírus!

    Não há vacina. E manteve contato, NÃO HÁ REMÉDIO para evitar a infecção (como há no caso de exposição ao HIV), e a doença está ligada com o Câncer de Fígado e a Cirrose… Espero que não tenham tido a experiência de conhecer alguém que já tenha falecido com essas duas doenças…

    Usem camisinha, além disso, SELECIONE SEUS PARCEIROS. É muito mais fácil pegar Hepatite C no sexo oral do que HIV!! E compartilhe este texto com a galera!

    PS: a grande maioria dos politransfundidos é infectada pelo vírus da Hepatite C porque NEM SEMPRE os anticorpos aparecem nos exames, ou seja… alto índice de FALSOS NEGATIVOS. A gente faz o exame, pensa que está ok, mas nem está.

    Ao doar sangue, tenha responsabilidade, não minta na entrevista.

  2. Obrigado linda, por complementar o post.
    S2 S2 S2 S2 S2

O que achou desse texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s