Dica de Filme por: Prayers for Bobby

Publicado: 03/02/2012 por @peagapenalvez em Cinemão
Tags:, , , ,

Por Jader Plano B

Ontem eu ainda não sabia sobre qual filme iria escrever aqui hoje, até que vi o vídeo “A Homossexualidade é Pecado?” no Facebook e pensei, “caracas, de que filme é essa cena?”, foi então que fiquei pesquisando a filmografia da Sigourney Weaver para encontrar o nome do filme, até que encontrei e fui assistir Prayers for Bobby, que não foi lançado aqui no Brasil, pois foi produzido apenas para TV.

O filme Prayers for Bobby (Orações Para Bobby em tradução livre) é baseado no livro de Leroy F. Aarons e conta com direção de Russell Mulcahy. Além de Sigourney Weaver (que foi indicada ao Screen Actors Guild Awards, ao Emmy e ao Globo de Ouro por seu papel no filme), o elenco principal ainda conta com Ryan Kelley e Henry Czerny.

O filme narra a história de Bobby Griffith, personagem de Ryan Kelley, e sua relação com sua mãe, uma mulher muito religiosa que não aceita o pecado de seu filho.

Em certo momento Bobby descobre que é gay e – como na maioria dos casos – não aceita sua sexualidade. Mas, o pior está na reação de sua família, que é extremamente religiosa, principalmente sua mãe. Bobby tenta seguir os conselhos de sua mãe, pois acredita que existe pecado em ser gay e não deseja ver sua própria família sentido ódio pelo que ele é.

A primeira parte do filme é focada no ponto em que Bobby descobre que é gay até a parte em que aceita sua condição e começa a viver sua primeira história de amor, mas como nem nos filmes o mundo é perfeito, tudo que ele esperava desmorona e Bobby não vê alternativa a não ser a morte, pois agora ele está sem sua família e sem o homem que amava.

A segunda parte do filme é focada na reação da família Griffith á inesperada morte de seu filho e o desespero da matriarca. A princípio o pensamento de Mary Griffith (personagem de Sigourney Weaver) não muda, o que ela mais deseja é ter certeza de que seu filho foi para o céu, visto que um de seus maiores desejos é ter sua família reunida no reino de Deus e, por isso, ela sai em busca de respostas, até que encontrar uma congregação que aceita gays e descobrir que parte da Bíblia pode ser interpretada de diversas formas diferentes.

A partir deste momento do filme que eu te dou um conselho, pegue um lenço, ou melhor, uma toalha, pois as lágrimas não serão poucas.

Aos 20 anos de idade Bobby termina com sua vida e, após a morte de seu filho, Mary descobre um diário e passa a entender de fato o que se passava na mente dele, acreditando que a homossexualidade não é condenável.

O desespero daquela mãe que se culpa por perder seu filho é tão triste que eu ouso dizer que “Prayers for Bobby” é um dos filmes que mais me fez chorar. A produção pode não ser uma obra de arte da TV, ou também não ser perfeito em termos técnicos, mas consegue exprimir todo o sentimento que todos nós – gays – sentimos quando achamos que não somos perfeitos.

Pode parecer bobo esse discurso, mas no filme não é. Acho que todas as nossas mães deveriam assistir a esse filme, não para entender o que é ser homossexual, e sim para conhecer mais uma história como a delas.

“A Homossexualidade é Pecado?”

Acesse o blog do Jader Plano B

comentários
  1. Chorei litros com o final desse filme!!!

  2. Riik disse:

    Alguem sabe onde posso baixar esse filme ? Tudo o que eu acho são sites da Megaupload =(

  3. Acho esse filme bastante DIGNO e eu até enviei um DVD com a cópia dele para minha mãe. Ela melhorou bastante depois disso. Nunca comentou que assistiu, mas percebi uma grande diferença no modo como me trata. Querido Riik tem varios links via torrent que você pode fazer download! =D

O que achou desse texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s