Dica de filme: Uma Família bem Diferente

Publicado: 23/09/2011 por @peagapenalvez em Cinemão, gay
Tags:, , , ,

Por Jader Plano B

Até umas semanas atrás eu ainda não conhecia o filme Uma Família bem Diferente, que foi lançado em maio de 2009 diretamente em DVD. Com o título original “Breakfast With Scot”, a comédia dramática dirigida por Laurie Lynd, conta a história do garoto Scot e de como sua vida muda após a morte de sua mãe.

O filme “Uma Família bem Diferente”, foi dica de um leitor do blog, que gostaria de uma segunda opinião sobre a produção. Eu não perguntei ao Markus (que indicou), se ele gostou ou não do filme… mas bom, vamos lá.

O longa narra a história de Eric, ele é um jornalista, ex-jogador de hóquei, que tenta não deixar que sua vida pessoal (o fato de ser gay) apareça mais do que sua carreira, assim ele opta por esconder sua relação com Sam. Por sua vez, Sam é bem resolvido e tem um irmão que é cheio de problemas. Um dos “problemas” do irmã de Sam se chama Scot Latour, filho de sua namorada que morreu de overdose, deixando um filho e uma herança.

Como o irmão de Sam está sumido, ele decide que o pequeno Scot deve morar em sua casa, junto com seu companheiro, para que o menino não fique com a assistência social. Mesmo lutando contra o fato de ter uma criança em casa, Eric concorda que Scot passe algumas semanas com eles.

A trama principal de “Uma Família Diferente” não é a paternidade forçada, já que o casal principal tem que se adaptar a ter uma criança em casa, mas sim a auto-aceitação, pois Eric, o protagonista do filme, é um repórter esportivo que esconde sua “vida privada” de todos, ou seja, ele não quer que ninguém saiba que é homossexual. E suas ações implicam diretamente no menino Scot, que é bastante sensível.

Scot Latour, é uma criança diferente, usa roupas femininas e se emociona fácil, um menino doce, que demora em se acostumar a sua nova vida. E é nesta parte do filme que o roteiro é completamente forçado, transformando uma criança em um personagem de extremo mau gosto, naquela “caricatura gay” que os filmes/novelas antigos usavam para representar o público homossexual. Tanto que, em certa parte, a criança diz: “Eu ficaria com frio, eu não tenho calça legging”.

Logo na primeira parte de “Uma Família bem Diferente”, o pequeno Scot consegue se adaptar e ser aceito, mesmo sendo totalmente excêntrico e tirando a liberdade de Eric, que tenta fazer o garoto ser mais discreto, já que o mesmo ainda é uma criança e não pode se auto intitular gay.

O garoto, querendo a “aprovação do pai” (pai postiço), decide jogar hóquei e começa a aprender o esporte com o mesmo menino que havia “tentado matá-lo”. Ele ensina Scot após ele ter conseguido livrá-lo de uma bronca no colégio. Logo após essa parte que a história também peca pelo excesso, pois junto com o novo esporte, menino – que até então era um poço de sensibilidade – se torna agressivo.

Tirando o grave problema da história, ao colocar o menino como um personagem caricato, o filme passa uma mensagem bacana, de segurança, respeito e paternidade. E o principal é que o menino consegue o carinho de todos, até do público. Digamos que “Uma Família bem Diferente” é uma “sessão da tarde na versão gay”.

Acesse o blog do Jader Plano B

comentários
  1. Comecei a ver esse filme e parei com menos de 20 minutos. Não senti empatia nesse casal, e não só o menino é caricato, como as situações que o envolvem são forçadas demais, como o fato dele querer beijar outro menino logo no começo. E o título brasileiro parece mesmo de filme da Sessão da Tarde.
    Acho que dá para falar de homossexualidade na pré-adolescência sem ficar uma coisa tão ridícula quanto esse filme, mas é um assunto tão complicado que nenhum diretor teve coragem de filmar de forma séria.

  2. Ritinha Lima disse:

    Ótima dica! Amo esse filme!

    Filme perfeito para quem está enfrentando dificuldades e preconceito na família.

O que achou desse texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s