Posts com Tag ‘Sexo Casual’

Feriado rolando, Dia das Crianças e os links que aposto que os gays gostam! Divirtam-se!

Já curtiu a fanpage do blog?

Thiago Marzano – Ensaio Pegação Intima em Preto e Branco

Tem Graça ou Não – Nunca faça xixi no rio

 

“Bem, vou tentar ser o menos confuso possível: sempre fui tímido, meu primeiro beijo foi com 15 anos, e bláh bláh bláh….

Minha primeira relação sexual foi com 17 anos. Estava ficando com um carinha e acabamos transando algumas vezes, depois namoramos. Com menos de 1 mês de namoro peguei ele com outro.

Bem, depois disso eu demorei a ficar com outra pessoa novamente. Nunca fui de ir para balada, ficar com qualquer um, etc. E mesmo se eu estivesse apenas ficando com “fulano” eu nunca conseguia ficar com outro, tal atitude me faria sentir um cafajeste, enfim. No mês passado tive mais uma pequena decepção que me fez tentar mudar de atitude. Então segui o conselho de alguns “amigos” e tentei fazer sexo casual, ou seja me tornar um verdadeiro cafajeste. Aquele cafajeste que me machucou tantas vezes.

Eu não tentei fazer isso por pressão de ninguém, mas sim porque estou cansando de me f*der, literalmente. Mas o legal é o resultado. Simplesmente desastroso. Primeiro porque na primeira tentativa o sexo foi horrível, até então eu nunca tinha feito sexo sem nenhum tipo de envolvimento emocional, o que foi muito estranho para mim. Logo em seguida, me senti um lixo por nem saber o nome do cidadão.

Tentei novamente, talvez na segunda tentativa essa sensação ruim acabaria, mas dessa vez eu nem ao menos conseguir fazer alguma coisa. Fiquei meio que travado. Alguns “amigos” dizem que não sou normal por isso. O que me deixou com algumas dúvidas. Eu nunca fui promíscuo, mas eu sei que tem muito gay que é. A questão é: Eu sou idiota, ou qualquer outro adjetivo negativo ou estou apenas caindo na viagem de alguns “amigos”?

Desde já, obrigado.

 P.S.: Perdoe algum erro de digitação, ano de vestibular, estou cansando o que redução minha habilidade.”

L., 18 anos, Janaúba – Minas Gerais (c# de MG, não ri disso).

)))Ai, você é tão fofo que até me doeu o útero que não tenho. Fala sério! Desenha Janaúba no mapa pra mim que eu vô aí casar contigo!

Seguinte, tenho 31 anos de existência na face da terra, e o melhor sexo que fiz na minha vida foi quando namorei sério. Também não consigo liberar o pedreiro que existe em mim com qualquer um. Tem que ter toda uma ligação de afeto. Não quer dizer que nunca tenha feito sexo casual. Já fiz… mas o resultado em termos de satisfação é beeeeem brochante.

Danem-se seus amigos, larga tudo e vem pra mim! Brinks. Seus amigos são como a maioria, eles querem é rosetar. Te aconselho a continuar sendo você mesmo. Faça sexo com quem quiser e se quiser. Dane-se o mundo. Pode ter certeza que se escolher fazer sexo só com quem ama não vai faltar gente pra transar com quem prefere fast foda.

Fico muito triste por você ser tão novo e já ter passado por tanta situação ruim no amor… Foda é que a maioria das gays tá assim..tudo loca pra trepar e não tão nem aí para respeitar o namorado. Aliás, tem gente que namora por medo de ficar só, daí, enquanto o namorado ta de olho fechado, vai trepar com estranhos por aí… é a vida, guri. Parte da minha solteirice tem a ver com isso. Acho que esse blog me alertou pra tanta semvergonhice que acontece por aí…

Enfim, siga seu caminho. Estude pro Vestibular, arrase na prova e na vida. Quando for a hora de Deus mandar um boy magya pra ti, ele vai mandar. (ou não, mas daí pelo menos c já vai estar bem encaminhado na vida e rico…).

Beeeijas!

L^^e!))).

“Oi pessoal :)
Tenho lido bastante o Blog e cada vez gosto mais.
Seguinte… É mais um pedido de opinião: Eu terminei um namoro de um ano e meio e decidi que não queria mais vê-lo. A relação sempre foi 70% a 30%, ou seja, sempre amei mais, dei mais carinho, dei mais valor e ele sempre reconheceu isso. Quando terminamos, achei que fosse ficar mal, na fossa, acabado e ele bem, mas o que aconteceu foi o contrário. Ele é quem está mal e tal.

Ele veio aqui em casa esses dias e em meio a um choro, ficamos e foi maravilhoso. O que acontece é que ele comentou que foi legal e que seria “show” se continuássemos assim e ficássemos com quem quisermos… Fiquei sem saber o que eu faço.

Sei que é difícil dar uma opinião concreta sem conhecer a história toda mas, assim, por cima, o que acham? =3

Beijo no cantinho da boca de cada um de vocês.”

Thiago, 23 anos, de Niterói, Rio de Janeiro

)))STOP right now, thank you very much! A julgar por essa despedida mandando beijo no canto da boca de cada integrante aqui do blog, diria que você aceitou a proposta do seu ex namorado, né? Ta querendo é coisinhas com a gente aqui! Então vem! Temos boys pra todos os gostos! (Cafetina feelings).

Enfim, eu sou um moço monogâmico. Fui criado pra ciscar por aí quando solteiro e a cacarejar no mesmo lugar quando “to amarrado”, então, essa coisa de vamos ficar juntos, mas também vamos pegar 800 pessoas  na vida louca não cola pra mim. Desculpa a sinceridade, mas seu ex namorado é um CANALHA, CAFAJESTE, SEM VERGONHA. (Momento Ana Maria Braga xoxando o falecido ex marido de Susana Vieira, diva, adorada pelo povão, ou não).

Você mesmo disse que ele se dedicava menos, o que demonstra que não fazia tanta questão de ter um relacionamento sério contigo. Fato agora comprovado com essa proposta que no caso beneficiaria somente a ele, porque você aparenta gostar de coisa séria e ele quer mais é rosetar.

(by Fagner Damasceno)

Muito cômodo pro cara ter alguém sempre a espera, uma carta na manga caso um rolo com outro boy não dê certo. E bom, dificilmente você deixará de mimá-lo e tratá-lo com carinho, então ele terá tudo de você e tu terás menos ainda dele. Se eu fosse você, daria como resposta a mãozinha de diva negra e o expressão de ÃHN ÃHN, não, nem pensar. E cantaria chora, me liga, implora pelo meu amor. Pede por favor. Quem sabe um dia eu volto a te procurar.

A fila anda, menino. Antes só do que com alguém que te dá menos do que você deseja. Pensa assim: se ex fosse bom não começaria com ex, de Exterminador do Futuro. HAHAHAHA. 

Beijas,

L^^e!))).

Insistir na foda amiga… ou não?

Publicado: 14/03/2011 por Leandro Lan em gay, sexo
Tags:, ,

“Transei com um cara que me enlouqueceu de tesão no Carnaval. Depois da transa conversamos por horas.

Ele saiu de um relacionamento e disse que não quer se envolver agora. Mas deixou brecha. Disse que adorou nossa transa e que gostaria de me ver novamente.

Por causa disso mandei mensagens no celular dele. E até agora não respondeu.

Quero mto ter uma amizade colorida com ele porque a transa foi Ó-TI-MA. Mas não quero parecer um doido varrido pegajoso que fica indo atrás.

Devo insistir?”

Leandro Madness Responde:

)))Zé, você deve insistir?

NÃO.

Se eu pudesse juro que desenhava esse NÃO em Glitter, Strass e Neón pra você entender que: QUANDO ALGUÉM TEM INTERESSE EM VC, ESSE ALGUÉM DEMONSTRA ISSO.

E essa demonstração vem em forma de mensagens respondidas no seu celular, ou uma ligação, um e-mail, um tuite, uma cutucada no Facebook, um Scrap no Orkut, um emotion de dois caras se beijando no Msn e etc…

Entendeu ou preciso ser mais explicito?

Por mais que você queira a amizade colorida dele. Ele não quer. Se quisesse teria respondido suas mensagens de texto. Mantenha essa transa no passado e cuide do futuro.

Vai por mim, a casa dele não pegou fogo. A bateria do celular não caiu na privada. Ele não morreu. E sim, ele pode estar sem crédito no celular (pobreza sem fim!). Mesmo assim, se tivesse a fim de manter contanto contigo, ligaria a cobrar.

Chame o próximo da fila. E tente a sorte. Nesse mundo gay é bem difícil de um cara querer ver o outro por mais de uma vez depois de uma Fast Foda.

Bjuxxx,

L^^e!))).

Ou clique AQUI

“Oi meninos, tudo bem?

Uma curiosidade minha, se vocês fossem abordados por um desconhecido numa balada fora da sua cidade/estado/país os xavecando com intuito de sair dali pra casa dele transar, o que fariam?”

Anônimo por Formspring

Leandro Madness Responde:

Oie, to bem sim! O Peagá também, apesar de estar sumido daqui. Ele está resolvendo umas coisas do tipo, mudança de sexo, visto italiano, contratação de um cafetão, digo, assessor… BRINKS!

)))Quanto a sua pergunta: Sou cagão, mas sou homem! Contraditório isso, né? Enfim, não sei qual seria minha reação, mas tenho muito medo de morrer e tenho mais medo ainda de sofrer antes de morrer, do jeito que rola em “O Albergue”, sabe? Já tenho minhas neuras aqui em Sampa pra sair com um desconhecido, imagina em um lugar onde não conheço uma viva alma!

Depois de ficar rosa chiclete com a proposta pensaria "será que ele vai me tirar o fôlego e a vida ou só fôlego?

Agora, como disse, sou homem, tenho minhas necessidades! Se eu estiver solteiro, se sentir confiança no cara, rolar um clima e, claro, se ele for uma coisa divina que deva ser atendida pelo bem da humanidade (ou pra constar nas páginas do meu diário de bordo), eu faço.

Sabe, às vezes acho que o fato de eu não beber álcool me deixa muito preso ao raciocínio lógico, mas quando viajo sozinho pra lugares desconhecidos isso se torna uma medida de segurança necessária. Não solto a franga completamente, mas to aqui respondendo sua pergunta no blog! Devo muito a essa racionalidade…

Sei lá, sua pergunta foi subjetiva, minha resposta também! Até porque, tudo na vida depende de alguma coisa ou alguém pra acontecer… Não acha?

OBS: Uma curiosidade minha: Por acaso você está pretendendo chegar em um de nós do blog e está sondando o terreno? rs

Beijuxxx, L^^e!))).

Ou clique AQUI


“Por que as pessoas estão parecendo robôs e não demonstram sentimentos nem consideração pelos outros? Desistem logo de cara de uma coisa que poderia dar certo. To cansado disso.”

Anônimo por Formspring

Leandro Madness Responde:

)))Oi guri, faz assim: Antes de ler minha resposta respire fundo, coma um pedacinho de chocolate e sorria.

Normal ficar deprê com a proximidade do dia dos namorados. (não é “privilégio” só seu! Nós do DQOGG estamos assim, a Deus dará, aliás, ninguém aqui dará nem receberá coisa alguma nesse dia 12…rs).

Sei que é normal se sentir assim por causa dessa data, mas não tiro sua razão e concordo contigo, viu. As pessoas querem mais é rosetar hoje em dia. Às vezes me pergunto a mesma coisa que você e a conclusão a qual cheguei foi:

)))As pessoas pensam somente no presente, atualmente há oportunidades de sexo fácil nas grandes cidades e o povo quer pegar geral. A maioria dos gays não pensam em construir um futuro e envelhecer com alguém. É meio assim, pra quê vou me prender a um só se posso ficar com 500 por dia? Daí o motivo do “desapego”, da falta de consideração pelo outro. Do usar e jogar fora, ou, nem usar, só dar esperanças e, jogar fora mesmo assim.

E não seja chapeuzinho, nem lobo, nem caçador e muito menos..a vovó...(seja vc mesmo)

O ruim é que de tanto levar pancada, instintivamente acabamos dando pancadas em outros, daí isso vira uma bola de neve e não haverá solução?

Ah vá! Pra tudo na vida tem solução! Não adianta ser pessimista! Vá ser feliz! Vá ler um livro, passear num bosque, mas fuja do lobo mau, evite o caçador, proteja a chapeuzinho vermelho e coma as bolinhos da vovó. Desencane. Alguém há de surgir na sua vida pra te dar alegria e pra tu chamar de “seu”. Apesar de que ninguém é seu…mas você entendeu…

Beijos! Melhora esse astral. Qqer coisa volte a escrever!

L^^e!))).

Ou clique AQUI

Seja bem vindo à…

Publicado: 25/05/2010 por Leandro Lan em gay, sexo
Tags:, , ,

“Oi meninos do Blog! Tudo bem?

Tenho um caso à contar, eu moro no Pará e estou teclando com um homem super bonito e gostoso de Florianópolis, a gente já se viu por webcam e ambos gostamos do que vimos.

Ele vive me chamando pra passar um fim de semana na casa dele lá, a gente não quer namoro sério, seria só pra transar e passar dois dias juntos. Mas fico pensando que viajar pra transar é uma coisa meio imbecil.

Vocês acham que existe um limite de distância a ser percorrida quando queremos transar com alguém?

Maneco.

Leandro Madness Responde:

)))Pára tuuuuudo! Xôh cantar: “Tem dias que eu fico, pensando na vida, e sinceramente, não vejo saída… sei lá, sei lá.. a vida é uma grande ilusão…sei lá, sei lá..eu só sei que ela está com a razão.”

Maneco? Pufavôh! Acho digno sua próxima Helena ser travesti! E se precisar de um galã gay, me chame!

)))Ok, insanidades à parte, me deixa ver se entendi: vc quer descer o Brasil atrás de um pênis? E tu ta com peso na consciência por causa disso! Vou te dizer uma coisa, eu já fui pra Floripa (eita que me rasgo por essa cidade) passar um fim de semana com um guri por quem fui apaixonadinho. Eu tinha a grana, tinha onde ficar. Fui.

Às vezes vale a pena ir até pra PQP! E ninguém tem nada a ver com isso.

Se você pensar financeiramente, somente pra fazer sexo, compensa mais tu ficar aí, conseguir um cueca da região e transar com ele. Até se procurar serviço profissional sai mais barato do que a viagem.

Se sua dúvida não for sobre o dinheiro gasto e sim sobre o que você acha mais imbecil ou não. Responda:

Quem paga suas contas? Você vai roubar, matar ou fazer algo ilegal pra custear essa aventura? Se a resposta for não: Arrasa no chapéu, óculos escuros, echarpe e voa! Passar vontade é a pior coisa da vida. Se você tem como satisfazer esse capricho, satisfaça.

Agora, se você é pobre, come miojo (eu como e adoro) e vai gastar uma grana que lhe vai fazer muita falta, deixe pra ir num outro momento. Ou chame o guri pra ir pra sua casa. Já é super broxante obedecer aos limites impostos pelos outros, ficar impondo limites pra tu mesmo pra algo que deseja, isso sim é imbecilidade.

Só não espere muito desse encontro. Expectativas = zero. Assim, vai que tu te surpreendes, curte o passeio e o cara.

Espero que ele valha a viagem. Por que se não, vai rolar arrependimento! Tu ficarás pensando: “Podia ter gasto essa grana com algo muito melhor! Vacilei! Devia ter doado esse tutu pros meninos do DQOGG” Adoooooooramos doações… \o/…

)))Beijos, sua cabeça, sua sentença. Espero que ela te sentencie a felicidade.

L^^e!))).

Ou clique AQUI

Sexo x Relacionamento

Publicado: 04/08/2009 por Leandro Lan em gay, sexo
Tags:, , ,

“Gente, eu tenho uma dúvida, não sei se isso acontece com vocês também, eu morro de tesão às vezes mas não consigo praticar sexo sem compromisso. Só consigo transar quando estou num relacionamento. Isso é normal?”

Maurício, 24 anos.

Leandro Madness Comenta:

)))Oi Maurício, eu tenho mais prazer quando faço sexo com quem eu namoro, não sou adepto do Fast Foda saca? Aquela coisa descartável, pá pum e nunca mais. Eu gosto de envolvimento, sentimento, dormir abraçado depois… Essas coisas mais “românticas”. Me satisfaço melhor assim.  Quando o tesão ataca nos dias de solteirice acabo me resolvendo sozinho mesmo, sabecomé! Transar por transar só pra ejacular pra mim é perda de tempo, tu tem que ficar caçando, arrumar alguém que seja do tipo X capaz de te despertar desejo, daí tu vai pros finalmente que podem nem ser tão satisfatórios… Ah sei lá, pra mim não vira…

Afoga o bicho na velocidade mais indicada pra ti.

Afoga o bicho na velocidade mais indicada pra ti.

Se você pensar, a gente é anormal (eu e vc) porque a grande maioria quer mais é transar e ponto. Daí fica aquela coisa, se por acaso encontra o fulano na balada ou cruza na rua, vira o rosto e finge que não conhece. No final nem é hipocrisia, pois, nem conhece mesmo, foi só uma bimbada e nada mais.

Não to fazendo a linha “santo” eu já fiz sexo casual, por isso mesmo sei que pra mim não é o mais satisfatório… Não se sinta estranho por transar menos do que seus amigos ou coisa assim. Se eles afogam o Ganso na velocidade Máxima do Créu, sorte a deles. Se você prefere esperar até encontrar alguém pra algo mais sério, escolha sua ué! Depois que encontrar um namorado tu compensa o tempo de ócio transando 5 vezes ao dia! Hahahaha…

Fica sussa, o importante não é ser normal e sim gozar no final!

Bjuxxx, L^^e!))).

Cena do filme Another gay movie the sequel em que o guri que se acha um E.T. por não fazer sexo casual encontra seu SEREIO...

Cena do filme "Another gay movie the sequel" em que o guri que se acha um E.T. por não fazer sexo casual encontra seu SEREIO...