Posts com Tag ‘São paulo’

E aí galera, descobri o seu blog a pouco tempo e agora estou viciado!

Até hoje ninguém ainda sabe que sou gay, durante muito tempo vive uma personagem heterossexual, (personagem mesmo, interpretava, confiscava-me, sempre pensando em como falar, andar, agir) ficando com diversas garotas, tinha me tornado o hétero porra loca, por pura pressão da minha escola, dos meus colegas, da minha família que sempre foram extremamente preconceituosos. Mas isso nunca me satisfez, fazia isso por pura pressão social e se uma menina quisesse alguma coisa a mais tinha que inventar mil desculpas. Cheguei a até namorar uma garota, mas vocês devem imaginar que não deu certo.

Depois que comecei a morar sozinho pude ter mais tempo de ficar comigo mesmo e refletir que isso não faz sentido algum, decidi ser fiel a mim mesmo e já faz 6 meses que não fico com ninguém. O maior problema foi essa imagem que construí, então as pessoas não me veem como gay e eu não estou nem um pouco feliz com isso, pois gostaria muito de ficar com um rapaz, estou louco pra dar meu primeiro beijo gay de verdade, com sentimento. No entanto moro em uma cidade pequena e é difícil encontrar algum gay que me atraia aqui, pois para conseguirem parceiros eles tem de deixar claro pra todo mundo que eles são gays e eu gosto de ter minha vida pessoal aberta só pra pessoas que realmente valham a pena.

Gostaria de saber como começar minha vida como gay, pois ainda não me sinto confortável e nem penso que faz minha praia, fazer o esteriótipo só pra avisar a todos. Minha família ainda não sabe e penso em contar pra eles depois que já estiver em uma relação.

Um abração pra todos vocês!

Gabriel, 19 anos

Olá Gabriel, você nem imagina como é bom ler que você curte nosso blogay. Ele é feito exatamente para todos que, como você, tenham dúvidas ou precisem de conselhos.

Para aqueles gays que moram em cidades pequenas, sair do armário é realmente complicado, até porque em cidades assim quase todos se conhecem e a fofoca corre solta quando acontece algo de diferente, o que dirá de alguém que assume ser gay.

Estima-se que 10% da população mundial seja gay, ou seja, aproximadamente 10% da sua cidade também é gay. Sejam eles enrustidos, assumidos ou nem tenham consciência disso. Querido, tem um monte de gays por aí, basta dar uma calibrado em seu gaydar e achar algum que te atraia.

Penso em duas outras formas de finalmente dar seu primeiro beijo gay e quem sabe um relacionamento:

- Se na sua cidade você não tem espaço para se assumir e continuar a viver normalmente, é possível ir para outras cidades maiores e conhecer algum cara bacana. Dá um pouco mais de trabalho que ter um relacionamento próximo? Não vou mentir! Dá sim, mas é uma forma de ter sua privacidade sem se expor muito.

- Já pensou em morar em outra cidade? Você já mora sozinho e talvez mudar para uma cidade maior ajude bastante. Aqui em São Paulo por exemplo, a população é chamada de flutuante, e explicando em miúdos é: Há tantas pessoas aqui que a probabilidade de reencontrar alguém que te veja beijando um cara é bem baixa., e o ‘anonimato‘ por conta disso é bem maior.

Por mês milhares de gays e lésbicas chegam na cidade procurando justamente isso. Viver plenamente sua sexualidade sem se preocupar que a vizinha fofoqueira fale para o resto da rua o que você faz ou deixa de fazer. Alguns são mais extremistas mudam de país, tanto que há diversos relatos de LGBTs morando [felizes] nos mais diversos países do mundo! É uma possibilidade.

Espero ter ajudado e que continue viciado em nosso blog.

Beijos


Parada Gay de São Paulo

Vista da Avenida Paulista [Foto Debora Ferraz]

270 mil, esse é o número que o DataFolha afirmando que a Maior Manifestação do Mundo nunca havia usado métodos científicos para contagem dos manifestantes, porém a APOLGBT, associação que organiza a Parada Gay de São Paulo, mostra o contrário.

Impossível uma pessoa em são consciência afirma tais números, até porque é impossível olhar para UMA foto e ver que a quantidade de pessoas supera [e muito] os dados fornecidos pelo DataFolha. Isso pra mim é insanidade ou vontade de ter o que falar. Usar um pouco da ~influência~ e espaço em seu veículo de comunicação [Folha de São Paulo] para gerar buzz.

Parada Gay de São Paulo

Vista da Rua da Consolação [Foto Debora Ferraz]

Aprendeu a contar DataFolha???

Em nota a APOLGBT diz:

No último domingo (10), ocorreu a 16ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que trouxe o tema Homofobia tem cura: educação e criminalização. Desde 2007, a manifestação vem atingindo a média de 3,5 milhões de participantes, porém, a partir desta edição, a APOGLBT (Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo), entidade organizadora, decidiu por não divulgar números oficiais. Mas diante do cálculo apresentado pelo Datafolha nesta segunda-feira (11), a organização vem a público expressar que discorda dos resultados e questiona o método aplicado.

A decisão da APOGLBT por não realizar a contagem deve-se pelos seguintes motivos:

1) Nos primeiros anos, enquanto a principal reivindicação do movimento era o reconhecimento da população LGBT através da promoção da visibilidade, foi de extrema importância o registro de quantas pessoas participavam da Parada e seu expressivo crescimento a cada ano. Conquistado esse reconhecimento, os esforços estão voltados para a efetivação de políticas públicas e avanços legislativos que garantam a cidadania e os direitos humanos. Tendo em consideração que as seis últimas edições mantiveram a mesma margem de público, a contabilização deste índice torna-se uma demanda secundária.

2) Não há compromisso firmado entre a APOGLBT, os patrocinadores e apoiadores da manifestação que estabeleça uma meta de público a ser atingida, nem mesmo é exigido que a quantidade de participantes seja relatada em caráter de prestação de contas. Por conseguinte, a medição de público vem sendo, nos últimos anos, uma solicitação de interesse exclusivo da imprensa.

3) A cada edição, a Parada do Orgulho LGBT traz um tema que reflete diversas reclamações do movimento, sendo as prioridades atuais a criminalização da homofobia em âmbito nacional através da aprovação do Projeto de Lei da Câmara 122 de 2006, o reconhecimento efetivo das famílias compostas por casais homoafetivos e a aplicação do projeto Escola Sem Homofobia e demais iniciativas que insiram o respeito às diversidades no ensino. Diante disso, a organização observa que o anseio por parte da mídia quanto ao número de integrantes tem dividido o foco da difusão de nossos principais objetivos.

Com o esclarecimento de sua estratégia e reafirmando que em nenhum momento seus membros anunciaram dados oficiais sobre a contabilidade dos participantes, a APOGLBT apresenta argumentos que denotam equívocos nas informações publicadas pela Folha de S.Paulo, que em matéria de capa diz que a 16ª Parada reuniu 270 mil pessoas, segundo método desenvolvido e aplicado pelo Datafolha.’

Nem parece que já se passou 1 ano que o projeto do Claudio Nanti, Vexame on the Dance Floor começou. Para comemorar o aniversário a festa invade a balada mais querida da cidade, a Bubu Lounge!!!

A festa que nasceu despretensiosa e apenas com o intuito de divertir seus criadores e amigos, cresceu, esteve presente em 6 cidades, realizou mais de 20 edições e contou com mais de 120 horas de festa até aqui. Para comemorar, teremos a apresentação da cantora Bibi Iang, a mais nova sensação das pistas, cantando seus hits ‘La Musica’, ‘Tumulto’, ‘Confusa’ e muito mais.

Além disso a divertida Hora do Vexame sob o comando de Cláudio Nanti, Silvetty Montilla e Léia Bastos. Teremos ainda Camarotes Especiais com presença de SERGINHO, MURILO MAZER e outras surpresas, Djs na pista principal e na pista Lounge, Gogo Dancers e muito mais!

Na porta os Vexaminosos serão recebidos pela fadinha safadinha do Programa da Eliana, Amanda Di Polly e pela fervida e incomparável Dani Glamourosa.

Garanta já seu lugar em nossa Lista VIP* Especial! *Lista VIP OO (Homens) e Consumo (Mulheres) Se Joga, bee!! Só lembramos que a lista VIP tem validade até às 20h, depois é R$ 20 de consumo.

Durante quatro terças-feiras de maio, a APOGLBT e a Livraria da Vila convidam o público para refletir sobre temas relacionados à diversidade sexual através da linguagem do teatro, com entrada gratuita.

O 16º Mês do Orgulho LGBT de São Paulo inicia no próximo dia 8 com uma novidade na programação: o retorno do Ciclo de Leituras Dramáticas, que propõe reflexões acerca da diversidade sexual através de textos contemporâneos e a atuação de jovens talentos das artes cênicas. A atividade é promovida pela APOGLBT (Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo) em parceria com a Livraria da Vila e ocorre durante as terças-feiras de maio, a partir das 20h, com entrada gratuita.

O Ciclo é composto por quatro encontros nos quais serão interpretadas peças que abordam temáticas como homoafetividade, aceitação e autoestima, identidade de gênero, erotismo, relacionamentos, família, entre outras.  Os textos são assinados por Cássio Pires, Ana Roxo, Zen Salles, Raphael Ramos e Lucianno Maza, que estão em destaque entre as revelações da dramaturgia brasileira.

Para o ator João Gomes, que coordena a atividade, o teatro “sempre foi um espaço aberto à tolerância, para que as pessoas busquem construir suas compreensões de forma ampla e humanizada”. “As Leituras Dramáticas trazem para o Mês do Orgulho um momento de comunhão com arte, tendo como principal objetivo, de forma sensível e atrativa, a expansão do debate proposto pela Parada LGBT, que prima pela educação da sociedade para o fim da discriminação e a igualdade plena”, completa Gomes.

O Ciclo de Leituras Dramáticas conta ainda com o apoio das Edições GLS (Grupo Editorial Summus) e da On Line Comunicação Visual. Os encontros ocorrem de 8 a 29 de maio, sempre às terças-feiras, às 20h, no auditório da Livraria da Vila, unidade Lorena (Alameda Lorena, 1731, Jardim Paulista – próximo à estação Consolação do metrô). Após as leituras, o público é convidado para um bate-papo a fim de comentar sobre os textos, expor suas percepções e trocar experiências.

Confira a programação:

 Dia 08 de maio

Para um banho depois da tarde
De Cássio Pires e Ana Roxo
Direção: Ana Roxo
Elenco: Ana Roxo e Thiago Adorno
Uma experiência de teatro simultâneo, em que o público é dividido em duas partes e assiste à dois depoimentos sobre um episódio amoroso envolvendo primos adolescentes: uma menina que se apaixona por outra e um menino que descobre-se traído pela paixão da prima por alguém do mesmo sexo.

Dia 15 de maio

Charlotty
De Zen Salles
Direção: Zen Salles
Elenco: Davi Kinski, Camila dos Anjos, Ricardo Gelli, Laerte Késsimos, Guilherme Mazzei e Gisele Lavalle
Mais que homem, mais que mulher, Charlotty é um ser de infinitas possibilidades. Estaria o mundo preparado para um ser tão único como Charlotty?

On $ALE

De Zen Salles
Direção: Zen Salles
Elenco: Ricardo Gelli e Laerte Késsimos
Cazé vende muamba nas ruas durante o dia, enquanto Cadú vende o seu corpo nas avenidas durante a noite. Eles passam a dividir o mesmo espaço em uma cidade que cobra caro por tudo. O desafio de ambos será descobrir algum ponto em comum entre seus mundos tão próximos, mas, ao mesmo tempo, tão diferentes.

Dia 22 de maio

Angor Actus
De Raphael Ramos
Direção: Raphael Ramos
Elenco: André Dallan, Fabiana Vieira, Norma Gabriel e Vinícius Piedade
Uma história é contada em quatro atos. A conversa entre Fábio e seu chefe Walter é o ponto de partida no desvelar de um quebra-cabeça entre quatro personagens (e uma quinta voz). Provocações e angústia em transmutação.

Dia 29 de maio

Neve
De Lucianno Maza
Direção: Marcos Gomes
Elenco: Gui Paiva, Luciana Caruso e Maurício Machado
Um feliz casal homossexual tem suas vidas agitadas com a chegada da irmã de um deles, uma dependente química. Dias se passam e tudo pode acontecer dentro deste apartamento: até nevar.

Mês do Orgulho LGBT de São Paulo

O calendário anual de atividades político-culturais promovido pela APOGLBT chega a sua 16ª edição com o tema “Homofobia tem cura: educação e criminalização!”. A reivindicação é para que seja aprovado o projeto Escola Sem Homofobia, que visa preparar os professores da rede pública para o combate ao bullying, e o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 122/06 – há seis anos em tramitação no Senado –, que pretende criminalizar a homofobia em âmbito nacional, assim como está previsto para o racismo e outros crimes de ódio.

Além do Ciclo de Leituras Dramáticas, a programação conta com o 10º Ciclo de Debates (datas e locais a definir), a 12ª Feira Cultural LGBT (7 de junho, no Vale do Anhangabaú), o 12º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade (8 de junho, na Academia Paulista de Letras), o 12º Gay Day (9 de junho, no Playcenter) e encerra com a 16ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (10 de junho, na Avenida Paulista).

Para mais informações sobre as atividades oficiais e o circuito paralelo, acesse www.paradasp.org.br, curta a página da Parada no Facebook (www.facebook.com/paradasp) ou siga @paradasp no Twitter. A APOGLBT também atende pelo telefone (11) 3362-8266 e pelo e-mail paradasp@paradasp.org.br.

|SERVIÇO| 

Ciclo de Leituras Dramáticas – 16º Mês do Orgulho LGBT de São Paulo

“Homofobia tem cura: educação e criminalização!”
Dias 8, 15, 22 e 29 de maio (terças-feiras), às 20h
Livraria da Vila, unidade Lorena – Alameda Lorena, 1731, Jardim Paulista
Entrada gratuita
Programação completa em www.paradasp.org.br
Para mais informações: (11) 3362-8266 | paradasp@paradasp.org.br

Com o tema Homofobia tem cura: educação e criminalização! – Preconceito e exclusão, fora de cogitação!, os artistas visuais Gabriel Victal e Ariel Tonglet usaram referências de campanhas de vacinação para compor a identidade visual do 16º Mês do Orgulho LGBT de São Paulo

A ideia não é expor a homofobia como uma doença individual, mas como um vício social que atinge a toda população e, por isso, precisa ser erradicado. A educação e a criminalização são colocadas como formas preventivas de combate a esse vício, portanto, surgiu a ideia de vincular o conceito da Parada deste ano com o das campanhas de vacinação‘, explica Victal.

A ‘gota‘ é usada na cultura brasileira desde a década de 80 para promover campanhas de vacinação, o que mostra que  o remédio para acabar com a homofobia é conscientização sobre diversidade sexual. Nessa versão, a gota aparece com as seis cores do arco-íris, símbolo mundial da diversidade sexual.

Para o artista, além de representar a responsabilidade que o Estado tem no amparo de uma população vulnerável, a gota traz ainda outras alusões do imaginário coletivo. ‘A gota da lágrima, a gota do sangue e até mesmo a gota de esperança são símbolos fortes, presentes no cotidiano de quem é discriminado e luta contra a opressão‘, acrescenta o artista.

No lugar da ampola, um ponto de exclamação é a ferramenta utilizada para ministrar essa “vacina”. O sinal dá o tom de palavra de ordem ao tema e o caráter de protesto à imagem, além de representar a urgência da implantação de políticas públicas que combatam o ódio e garantam a cidadania dos LGBT. A mão que o segura no topo da imagem é uma analogia à logomarca da APOGLBT (Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo) – entidade que promove as atividades – e, ao fundo, o formato do mapa do Brasil reverbera a gota colorida que cai sob a sua superfície.

Com informações da APOLGBT

@SelectionParty Beneficente | 20 DEZ |

Publicado: 20/12/2011 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , ,

Depois de 01 ano repleto de festas, com 7 edições da Selection Party, 9 do sub-selo Selection For Guys, 4 da 2gether! e 3 do Twist After, o Grupo Selection, dos produtores Luiz Netto e Cláudio Nanti, encerra o ano de 2011 com um mega evento beneficente na terça-feira, 20 de Dezembro, a partir das 23h30 no Club Ice – São Paulo, a Selection Season Closing. Com o apoio de 10 Djs, 3 cantoras, 3 hosts, Dancers e Performers que abriram mão de seus cachês em nome da solidariedade estaremos arrecadando latas ou pacotes leite em pó em prol das crianças do C.O.T.I.C. (Centro Organizado de Tratamento Intensivo a Criança) como entrada do evento.

Além dos artistas envolvidos estão nessa corrente do bem, junto com a Selection Party, os clubes BuBu Lounge, Cantho Club e The L Club, as festas Jungle Party, Vexame!, Tic Tac, After du Caju, Bubba e Fuckse, os promoters Roví, Rogério Munhoz, Lorran e a Seven Assessoria, as rádios Circuito Mix e Omega Hitz, o designer gráfico e fotógrafo, Acir Tolezani e vários sites de mídia segmentada LGBT.

No som estarão os Djs: Leandro Kloppel (The Orange Group/Londres), Robson Mouse (Blue Space), Paulo Agulhari (BuBu Lounge), Sandra Bull (Code After | The L Club), Gustavo Vianna, Jessica Angell (The L Club), Wandy Telles (Vexame!) e os residentes Igor Magalhães, André Yakko e Pitt Garcia. No palco um super show com as divas nacionais da e-music, Alex Marie, Nicky Valentine e Paula Bencini. Recebendo o público estarão os hosts Alan Esteves, Danny Party e Vivy Araújo.

Rola ainda um super desfile da coleção Verão 2012 da Mooley, que também é responsável pelos figurinos dos Selection Dancers e Performers completando o evento.

A doação da Lata ou pacote de leite em pó de no mínimo 400g é obrigatória para ingresso na festa. Caso prefira antecipar sua doação o C.O.T.I.C disponibilizou um hotsite para você fazer sua doação e inserir o nome na Lista da Festa: www.cotic.org/selection

Ajude-nos a difundir essa corrente do bem nas redes sociais, confirme sua presença em nosso evento no Facebook e compartilhe com os seus amigos!


Por Peagá Peñalvez

O Nefertiti está abalando geral com sua programação diversificada, tanto que domingo estréia o novo after da casa, o CITY AFTER, que contará com um line up de deixar todo mundo LOUCO.

O lindo e MARAVILHOSOFelipe Lira d Rio, Junior Britto que agita as pistas da Cantho e o Bruno Zuzzi  de Campinas. é muita gente boa em uma única festa, né??? E recebendo as insones loucas na porta, a deliciosa Danny Party, um primor de simpatia.

É fim de mês e está sem grana??? Relaxa que o Guilherme Souza está com uma lista VIP00 para quem chegar até as 9h da manhã, só clicar AQUI.

|SERVIÇO| CITY AFTER

|Data| 27 de novembro
|Local| Nefertiti – Rua Augusta, 2077
|Quanto|
 Lista / Flyer até 09:00H R$ 25,00 (ENTRADA) OU R$ 50,00 (BÔNUS BAR OPICIONAL)
                   Sem Lista ou flyer após 9h: R$ 30,00 (entrada) ou R$ 60,00 (bônus bar)

 

Por Peagá Peñalvez

Conferência Estadual LGBT

A II Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais acontecerá nos dias 28, 29 e 30 de outubro, o tema debatido será: Por um Estado sem discriminação: Respeito à cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais’, algo que realmente precisamos não apenas no estado de São Paulo, mas em todo país. Confira a lista dos selecionados para o debate AQUI.

Diversos outras discussões e debates ocorreram em diversas localidades, como: Santos, Ribeirão Preto, Taubaté, São José do Rio Preto, Piracicaba, Bauru e, claro, São Paulo. Entre as propostas sistematizadas nos encontros regionais, destacam-se: a garantia do tratamento pelo pré-nome social de travestis e transexuais; a promoção da Lei Estadual 10.948, que prevê a penalização à prática de discriminação em razão de orientação sexual, e outros instrumentos normativos; o apoio a eventos culturais, como passeatas LGBT; a garantia de direitos em uniões homoafetivas em consonância com as uniões heterossexuais

De acordo com o Censo de 2010, São Paulo é o estado com mais casais homo afetivos, 16872 [sem falar aqueles que não falam abertamente, né???] e realmente precisamos discutir tais assuntos, levando em conta a quantidade de agressões homofóbicas na cidade de São Paulo ainda falta muito a conquistar.

Desde o ano de 2011 foram 50 processos por discriminação homofóbica. Outro canal de denúncia, o Disque Direitos Humanos [DISQUE 100], registrou 134 ocorrências de homofobia no Estado de São Paulo entre janeiro e setembro deste ano.

Integram a comissão organizadora o Fórum Paulista LGBT, o Fórum Paulista de Travestis e Transexuais, o Fórum Paulista da Juventude e a Conexão Paulista LGBT, além de outras instituições como OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil), CRP-SP (Conselho Regional de Psicologia) e Condepe (Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana).

A união faz a força. Precismos realmente nos unir e deixar de nos preocupar apenas com as futilidades de sempre e ajudar a avançar na luta por nossos direitos. Aguardamos apenas o aval para o credenciamento de nosso blog para participar do debate.

|Serviço|

II Conferência Estadual LGBT
|Data| 28, 29 e 30 de outubro, a partir das 8h
|Local| Novo Hotel Jaraguá – Rua Martins Fontes, nº 71 – Centro

|PROGRAMAÇÃO|

28/10 Sexta-feira 
15h Abertura do credenciamento para delegadas/os, convidadas/os e observadores 
18h Abertura Oficial 
19h30 Palestra Magna com a Profª. Drª Debora Diniz da Universidade de Brasília 
20h30 Show com a cantora Fabiana Cozza 
22h Jantar 

29/10 SÁBADO 
8h Credenciamento 
10h Credenciamento de eventuais vagas remanescentes 
9h às 12h30 Leitura e aprovação Regimento Interno 
12h30 Almoço 
14h Grupos de trabalho (07 eixos) 
16h Café 
16h às 19h Grupos de Trabalho 
19h30 Jantar 

30/10 DOMINGO 
9h Eleição para delegadas/delegados para a Conferência Nacional 
13h Almoço 
14h Plenária para aprovação e encaminhamento das propostas 
18h Referendo em Plenária das Delegadas/os para Conferência Nacional 
19h30 Encerramento da II Conferência Estadual LGBT 
19h às 21h00 Jantar 

11º Gay Day no Playcenter

Publicado: 25/06/2011 por @peagapenalvez em Especial Parada LGBT, gay
Tags:, , , , , , ,

Anualmente o Playcenter abre suas portas para o público LGBT, um dia onde TODOS OS GAYS vão comemorar a diversidade e o orgulho de ser gay com as atrações do parque de diversão mais antigo da cidade de São Paulo.

Nesse ano, até o nome mudou, será o GayDay Experience que trás Scotty Thomson, DJ de Nova Iorque e mais 8 dos melhores DJs da cena gay brasileira: Paulo Pringles da Jovem Pan, a querida Cris Villela e o super Ricardo Motta da Bubu Lounge, a linda Shine e o GOSTOSO do Fagner Backer da Flexx, o casal delicia Thamas e Crystal Sebock da Base Lounge de Campinas, Chin e Paty Laus da Perverty Party e cobiçada produora Karina Moreira.

Não poderá ir porque mora muito longe e não vem para a Parada??? Não se preocupe, fique ligado em nossos twitter’s e iremos tuitar tudo o que rola no Gay Day. Siga @dqogg@peagapenalvez@Le_Madness.

Mais informações clique AQUI.

|SERVIÇO
|Horário: 12h às 22h.
|Onde: Playcenter
|Endereço: Rua José Gomes Falcão, 20 – Barra Funda
|Próximo a Marginal Tiete

Por Peagá Peñalvez

Na semana da maior Parada do Orgulho Gay do Mundo, São Paulo, a Câmara de SP entra em discussão a tarde para o Projeto do evangélico Carlos Apolinário (DEM), que há três anos é contra a realização da Parada do Orgulho LGBT na Avenida Paulista. [Carlos Apolinário já foi cassado. Clique AQUI e leia sobre].

A Parada do Orgulho Hétero seria comemorada no terceiro domingo de dezembro e tem, claro, o apoio das lideranças evangélicas brasileiras, que unidos entraram com pedido de urgência com 28 votos, ou seja, essa votação terá que ser feita o mais rápido possível.

O autor do projeto diz: “Não misturo igreja. Eu sou o vereador Carlos Apolinário. A Assembleia de Deus é uma coisa particular” e completa “Hoje se fazem dezenas de lei favoráveis aos gays. Esse meu projeto é muito mais para fazer uma reflexão. Será que os gays querem direitos ou privilégios?”, afirma.

“Tiraram Jesus da Paulista e deixaram os gays. Eu acho que está errado. Se não pode a Marcha para Jesus, não pode também a Parada Gay.”  O que esse tipo de fanático religioso não entende é que a Parada do ORGULHO Gay é uma manifestação, não uma forma de exaltar um tipo ESPECÍFICO de religião, ou uma FESTA como alguns pensam. Porque, desculpe-me os evangélicos, mas a Marcha Para Jesus nada mais é que uma FESTA RELIGIOSA específica para cristãos, não uma manifestação. Então vamos criar a Marcha para Oxalá, a Marcha para Alá e ai vai. Sou a favor disso. Se UMA determinada religião [cristã] pode esse tipo de FESTA, as outras também podem. Agora D-U-V-I-D-O que eles aprovem a Marcha da Macumba para os umbandistas. Isso quer ver acontecer.

Agora vamos parar para pensar??? Desde quando um hetero sofreu preconceito por ser hetero??? Qual seria o intuito dessa Parada??? Que tipo de direitos que os heterossexuais não tem, para se manifestar??? Ué, todos os direitos são reservados APENAS para eles, agora que conseguimos resguardar alguns. Ainda não consegui conceber nenhum motivo plausível para essa afronta, apenas a de que é uma forma de banalizar nossa parada. 

O Brasil é uma verdadeira PIADA DE MAU GOSTO. Onde fanáticos/políticos impõem a sua visão religiosa em um país onde o ESTADO é LAICO, ou seja, não defende NENHUMA RELIGIÃO como correta.

Tenho VERGONHA de ser BRASILEIRO, mas tenho ORGULHO de ser GAY.

A cantora Wanessa fechou hoje com a APOGLTB o show de encerramento da Parada Gay de São Paulo, que será realizada no dia 26 desse mês. Há 3 anos que não há um fechamento oficial da Parada. A cantora promete um show exclusivo para essa data.

A Associação da Parada se preocupa muito com a segurança, porque o show começaria por volta das 19 horas, no centro de São Paulo, e juntar 1 milhão de pessoas no centro é um pouco complicado. Os números dessa manifestação são imensos, portanto complica um pouco para produzir, mas tudo se dá um jeito.

Segundo informações, o palco que seria na Praça da República foi mudado por questões de segurança, dispersão, logística será realizada no Vale do Anhangabaú.

Follow @peagapenalvez

Por Peagá Peñalvez

Transparência, a nova produção de Sebah Vieira, consagrado ator da Rede Globo, e agora diretor de teatro, trás a tona a vida da transex Claudia Rosas, uma jovem sonhadora que mora em uma pensão e almeja o estrelato e o glamour da vida artística. Vivendo uma dura vida como transex, a falta de dinheiro e a busca por mudar a sua sorte.

A peça gira em torno da alegria de seus sonhos, e a dura realidade que a transexualidade trás. A personagem gira entre as gargalhadas e os momentos de tristeza, retratando com maestria a vida dos artistas que não alcançaram ainda a fama.

A atriz Jheniffer Luderitz dá um show de atuação incorporando a personagem com maestria. Sua vida artística já vem de longa data, tendo trabalhado em diversos programas da Rede Globo e Rede Record, entre eles Zorra Total, Angel Mix e a novela Esplendor, e ainda Riso e Improviso, Show de Improviso, Aero Tom, Batalha dos Humoristas e O Curral, todos quadros no Show do Tom.

Sebah Vieira, atuou em diversas novelas da Rede Globo como Chiquinha Gonzaga, Vira – Lata, Sala e Merengue e o Fim do Mundo, além de participar da série A Princesa Isabel e Marquesa de Santos na TV Cultura. Seu último trabalho foi na novela TiTiTi, e agora lança como diretor essa peça teatral.

FICHA TÉCNICA

Texto de Nelson Albissú
Direção de Sebah Vieira 
Coreografias e Preparação Corporal – Robson Bispo
Fotografia – Batista Lima
Cenário – Sebah Vieira
Iluminação – Gustavo Soares
Sonoplastia – Vagner Cezarei
Contra-Regra - Wemerson Vieira
Produção – Central de Cultura Entretenimento
Assessoria de Imprensa – JR Assessoria


SERVIÇOS
 Espetáculo: Transparência

Local: Teatro do Ator
Endereço: Praça Roosevelt, 172 Consolação SP
Duração: 50 minutos
Dias:  Todas as Quartas- feiras
Horário:  21 horas
Gênero: Comédia dramática
Curta Temporada: 18-05-11 à 30-06-11
Censura 14 anos
Valor R$ 5,00

 Follow @peagapenalvez

Na edição desta segunda-feira (4), o programa “Roda Viva”, da TV Cultura, entrevistou o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD-SP). Durante o término do primeiro bloco, Kassab declarou que não concorda com as ideias de Jair Bolsonaro (PP-RJ) e se declarou favorável à adoção gay.

A apresentadora Marília Gabriela, primeiramente, disse que o prefeito já havia declarado que não convidaria Bolsonaro para um governo seu e depois perguntou a ele se acha que o deputado quebrou o decoro parlamentar e o que deveria acontecer. “Ele foi totalmente inadequado e infeliz. Politicamente ele vai pagar por suas declarações. O parlamentar é inerente à democracia e ele tem direito de fazer as suas manifestações. Mas foi totalmente incompatível com o mundo de hoje“, respondeu Kassab.

Em momento posterior, o prefeito foi questionado sobre qual é a posição de seu partido a respeito da reforma política, tributária e temas ligados às minorias. Marília Gabriela questionou se Kassab é favorável ao aborto e à adoção gay.

Eu estou do lado das minorias. Sobre o aborto eu sou contra, mas acho que as penalidades podem ser atenuadas. A lei [sobre aborto] deve ser permanentemente atualizada, pois o mundo muda“, respondeu Kassab, que em seguida foi interpelado pela apresentadora sobre sua posição sobre a adoção por casais gays. “Sou a favor“, falou.

Fonte ACapa

Peagá Peñalvez comenta:

Ae Kassab, é isso ae meu rapaz. Por que gays e lésbicas não poderiam adotar crianças, né???

O prefeito da CIDADE MAIS POPULOSA do hemisfério sul tem que pensar assim. Como cuidar de uma cidade e de toda diversidade contida em milhões de cidadãos se não respeitar cada um deles??? Sem falar que temos a MAIOR PARADA DO ORGULHO GAY DO MUNDO, graças as entidades responsáveis e a prefeitura de São Paulo que apoia e libera a Avenida Paulista para tal manifestação.

Pelo que vejo, isso não é manobra dele para alguma coisa, e sim o que ele realmente pensa a respeito. \o/

Piquenique pelo Mesmo Amor – São Paulo

Publicado: 10/02/2011 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , ,

Pela primeira vez no Brasil, celebraremos neste verão o Piquenique pelo Mesmo Amor.

Fiquei sabendo desse evento através do meu facebook e achei simplesmente FANTÁSTICA a ideia.

A idéia é nos juntarmos e reunir famílias, casais, amigos, todo mundo, heterossexual, gay, lésbica, travesti, transexual. Todos levam algo para comer e para beber, e dividir com quem quiser.

Ouvir música, dançar, e até tocar ou cantar. Se alguém quiser levar um violão é bem vindo. Conhecer gente nova, histórias de vida. Mostrar ao mundo que todo casal, familia, compartilha o MESMO AMOR, e que merece portanto os mesmos direitos, e o mesmo respeito.

Não é um evento político, nem uma manifestação gritante. É um evento de celebração do amor e a diversidade, uma reunião alegre e descontraída.

Aproveitaremos o Piquenique simultaneamente com várias cidades da ARGENTINA, com Bogotá (COLOMBIA), com Asunción (PARAGUAY), Los Angeles (EEUU), Belo Horizonte (BR), Rio de Janeiro (BR) e estamos esperando confirmação de outras cidades.

Podem pensar em atividades, brincadeiras. Levem suas toalhas, suas comidinhas, o chimarrão, o cafezinho na garrafa, e também podem levar jogos, uma bola, e até boomerang!

ATENÇÃO nos reuniremos na Praça da Paz. Ao lado de alguma árvore!.

)))Olá!!!!

Ta Preparado(a) pro sobe desce de hoje?

Atrasadinho, mas o importante é o que importa!

Então desça logo essa barrinha da felicidade aewwww:

1))) Lady Gaga vai cantar em português, mandarim, híndu, russo e espanhol em seu novo cd, “Born this way”, que será lançado em Maio/11

*Será que ela vai cantar uma música inteira em cada idioma? Pq, fia, dizer uma frase em cada língua não é considerado cantar… A Madonna já fez isso. Lo siento.

2))) “Meu novo álbum sairá em Março. Estou apaixonada por ele!” escreveu Britney Spears em seu Twitter

*E as gays já começam a enlouquecer e juntar dinheiro pra comprar o cd em Março, alguns já alongam os dedos pra baixar o cd ilegalmente na internet.

3))) Com 10.736.995 espectadores, “Tropa de Elite 2” é o filme nacional mais visto da história e ultrapassou “Dona Flor e seus dois maridos, filme de 1976

*Precisou o Capitão Nascimento voltar às telas pra ultrapassar a pornochanchada de 76. Êh Brasil!

4))) Sampa terá recorde de visitantes este ano, serão 12 Mi até dia 31. A Parada Gay sozinha trouxe 403 mil turistas à cidade

*Tantos visitantes, inclusive durante a Parada, e mesmo assim ainda não encontrei um marido. Alguém me empresta uma forca?

5))) Lançado o clipe de “Hold my Hand” parceria de Michael Jackson com Akon


*Não sei se fico puto pela falta de vergonha em querer ganhar grana às custas do Michael, ou se fico feliz, pq o clipe está lindo…

6))) “Se ele leu, é porque alguém escreveu. O culpado não é quem divulgou, mas sim quem escreveu.”, disse o presidente Lula ao defender Assange, responsável pelo Wikileaks e pela divulgação dos documentos secretos dos EUA

*Concordo. Os EUA tem a mania de querer derrubar quem expõe as cagadas que eles fazem. Um simples: “Escrevemos e fizemos tudo isso, sim. Faz parte do nosso show.”, seria menos constrangedor do que essa ladainha toda.

7))) “Sou igual ao Ronaldinho. Sei fazer truques com a bola, mas não sou eficiente em campo.”, disse Justin Bieber ao jornal The Sun, ao declarar seu gosto por futebol,  alfinetando o Ronaldinho Gaúcho

*Arrasou Biba, minha ameeega! Você está provando ser mais malvadinha do que a Perpétua de Tieta!

8))) Analfabetos ganham menos de R$ 1 mil

*Uma super pesquisa chegou a essa conclusão. Que bom, né? Porque se estudar como doido, fazer facú, pós e o kct, não for garantia de ganhar melhor… Qual o sentido de estudar? Um beijo pro Tiririca, semi analfa, que saiu da estatística!

9))) Iraniana que ia ser apedrejada é liberada, segundo ONG

*Apesar do governo iraniano não ter confirmado, a ONG contra a Pena de Morte e Apedrejamento afirma que a Sakineh está em casa e atribui o fato à pressão mundial. Arebaba!

1))) “Não gosto de comentar futebol nem de assistir pela TV. Depois de mais de 18 anos vivendo isso, a gente cansa. Na verdade já estou de saco cheio de futebol”, desabafou Ronaldinho

*Ele saca uma dessas e depois diz que ao se aposentar que lutar pela classe desunida dos jogadores de futebol! Arrasou, gordex! A classe desunida dos que ganham milhões realmente necessita do seu apóio.

2))) Câmera registra novo ataque homofóbico na av. Paulista. Segundo perícia agressor é canhoto, sabe lutar e usa jaqueta Skinhead

*Olha, eles têm até jaqueta fashion! Quero uma, quem sabe usando a danadinha não levo curra na Paulista. Porque se depender da polícia e do governo…

3))) Para 64% , corrupção no Brasil aumentou

*Para 36% a campainha da porta de casa não tocou, por isso não responderam a pesquisa.

4))) Facebook e Twitter viram alvos ao excluir hackers pró-Wikileaks

*Ai minha gente, os hackers a favor de Assange já pararam a Visa e a Mastercard por impedirem as doações a ele. Daí excluíram as contas dos hackers do Face e Twitter. Agora eles irão atacar o Face e o Twitter.. E a gente que paga o pato.

5))) Até 2013, violência matará 1,5 mil jovens. No Brasil serão 33 mil adolescentes entre 12 e 18 anos

*Não curti essa estatística. Se você, leitor do DQOGG, tiver essa idade, está proibido de sair de casa até 2013. Perder leitores não é nada  IN.

6))) Brasileiro é contra a legalização do aborto, segundo o Voz Populi

*Eu não fui entrevistado pra essa pesquisa, minha declaração sobre: “Pimenta no C@#$ dos outros é refresco.

7))) Fumar ao volante pode render multa de R$ 127

*Acho digno. Esse projeto de lei ainda tem que ser aprovado. Por isso está no desce. Fumar no carro pode causar acidentes, além de matar mais cedo quem está ao lado do fumante. Sabia?

)))))))))))))))))))))))))))))))))))))

)))))))))))))))))))))É isso aí pessoal! Por hoje é só.

Me atrasei nesse post. Mas espero que tenha gostado. Lady Gaga e Britney lançarão novo disco ano que vem. Corremos o risco de ficar sem Facebook e Twitter por algum tempo. Tropa de Elite 2 arrasa. E os Skinhead não param de nos agredir, na verdade, isso virou notícia constante agora, mas sempre aconteceu.

Bjuxxx

L^^e!))).

Fontes: Jornais Metro SP, Destak SP e Youtube