Posts com Tag ‘lésbica’

Rainbow Links #23

Publicado: 26/10/2012 por @peagapenalvez em Rainbow Links
Tags:, , , , , , ,

Essa semana foi muito importante para nós do DQOGG, completamos 4 anos de blogay! Teve até post de comemoração do aniversário, promoção e muitos posts, mas separamos textos de outros blogs bem bacanas. Curta ae!

Tem Graça ou Não – Como tomar leite sem perigo de morte

Thiago Marzano - Ensaio com o gostoso do @lebart

SaiDaqui – Intensos de cama

Feed By Frames – Feministas: mais que uma questão de pílulas

Apimente.me – Porque homens gostam de seio?

Sapatômica – Lésbica de 61 anos consegue direito inédito

Divora – Traí o movimento das gordinhas?

Sorvenxaqueca – Tumblr que é muito amor e enxaquecas!

Sexo & Rock n’ Roll – Noite no Bilhar

Como assim, Vanessa? – O gato do metro

Puro Veneno – Como um homem e uma mulher veem um banheiro

Vitrolla – I’m Zombie and I Know it!

Grupo Freedom – Amai-vos uns aos outros

Bezeweels – Tenso, muito tenso!

Jennifer Lopez Lésbica Fosters Gays Gostam

Era só o que faltava! Grupo cristão criticou a cantora Jennifer Lopez por personagem lésbica que viverá em uma série de TV da emissora ABC. O grupo ‘One Million Moms’ enviou carta a emissora falando poucas e boas e ainda por cima convocou todos os cristãos a protestarem contra a série.

Série tem nome provisório de ‘The Fosters‘ e contará a vida de uma família fora dos padrões tradicionais, e conta com a cantora não apenas como atriz, mas diretora executiva!

Um trecho da carta diz: ‘A ABC perdeu a cabeça. Essa série vai ao ar logo, a menos que a gente faça alguma coisa. Como cristãos, a Bíblia diz que nós devemos protestar contra esse pecado‘.

Olha como Jesus é tudo! Há 2000 anos ele já colocou na Bíblia para protestar contra séries com personagens gays. Isso sim que é ser onisciente.

Beijo para aquele que aprendeu na Bíblia a ser preconceituoso, intolerantee ignorante! Vão lavar uma louça que vocês ganham mais! #muah

“Oi meninos, tudo bom? Tenho uma dúvida, gostaria de saber, por uma questão de ampliar conhecimento: Do que as lésbicas gostam? Como preferem ser chamadas, que tipo de mulheres se interessam e coisas do gênero… Nunca tive amiga lésbica e nem sei se essa pergunta cabe ser respondida aqui, mas vamos lá. XD. Abraço!”

Carlos.

)))Oi, guri! Ta bem? Seguinte, fico um tanto sem jeito em”tocar” nesse assunto, mas vou tentar ser delicado e sanar suas dúvidas, tá?

Vamos pra primeira e, MAIS CABELUDA, delas: As Lésbicas gostam de algo que tem vários nomes/apelidos….como VAGINA, PERERECA, PERSEGUIDA etc… que é pra colar o velcro, botar as aranhas pra brigar etc.. enfim, veja vídeo elucidativo:

))) Elas gostam de ser chamadas de Fórmula Truck, Sapatonazonas, Sapatas, Fanchas, Caminhoneiras….SÓ QUE HELL NÃOOOO. Todos esses “apelidos” são ofensivos e se você chamar alguma lésbica assim pode até morrer, porque algumas são mais bravas, fortes e valentes do que a torcida inteira do Corinthians e do Falamengo juntas.

Certa vez, ouvi uma lenda urbana que contava que uma gay afeminada insultou uma lésbica masculina num bar. Daí a lésbica jogou a gay em cima da mesa de sinuca e deu tanto nela com o taco que a bichinha virou porpurina. Num posso afirmar que é verdade porque não presenciei a cena, mas não duvido de mais nada nesse mundo. O melhor mesmo é tratar qualquer ser humano com respeito. Pelo nome, ou, no mínimo, por “você”.

))) O tipo de mulheres pelas quais se interessam? Hum… sei lá, gosto e opinião são knem bunda… todo mundo dá, quer dizer, varia de forma e tamanho… ai, você entendeu! Lésbicas não são E.Ts, elas se comportam como qualquer outro ser humano na face da terra. Como eu e você que somos gays e também como todos os Héteros.

E bom, quanto a não ter tido uma amiga Lésbica ainda, fique calmo… basta colocar um anúncio no Facebook do tipo: “PROCURA-SE LÉSBICA DESESPERADAMENTE”. Brincadeira, guri. Relaxe e escolha seus amigos por conta do caráter e não por conta da orientação sexual deles.

Beijas,

L^^e!))).

Vídeo: Igrejas Cristãs x Gays

Publicado: 24/07/2012 por @peagapenalvez em Vídeos
Tags:, , , , , , ,

Assisti esse vídeo emocionante que conta a história de uma mãe católica e sua filha lésbica. Complicado que as pessoas só pensam na consequência de seus atos depois que algo terrível acontece, né?

Esse vídeo é trecho do filme ‘For The Bible Tells Me So‘, que aborda o posicionamento de várias famílias cristãs acerca da homossexualidade.

Coisa para se pensar! Igrejas Cristãs x Gays!

Miranda Otto e Gloria Pires | Foto: Divulgação

Glória Pires, a eterna Ruth e Raquel de Mulheres de Areia, viverá sua primeira personagem lésbica e será nos cinemas. Seu début será com a atriz australiana Miranda Otto, no filme ‘Flores Raras’ e suas gravações começam agora, no dia 11, no Rio de Janeiro.

O  O romance acontece na década de 50 e conta a história do amor entre a arquiteta Lota Macedo de Soares e a poeta americana Elizabeth Bishop, e foi inspirado na obra ‘Flores Raras e Banalíssimas’, de Carmem Lucia de Oliveira.

Para mim, é difícil fazer as cenas de sexo gay. Nunca fiz uma cena dessas. Pelo que já filmei de sexo, depende muito da confiança no ator. É diferente de você se apaixonar realmente por uma pessoa e se envolver com ela. Ali, você está em um momento que não deixa de ser íntimo, porque está exposto, mas onde existem um monte de questões técnicas que precisam ser seguidas‘, conta Gloria.

Só que há um grande problema, a dificuldade em captar patrocínio e até escalação de atores e atrizes. Ainda esbarramos no preconceito, até no cinema. É incrível como as empresas são relutantes em investir capital no público gay. Sei do que falo porque passamos pelas mesmas coisas aqui no blog. Nenhuma agência sequer entra em contato conosco. #mimimi

É loucura, ainda hoje, as pessoas estarem preocupadas com isso. Ouvi falar de uma menina que não pôde fazer o teste porque a mãe não deixou, achou que não seria bom para a garota. Só que a menina não presenciaria nada. É uma inabilidade da mãe em tratar do assunto‘, disse a atriz.

Espero que a produção do longo consiga o capital para produzir o filme e que ele seja um GRANDE SUCESSO!!! Sabemos do potencial do Pink Money, e o quanto gastamos e geramos de receita para as empresas no Brasil e no mundo.

Senador Magno Malta

Não era de se esperar que o senador Magno Malta falasse mais de suas asneiras sem nexo. Agora  político afirma que nós, gays e lésbicas, buscamos a criação de um Império Gay no Brasil. De acordo com esse ‘digníssimo‘ não vivemos em um país homofóbico. Só falta afirmar que a o Sol gira em torno da Terra para mostrar o quanto ‘inteligente‘ ele é.

Tudo isso por conta do PLC 122 que tramita no Senado Brasileiro, que busca a criminalização da homofobia no Brasil, mas na mente distorcida do político buscamos proteção superior ao cidadão comum, e não um tratamento digno e igual aos demais brasileiros que é o objetivo REAL de tal projeto.

A realidade é que essa corja de fanáticos políticos religiosos não querem é tirar o direito de seus pastores de baixar o verbo na homossexualidade com seus discursos permissivos q qualquer outra coisa que não gere lucros para suas igrejas.

A mente desse ser é tão deturpada que não entende a real finalidade de um projeto que pretende PROTEGER gays e lésbicas. Leia o que ele pensa:

Se você não aluga seu imóvel para um homossexual, ou não aceita o ato afetivo de um casal gay, pega sete anos de cadeia. Se demite ou não admite um homossexual na sua empresa, cinco anos de cadeia. Eu posso não alugar minha casa para um negro, eu posso demitir um portador de deficiência, eu posso não admitir gestos afetivos de um casal heterossexual na porta da minha casa e pedir que eles se beijem em outro lugar, longe dos meus filhos. Mas, se eu fizer isso com um casal homossexual, um simples boletim de ocorrência me levará para a cadeia‘.

Acho que a única coisa que posso chamar ‘isso’, é de acéfalo. Não pretendemos, nem seremos, super cidadãos, mas apenas não queremos deixar de alugar um imóvel porque o dono é homofóbico. Não queremos ser demitidos porque nossos patrões julgam que a homossexualidade é errada. Se for para ser demitido, que a demissão não seja baseada em nossa sexualidade, mas em nosso profissionalismo!!!

Esse pronunciamento nada mais é que uma forma de tentar proteger outra pessoa, o Pastor Malafaia, que é processado por aconselhar os católicos em um dos seus programas a ‘baixar o porrete‘ nos LGBTs. É contro ESSE tipo de pessoas que buscamos proteção no Estado, que deveria ser LAICO, mas está infestado de carolas e pastores que esquecem que o Brasil é [ou pelo menos deveria] ser um país livre de líderes políticos que usam de seus cargos para disseminar o ódio aos LGBTs.

O que esperar de uma pessoa que ganha o Prêmio Nobel da Paz??? Que defenda as minorias e pregue a Paz Universal entre as pessoas!!! Alguém que lute para que todas as pessoas sejam tratadas com igualdade e justiça, não é mesmo??? Então o que dizer da presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf, uma das vencedoras do Prêmio Nobel da Paz de 2011.

Essa ‘pacífica’ mulher defendeu uma lei que criminaliza a homossexualidade em seu país, que pune a gays e lésbicas com 1 ano de prisão, mas ainda em votação há dois projetos que punem com muito mais severidade tais atos na Libéria.

Os projetos em votação são:

- Culpar e punir com 5 anos de prisão uma pessoa por seduzir, encorajar ou promover outra pessoa do mesmo sexo a se envolver em atos sexuais Resumindo: Qualquer amigo seu que disser: ‘Vai lá, seja feliz com quem você quiser‘ ficará preso por 5 anos!!! Nossa, se isso é promover a Paz, imagina o que seja promover a Guerra!

- Qualquer tipo de união gay dará até 10 anos de prisão. Trocando em miúdos é: Punir com a prisão, e todos os problemas advindo da perda da liberdade, alguém que apenas AMA outra pessoa.

A presidente concedeu uma entrevista ao The Guardian e disse: ‘A homossexualidade é uma ofensa criminal, é não-africana. É um problema em nossa sociedade. Nós consideramos que um comportamento sexual desviante é um comportamento criminoso. Nós estamos apenas tentando reforçar nossas leis locais. Não é uma tentativa de banir os homossexuais‘.

Se não é uma tentativa de banir gays é de punir por serem quem são!!! Sem falar que a homossexualidade não é desvio comportamental, é apenas uma das MILHARES faces da sexualidade e uma presidente e ganhadora do tal Prêmio Nobel da Paz deveria no mínimo saber disso.

Até que ponto é coerente pessoas que tanto sofrem preconceito, como negros, serem INTOLERANTES com qualquer diversidade??? Não deveriam ser os primeiros a pensar sobre como eram/são tratados??? Quando essas pessoas vão acordar que o que fazem com gays e lésbicas, nada mais é do que foi feito com elas durante anos e anos de escravidão. Só não somos chicoteados, mas por outro lado somos agredidos e mortos por pessoas como essas.

Por Peagá Peñalvez

Amber Heard, Leah Rennee e o LINDO do Sean Maher.

The Playboy Club, nova série norte americana estreia no dia 19 de setembro, em horário nobre no canal NBC. A nova série falará sobre o mundo das Coelhinhas da Playboy nos anos 60. Pela sinopse, a trama irá se desenvolver em cima do assassinato de um importante membro da Família Bianchi, e a assassina será uma nova coelhinha, Maureen, vivida pela estonteando Amber Heard, que na vida real é assumidamente lésbica, e luta pelos direitos gays nos Estados Unidos.

Agora você deve se perguntar: Onde é que entra casais gays na história??? Alice, vivida por Leah Rennee é uma coelhinha que vive um casamento de fachada com Sean [Sean Maher], que também é gay. Juntos abrirão uma ONG de luta pelos direitos LGBTs, chamada Mattachine Society.

Chad Hodge é criador da série e assumidamente gay e declara à revista “Out” que irá explorar as mudanças políticas e sociais da época através da trama.

Quem [EU] vai assistir a série levanta a mão. o/

Assista ao vídeo de Amber Heard pelos direitos LGBTs:

GayDay no Playcenter

Publicado: 26/06/2011 por @peagapenalvez em Diversão, gay
Tags:, , , , , , , , , ,

Hoje aconteceu o GayDay, dia especial onde o Playcenter abra suas portas especialmente para os gays. Muitos brinquedos, muita animação e muita música, claro.

Claro que estivemos presentes e tiramos MUITAS fotos para vocês.

Confira:

[PS> Não curti algumas coisas: Em primeiro lugar, a imprensa nem pode entrar em nenhum brinquedo neste ano. Apenas a Globo e a Record tiveram seu estacionamento livre, demais meios de comunicação tiveram que pagar. Ou seja, nós que trabalhamos com mídia gay o ano todo somos tratados dessa forma, e outras mídias que só falam alguma coisa sobre o assunto de vez em quando são tratadas assim. Belezinha isso, né??? Sem falar que não havia uma área de imprensa, um midia kit para saber os horários das atrações. Sem falar que quando fui subir no palco para fotografar uma senhora da organização queria me barrar. Ué, mas a imprensa tem que ter acesso a esses locais, ou como iremos divulgar, né???].

Em todo caso, foi um dia muito bacana, porque tomamos um bronzeado e pudemos tirar muitas fotos para vocês, principalmente aqueles que moram longe e não puderam vir a São Paulo.

Um casal canadense está causando controvérsia. David Stocker, de 39 anos, e Kathy Witterick, de 38, decidiram criam o bebê de 4 meses que tiveram sem definir o sexo. Embora não tenha qualquer ambiguidade na genitália, o bebê não é chamado nem de menino, nem de menina. O casal de Toronto diz que, com a decisão, está respeitando o direito de o bebê escolher o seu próprio sexo, livre das pressões e das normas sociais. 

Além dos pais, as únicas pessoas que sabem o sexo biológico Storm Witterick são os irmãos dele: Jazz, de 5 anos, e Kio, de 2. 

Se você quer realmente conhecer alguém, não pergunte o que há entre as suas pernas“, disse David ao jornal “Star”.

A todos que perguntam o sexo do bebê, os pais dizem que ele não será informado e se defendem: “A decisão é uma homenagem à liberdade em vez da limitação“.

Fonte O Globo

Peagá Peñalvez comenta:

Se alguns pais fizessem isso com seus filhos, principalmente os nascidos intersexo [hermafroditas], seria realmente um avanço para a humanidade. Li alguns artigos sobre isso, e muitos dos pais tem optado, ao invés de fazer a operação de designação sexual [optar por um sexo, ou outro] adiam essa decisão até a criança decidir qual sexo prefere pertencer. Para isso, eles adiam a adolescência através de remédios, fazendo com que não aja nenhuma tipo de desenvolvimento, nem masculino, nem feminino.

O que você acha sobre a decisão desses pais???

Follow @peagapenalvez


O “estupro corretivo“, uma prática horrenda de estuprar lésbicas para “curar” a sua sexualidade, se tornou uma crise na África do Sul.

Millicent Gaika (foto acima) foi atada, estrangulada e estuprada repetidamente durante um ataque no ano passado. Ativistas sul-africanas corajosas estão arriscando as suas vidas para garantir que o caso da Millicent desperte mudanças. O seu apelo para o Ministro da Justiça repercutiu tanto que conquistou 140.000 assinaturas, forçando o ministro a responder ao caso em rede nacional.

Se muitos de nós aderirem, conseguiremos amplificar esta campanha, ajudando a conquistar ações governamentais urgentes para acabar com o “estupro corretivo”. Vamos exigir que o Presidente Zuma e o Ministro da Justiça condenem publicamente o “estupro corretivo“, criminalizem crimes de preconceito e liderem uma guinada crucial contra o estupro e homofobia no país. Assine a petição agora e divulgue.

Fonte Avaaz [Enviado por Pedro Pedreiro]

Peagá Peñalvez comenta:

Não acredito que em pleno século 21 algumas pessoas ainda pensem assim. É triste saber que diversas mulheres são estupradas para que se “curem” de sua homossexualidade. Como se isso fosse acontecer, e hipotéticamente, se isso ocorresse NINGUÉM TEM O DIREITO DE VIOLENTAR OUTRA PESSOA.

As pessoas ainda são equivocadas qiando pensam que homossexualidade se escolhe. NINGUÉM escolhe nascer gay, simplesmente NASCE.

Chamo todos os nossos leitores a tuitar a seguinte frase: Campanha África do Sul pare o Estupro corretivo  @united_nations #EstuproCorretivoNAO [cc @DQOGG] http://tinyurl.com/66q7fz2

“Eu não sei se isso vai acontecer algum dia”, disse Lynch. “Esse é um negócio de projeção e desejo… Então tem que ter alguma verdade em termos de ‘eu me vejo com essa pessoa’. O ator e a atriz principal são as pessoas por quem queremos nos apaixonar, e a maioria do público é heterossexual. Por enquanto, só podemos usar atores heterossexuais”. Disse a atriz de Glee, lésbica assumida, ao AfterElton.com.

Fonte: Folha.com

Leandro Madness Comenta:

)))Sabe, não a critico. Sabemos que é bem verdade isso. As pessoas confundem muito a vida pessoal do ator com a profissional.

Alguns deles sofrem ao ir no mercado, por exemplo. Quantos atores brasileiros que faziam vilões em novelas apanharam na rua por causa dos personagens? Acho que a situação não vai melhorar. Pior pra quem quer sair do armário e ser ator/atriz de sucesso.

 

 

Quero uma casa dessas!!!

 

O Banco do Brasil (BB) lançou desde o último dia 20 o pacote de financiamento imobiliário para casais homossexuais com as mesmas regras para o programa Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal.

Segundo o gerente-executivo de Crédito Imobiliário do BB José Henrique Silva, até o final do ano, este pacote para os homossexuais pode render cerca de R$ 60 milhões.

“Antes, os empréstimos só eram concedidos para heterossexuais casados ou em união estável. Constatamos a necessidade e mudamos algumas regras para tornar possível a entrada de casais do mesmo sexo”, diz Silva.

O valor aproximado para cada imóvel é de R$ 120 mil. Para efetivar o negócio, é necessário comprovação de renda e também da capacidade de arcar com a dívida.

Segundo Silva, a comprovação da união dos parceiros não necessita de muita burocracia. Basta o acordo verbal mais a documentação apresentada conjuntamente. O BB espera fechar cerca de 500 operações até o final do ano e a expectativa é que este número possa crescer entre 10% a 15%. Silva explica que o BB entrou no mercado imobiliário há apenas 3 anos, quando a instituição financeira adquiriu a Nossa Caixa.

Diversidade – A brecha para este tipo de financiamento é decorrente das normas do Minha Casa, Minha Vida, que é aberto a todo tipo de relações familiares e também de amizades para a efetivação do crédito. Inclusive, o BB já fechou negócio de 8 mil unidades habitacionais nos termos de união estável entre homossexuais. Outro banco estatal que faz este tipo de transação é a Caixa Econômica Federal, e o Itaú-Unibanco, eBanco, e Santander na rede privada.

Fonte: MundoMais

Peagá Peñalvez comenta:

Poxa, é assim que começam as mudanças… empresas grandes reconhecendo que NÓS gays temos necessidades iguais a qualquer casal hétero. Agora foi a vez do Banco do Brasil reconhecer esta mudança.

Para aqueles casais que buscam a compra da casa própria é uma GRANDE NOTÍCIA, como eu ainda estou solteiro [pelo menos oficialmente] nem tenho muito o que fazer, mas pelo que eu li, amigos em outros bancos podem unir a grana e comprar uma casa. Vamos L^^e!??? Compramos um casa e será a DQOGG HOUSE.

Pensei nesta aqui, algo simples, apenas para receber os amigos para um jantar…

 

O que acham da DQOGG House???

 

Ora pois, podemos casar!

A pedido do presidente Anibal Cavaco Silva, a Corte Constitucional de Portugal legitimou novamente a lei que permite o casamento homossexual no país.

Apesar de ter sido aprovada em janeiro, o presidente ainda tinha dúvidas sobre a constitucionalidade da lei, que retira a obrigatoriedade de que somente pessoas de sexos diferentes podem realizar o matrimônio.

De acordo com a Corte, a Constituição “não proíbe a evolução da instituição do matrimônio” e “sua extensão a pessoas do mesmo sexo não impede o reconhecimento e a proteção da família como elemento fundamental da sociedade”.

Com essa determinação, o presidente tem agora um prazo de 20 dias para promulgar a lei ou vetá-la, o que implicaria nova votação no parlamento.

Fonte: A Capa

Peagá Peñalvez comenta:

Eu adoro quando algum país libera o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Fico aqui em terra brasilis esperançoso de que um dia poderemos ter este direito aqui em nosso país. Sabe o que é pior? Eu acho que ainda vai demorar um pouco para isso acontecer aqui, ainda mais com uma bancada parlamentar evangélica crescente. AFF. Vamos eleger alguns gays para o senado e transformar lá em um fervo. Iremos chamar de BANCADA ARCO ÍRIS!

A questão não é um pedaço de papel, mas sim a essência que um CASAMENTO tem em um casal, seja ele hetero, gay, ou qualquer outro termo usado por aí.

O dia que as pessoas compreenderem as outras por suas diferenças o mundo será um lugar MUITO MAIS FELIZ, muita coisa que acontece de errado não terá mais vez. Você pode achar utópico, mas eu acho possível. Um dia.

Arrasa tio!

Publicado: 16/06/2009 por @peagapenalvez em gay
Tags:, , , , , , , ,

Oi gente, tudo bem?? Espero que sim.

Primeiramente gostaria de parabenizar de verdade o trabalho que vocês desenvolvem no site. Claros, diretos, objetivos e extremamente úteis. Descobri há pouco tempo e sempre estou lendo.
Bom, vamos ao meu pedido de ajuda, na verdade é mais um conselho que peço. Bom, tenho 23 anos e não moro com a minha família desde os 14. Sou gay, todas as pessoas que convivem comigo sabem exceto minha família. Nasci e fui criado numa cidade pequena e creio que a aceitação deles seria muito problemática, mas não é esse o ponto. Como disse não moro com eles há um bom tempo e não acho que seja necessário contar. Entretanto, tenho uma sobrinha de 14 anos que é muito, mas muito próxima de mim, conversamos sobre muitas coisas e, entre uma conversa e outra tenho suspeitado que ela sente atração por garotas, mas está totalmente reprimida devido ao fato de viver nessa cidadezinha que é muito conservadora. Tenho tentado abordar mais esse assuntos com ela de forma a deixá-la segura e confortável pra falar comigo, pensei em falar pra ela da minha sexualidade, mas achei que talvez fosse informação demais pra uma menina de 14 anos. O que acham que eu posso fazer?

Desde já agradeço a atenção.

Gabriel, 23 anos, Campinas/SP

Peagá Peñalvez responde:

Gabriel, adoramos receber seu e-mail nos parabenizando. A intenção do blog é ajudar as pessoas com suas dúvidas e esperamos ter ajudado alguém com nossas dicas aqui.

Sua sobrinha ainda é nova, por isso ela ainda está se descobrindo. É normal ela ter dúvidas sobre sua sexualidade, porque é nesta hora que ela começa a surgir com força total devido a quantidade de hormônios circulando no corpo dela. Isso não significa que na vida adulta dela ela se torne lésbica… são apenas as mudanças da adolescência.

Se você quer que ela se abra com você, e você nos diz que tem uma ótima relação com ela, pergunte a ela primeiramente sobre os meninos, se ela gosta de alguém, se está apaixonadinha e tals. Ela vai se abrir com você com certeza! Depois emende a pergunta se ela já se sentiu atraída por meninas.

Se você se sentir a vontade, conte a ela que não tem o porquê de sentir vergonha quanto a isso, e que você é homossexual e não tem vergonha de ser. Apenas não contou a seus pais por não achar que isso vá ajudar ou atrapalhar em nada seu relacionamento com eles.