Posts com Tag ‘gays’

Ibiza, o paraíso da música eletrônica

Praias lindas e com água cristalina

Um pequena ilha na Espanha é o roteiro de milhares de jovens todos os anos, Ibiza, o paraíso da música eletrônica! Festas incríveis, as melhores baladas, homens lindos e gostosos, os melhores DJs e ainda praias com água azul turquesa e areias brancas… União perfeita para passar as férias. Gays Gostam de agito e Ibiza proporciona isso e é considerada uma das capitais gays da Europa.

O universo gay se concentra na cidade antiga, frequentada pelos ‘Beautiful, Rich and Gay People‘ e que desde os anos 80 é frequentada por artistas como George Michael, Ruppert Everet, Jean Paul Gaultier, Roberto Cavalli entre outros gays famosos.

A melhor época para ir a Ibiza é entre agosto e setembro que tem um público mais seleto, composto por muitos europeus, principalmente DJs famosos da cena eletrônica internacional. A quinzena de encerramento da temporada é realmente um sonho porque acontecessem diversas festas exclusivas, os melhores sets e os principais TOP DJs do mundo!

A cidade foi tombada como patrimônio mundial pela Unesco  por sua incrível cultura e biodiversidade, já que possuí um ecossistema único impulsionado por sua população que contribui diretamente na preservação e interação com os turistas. Ibiza ainda possuí diversos centros arqueológicos fenícios. Dá pra se divertir e ainda mergulhar em um verdadeiro passeio histórico/cultural.

Ibiza, o paraíso da música eletrônica

O Castelo da Cidade de Ibiza

Ibiza, o paraíso da música eletrônica

Torre de Savinar

Em suas praias de águas cristalinas não dá apenas para se refrescar mas curtir diversos esportes aquáticos como mergulho com snorkel, windsurf e jet ski. Não pense que acabou por aí! Na ilha ainda dá pra fazer esportes de aventura como escalada, mountain bike e muitos outros.

As baladas e festas são um caso a parte e fazem qualquer gay delirar! A balada considerada como a número 1 do mundo fica em Ibiza, Space! Ainda tem a Pachá, Amnesia, El Divino, Eden, Bora Bora, e Privilege onde acontece a SuperMartxé! Só de falar já tenho vontade de preparar minhas malas para me jogar!

Ibiza, o paraíso da música eletrônica

Space Ibiza, a #1 do mundo!

Ibiza, o paraíso da música eletrônica

Será que o nome da balada é Amnesia porque se sai de lá assim?

Ibiza, o paraíso da música eletrônica

Privilege e sua poderosa SUPERMARTXÉ

Você não pode deixar de conhecer o Café del Mar, o mais famoso chillout sunset do mundo! Há mais de 30 anos é das maiores atrações de Ibiza e conta com a maravilhosa vista do Mar Mediterrâneo. Se você for para a ilha e não conferir o famoso pôr do Sol do Café del Mar é como se você não tivesse ido! Dizem que é um dos mais bonitos do mundo.

Ibiza, o paraíso da música eletrônica

Maravilhoso pôr do Sol do Cafe Del Mar

#FIKDIK
- As bebidas nas baladas são realmente caras! Uma garrafa de água sai por $15 euros [porque será?], então o melhor mesmo é organizar um esquenta com os amigos para não gastar muito.
- Ingressos para as baladas são vendidos antecipadamente em diversos pontos pela ilha, então procure na praia, praças, lojas e, claro, no centro de San Antonio, um local ótima para compras também!

Faça as malas e Boa Viagem!

4 anos de DQOGG

Publicado: 24/10/2012 por @peagapenalvez em Diversão
Tags:, ,

4 anos de DQOGG

Pode parecer clichê, mas realmente parece que foi ontem que criei o DQOGG, mas já faz 4 anos que em uma conversa com a Luca tive a ideia de escrever um blogay para dar dicas e tirar as dúvidas de tantos gays que não tem com quem conversar e desabafar seus problemas mais íntimos.

Nunca contabilizei quantas perguntas respondemos ou quantas dúvidas tiramos, só sei que foram muitas as alegrias com cada e-mail recebido com dúvida ou aqueles com agradecimentos. Quantos e quantos pais e mães entraram em contato para entender mais seus filhos e filhas? Centenas! Esse é o papel principal do blog Do Que Os Gays Gostam, um canal de troca de experiências e ajuda mútua.

Sim, ajuda mútua! Vocês podem não imaginar, mas aprendemos ~muito~ com cada e-mail, pergunta e comentário de vocês aqui. Não pensem que essa estrada é de via única porque não é! A vida é uma série de troca de experiências e vocês nos proporcionaram as mais ricas e engrandecedoras que poderíamos ter.

Como não aguentamos permanecer parados, muitas mudanças virão! Inclusive nosso novo layout que está quase finalizado. Então se prepare que teremos ~muitas~ novidades até o final do ano.

Parabéns a todos que colaboraram de alguma forma com o DQOGG!

Estamos com a Promoção DQOGG 4 anos – ‘Eu Quero um Pico Bong‘ que dará a dois leitores do blog um lindo Tano Plug Vibe! Saiba como participar clicando na imagem abaixo! Corre que a promoção termina hoje às 21:59h.

Rainbow Links #22

Publicado: 19/10/2012 por @peagapenalvez em Rainbow Links
Tags:, , , , , , , ,

Curta a Fanpage do DQOGG!

Clique e participe de nossa promoção

Thiago Marzano – Ensaio Sweet Camilinha

Tem Graça ou Não – Como fazer sua fantasia de Bob Esponja

Manual das Encalhadas – Regras Femininas para um bom casamento

Feed By Frames – A internet e seus paraísos artificiais 

Bacon Frito – Estreias da Semana

Sai daqui! - Ensaio sobre ela

MauoÊ: Seu Madruga Congelado!

Como assim, Vanessa? – Homem Solteiro Procura

Grupo Freedom – Gays são mais inteligentes que héteros

Vitrolla – Versão de Smack My Bitch Up do Prodigy

Sexo Rock ‘N Roll – Desventuras na Hora H

Vida de Solteiro – Máscaras

As Biritas – Na academia

Red Hair Blog – Tatuagens de Famosos

Tec Mundo – Conheça a anatomia dos Pokemóns

Cintura Larga – Fattitude: Lily Bella Muerte

GamerFofo

Nunca vi um gay feliz

Esse é o retrato da política brasileira, ouvir de um vereador eleito nessa última eleição que: ‘Ser gay não é bom pra ninguém (…) Nunca vi um gay feliz‘. Quem disse isso foi o vereador Conte Lopes em entrevista para o Estadão onde falava sobre o Kit anti homofobia, vetado pela presidente Dilma Rousseff, que na ápoca disse que se tratava de ‘propaganda de opção sexual‘.

Para piorar mais as asneiras que falou completa com: ‘Todo cidadão quer ter um filho homem jogando bola, uma filha mulher brincando de boneca, casando, gerando filhos… O natural é isso! Eu acho que os psicólogos deveriam analisar isso aí‘.

Não sei até que ponto o vereador leu sobre o kit anti homofobia, mas pelo que sei, ele foi sim elaborado não apenas com as informações de ONGs e militantes LGBTs, mas com a ajuda de psicólogos e pedagogos. Na realidade o que ele quis dizer nas entrelinhas é que quer psicólogos da sua laia, ou até mesmo psicólogos cristãos como vejo muitos por aí que prometem curar a homossexualidade.

A felicidade é subjetiva, não posso dizer o que faz uma pessoa feliz ou não. Se gays não são felizes eu não sei, posso falar apenas por mim, mas pelo que observo [há anos] somos tão felizes quantos os heterossexuais, nem mais nem menos. Não entendo como as pessoas gostam de nos colocar como todos iguais e homogêneos, levando em consideração que somos tão únicos quantos os heterossexuais. Será que fazemos parte de uma outra espécie e não sabemos? Creio que não, né?

Os mesmos problemas que afligem qualquer pessoa no mundo também nos fazem mal. Sofremos por amor, queremos casar e ter filhos, ficamos doentes, temos problemas com nossos pais, chefes, amigos… O que nos faz mais tristes que o restante da população? Só se os heterossexuais vivem a base de fluoxetina e não sabemos, né?

Quem é esse vereador para julgar o que nossos pais querem de nossas vidas? E se eles querem algo, o que isso interfere em nossas decisões, se somos indivíduos únicos que temos gostos pessoais e livre arbítrio para fazer o que bem quisermos?

Porque tanto machismo com homens que brincam de boneca ou mulheres que jogam bola? Quer dizer que um homem que brincar boneca é gay e uma mulher que joga bola é lésbica? Hum… o que dizer de um homem que brinca de boneca e quando adulto, através dessas mesmas brincadeiras, se torna um pai exemplar que sabe como cuidar de uma criança? Ou uma mulher que quando adulta torna-se uma esportista e através do futebol cresce como profissionalmente e emocionalmente? Eles são gays/lésbicas por conta de um detalhe desses?

Complicado quando esses novos vereadores querem fertilizar nossos ouvidos com tanta merda que sai de suas bocas, né?

Assista o vídeo com a entrevista:

Oi pessoal! Descobri o blog de vocês pesquisando na net sobre como deveria fazer para conseguir conquistar um carinha por quem estou apaixonado. Para que vocês entendam melhor, vou contar um pouco da minha história.

Já na infância tive vontade de ter contatos homo afetivos com alguns amigos. Na adolescência tive um amigo muito próximo com quem sempre tive algumas “insinuações” mas nenhum contato físico. Nesse ínterim, nunca deixei de gostar e namorar garotas. Só que hoje, aos 24 anos, encontrei um cara por quem me arrisquei e começamos a ficar.

Esse cara é, de fato, o primeiro homem com quem me relaciono (até o presente momento temos ficado algumas vezes e tiramos apenas sarros, nada de sexo gay). O problema é que estou completamente apaixonado por ele. Infelizmente ele é do tipo que gosta de estar livre para ficar com “quem” quiser e “quando” quiser e preciso admitir que isso tem me machucado muito porque, não vou mentir, estou amando o cara. Como não estou acostumado ao universo gay, tenho lido muito e pesquisado sobre como são os relacionamentos homo afetivos e o que posso fazer para conquistá-lo.

Como só tinha ficado com mulheres, muitas vezes (quase sempre) não sei como devo tocá-lo, de que forma pegá-lo, como provocar prazer nele. E é por essa imperícia que creio não conseguir conquistá-lo.

Ele é um cara de 23 anos, experiente no universo gay e passivo.

Eu, um cara bissexual e que topo fazer qualquer coisa com ele.

A ajuda que eu quero é:

1º Como faço para conquistá-lo, levando em consideração que nunca tive contatos com homens?;

2º Do que os gays gostam nos outros homens?;

3º Qual é o “Ponto G” de um gay passivo?

4º Como e onde pegá-lo para lhe proporcionar mais prazer?;

Resumindo: preciso saber de que forma eu posso melhorar meu desempenho para fazer com que esse cara fique comigo.

Obrigado!

Casa Nova, 24 anos – Recife/Pe

COnquistando o boy Magia gays Gostam

Oi, Casa Nova! Meu primeiro impulso, ao ler sua história, foi escrever: FOGE, MENINO, FOGE! Essa coisa de se apaixonar por quem quer ficar livre para saltitar pela vida é uma roubada. É sempre muito cômodo pro cara saber que alguém o ama e que ele terá sempre alguém que vai topar tudo o que ele quiser.

Mas, vou responder o que perguntou:

1º Como faço para conquistá-lo, levando em consideração que nunca tive contatos com homens?;
Resposta: Homens não são ETs. Você é homem, basicamente, o que você curte, ele também curtirá. Mas no sentido romântico de conquista… não sei. Se ele não quer um relacionamento sério, pode te achar meloso demais… se você mandar flores, por exemplo. E se disser “Eu Te Amo” pra esse boy, ele pode sumir… Então, melhor é demonstrar interesse, mas não muito. Não se entregue de bandeja.

2º Do que os gay’s gostam nos outros homens?;
O que me faz gostar de homem é a postura de homem, pegada forte. Então, muita delicadeza me brocha. Não, não gosto de apanhar, apenas me refiro ao toque, pele… é diferente, mulher é mais delicadinha. Então, gays gostam de macho. Agora no sexo… cada um gosta de uma coisa… o melhor é ir percebendo o que faz esse boy gemer mais alto… o que lhe dá mais prazer..

3º Qual é o “Ponto G” de um gay passivo?
Ai. Que ponto G? Você quer dizer o ponto O de Olho do Koo, né?

4º Como e onde pegá-lo para lhe proporcionar mais prazer?;
Como disse, isso difere de ser humano pra ser humano! Eu fico doido se mordiscam milha orelha, tem gente que pira se lambem e mordiscam seus  mamilos dos peitos.. tem quem goste que o parceiro brinque de “dedinhos da Eliana” no ponto O… o jeito é ver o que surte mais efeito nele.

Resumindo: preciso saber de que forma eu posso melhorar meu desempenho para fazer com que esse cara fique comigo“.
Casa Nova, seu lindo! Se prepare para tomar um SHOCK DE REALIDADE: Não é o fato de você mandar bem ou mal que fará o boy querer te namorar. Se ele quer no momento saltitar de cama em cama, tenha em mente que o NÃO prum relacionamento com ele você já tem. Então, curta. Sem neuras. Sem endeusar o boy. Sem se menosprezar e se colocar pressão demais pra segurá-lo contigo.
Tudo na vida passa, meu filho. E tudo serve de aprendizado. Aproveita enquanto dura. Se ele não quiser mesmo ser teu namorado, azar o dele.

Beijas, L^^e!))).

Empresa de viagens lança video emocionante sobre casamento gay

Enquanto no Brasil poucas marcas investem em campanhas publicitárias para o universo gay, nos Estados Unidos a coisa é diferente! A Expedia, empresa voltada para o mercado de viagens lança vídeo emocionante sobre casamento gay entre duas mulheres. Gays Gostam de empresas que nos respeitam!

A história começa com um senhor, o pai de uma delas, falando sobre sua filha. A infância, adolescência… Ele se prepara para o casamento dela e atravessa o país para comparecer o casamento da filha.

É incrível quando vemos empresas que investem no Pink Money, não porque buscam apenas mais um mercado para seus produtos, mas porque respeitam o indivíduo. Quem sabe as empresas brasileiras [e agências] tenham um pouco de coragem de investir no universo gay?

Sempre há esperança das coisas mudarem, até porque algumas pesquisas mostram que gays e lésbicas viajam 5 VEZES MAIS que heteros, e não pense que são viagens para o litoral no fim de semana, são viagens a locais paradisíacos, internacionais e caros!

Nem comentarei sobre esse povo que não tem louça pra lavar e comenta asneiras lá no vídeo. Nem darei IBOPE a esse povinho com visão limitada da vida.

Assista e emocione-se:

[Sugestão da @AnaVanolli do Sexo And Rock 'n Roll]

Bullying homofobicoDavid Hernandez, um adolescente de 16 anos foi encontrado morto em sua casa em Long Island, e muitos se perguntam se o motivo disso não seria bullying homofóbico, já que há rumores rolando na internet sobre uma possível ameaça na escola por ser gay. Tais rumores não foram confirmados e a família se recusa a falar sobre o assunto.

O adolescente havia participado de um reunião da East Hampton High School’s Gay-Straight Alliance, uma espécie de reunião para discutir sobre a homossexualidade entre gays e heteros. O superintendente da Escola Richard Burns disseu que se departamento continuará a ver o que aconteceu, mas recusou falar sobre o possível bullying homofóbico.

David Kilmnick, CEO da Long Island Gay and Lesbian Youth Network, disse que sua organização tem trabalhado muito para criar um centro comunitário e comenta que os membros da comunidade hispânica que são 40% desses ditrito escolar não tem apoio fora da escola.

Kilmnick ainda diz que o distrito de East Hampton está a frente de muitos outros por ser o primeiro da região a ter um grupo de apoio e discussão no ensino médio. ‘Eu sei que alguns são rápidos em culpar o distrito escolar, mas East Hampton é, certamente, uma das regiões mais progressistas ao abordar essas questões e trabalhar na prevenção‘.

Infelizmente já se perdeu a vida de um jovem, agora é tentar criar ações para que isso não se repita e os jovens da região sintam-se a vontade para conversar e expor seus problemas. Não adianta também trabalhar apenas com os jovens se os familiares não entendam nada sobre homossexualidade. O trabalho tem que ser em conjunto com suas famílias para que esses adolescentes sintam-se amadas não apenas nesse grupo, mas dentro de suas casas que é o local mais importante.

Atriz Sally Field fala sobre seu filho gay

A atriz Sally Field ficou conhecida conhecida por seus inúmeros papéis em filmes e séries, e agora vem a público falar sobre sua experiência de ser mãe de Sam, seu filho gay.

Orgulhosa, foi ao jantar da campanha de Direitos Humanos com seu filho e falou o quanto é inaceitável que mães e pais coloquem seus filhos pra fora de casa ou de seus corações por serem gays e completa em um lindo agradecimento: ‘Vocês todos têm lutado por meu filho, de uma forma como se vocês fossem um dos pais. Vocês mudaram e mudam a vida de meninos e meninas com seus trabalhos‘.

Sally apoio muito Sam durante sua jornada para sair do armário e ser feliz. Esse é o papel fundamental de uma mãe, apoiar seu filho no caminho que ele precisa seguir para se tornar um adulto saudável não apenas fisicamente, mas emocionalmente.

É quando chegam relatos de gays e lésbicas que sofrem abusos em casa por parte de seus pais. O que me deixa mais feliz é que há um aumento significativo nos contatos que recebemos de mães e pais que buscam mais informações sobre a homossexualidade de seus filhos e isso me alegra, porque o intuito de nosso blogay também é informá-los.

Assista Sally Field falando sobre o assunto: [Em inglês]

California proíbe cura gay

Que a homossexualidade não é doença, todos nós sabemos, mas ainda há pessoas que acham que ser gay é doença ou desvio sexual e pode ser curado. Em contrapartida o estado da Califórnio proíbe cura gay em seu território, sendo o primeiro estado norte americano a criar um lei para essa finalidade.

Jerry Brown assinou a lei semana passada! Inclusive mandou uma mensagem do twitter explicando que não pode ser a favor de uma terapia que não tem embasamento científico e que leva jovens a depressão e ao suicídio.

O senador do estado da Califórnia, Ted Lien, disse que a lei entra em vigor em janeiro de 2013 e serve como lembrança a um jovem que cometeu suicídio após o tratamento. ‘Se alguém tem quaisquer dúvidas de que tais terapias são malignas, eles precisam apenas escutar relatos de vítimas que passaram por essas práticas abusivas”, afirma o Senador.

Já falamos sobre os danos que a terapia de cura da homossexualidade causa em gays e lésbicasMuitos gays e lésbicas tentam o suicídio por não se aceitarem como são, por causa do bullying homofóbico que sofrem em seus círculos sociais, preconceito da família que muitas vezes os enxotam de casa… A proibição da terapia de cura gay não os ajudará nesse sentido, mas também não fará com que sintam-se pior por serem gays.

Como sempre os religiosos que não tem o que fazer, além de perseguir gays e lésbicas, já começaram a chiar e protestar, mas o que importa nesse caso é que por mais que reclamem a lei já entra em vigor em janeiro, e depois disso seu preconceito e seus dogmas religiosos não serão ferramentas para incentivo ao suicídio.

O Estado Laico norte americano manda um beijo para o Brasil!

Eliana suspende quadros com gays por que agora é mãe de família

Quem diria que a Eliana tiraria as  ‘Fadinhas Safadinhas’ e ‘Bate Cabelo’ dos seus quadros no programa por que agora é ‘mãe de família’. Pois é minha gente, ao que tudo indica foi esse o motivo, pelo menos é o que diz a colunista do R7, Fabíola Reipeirt.

De acordo com a colunista é isso que circula nos bastidores do programa, Eliana é mãe de família e não quer associar sua imagem  às atrações com gays. Fabíola ainda completa com: ‘A apresentadora deve ter se esquecido da época das boates paulistanas e dos gogo boys‘. Nem eu sabia que a Eliana curtia baladas gays, mas né?

A assessoria de imprensa diz que o quadro saiu do programa porque estava previsto apenas para uma temporada. Nunca saberemos ao certo o que aconteceu, mas paira essa dúvida no ar.

Não entendo como muitos artistas tentam desvincular sua imagem de gays e lésbicas após darem a luz. Claudia Leitte e Isabeli Fontana já deixaram bem claros que homossexualidade tem ligação com uma má educação dos pais, então só aí já dá pra sentir o tipo de pessoas ‘inteligente‘ e ‘cultas‘ que são.

Como se nós gays não tivéssemos mãe, né? Nascemos de chocadeira por algum acaso? A diferença nisso tudo é como algumas pessoas levam com naturalidade a sexualidade dos filhos, sejam eles gays, bissexuais ou hetero.

Só sei de uma coisa, gays gostam de respeito e não é isso que vejo por parte de muitos artistas.

Virei Lésbica

Assuma que você sempre gostou de mulheres sua MENTIROSA!

Vikki Salmon passou 16 dias em coma, após seu apartamento em Brinnington ser incendiado e quando acordou no hospital com queimaduras pelo corpo, pulmões e intoxicação provocada pela fumaça diz: ‘Virei Lésbica‘.

Isso me lembra a história do jogador de rugby que após um AVC também ‘acordou’ gay. Minha opinião não mudou desde então: Odeio pessoas que inventam histórias mirabolantes para sair do armário. Tem necessidade de mentir e colocar a culpa da sua sexualidade em acidentes? Não! Apesar da ciência ainda não ter um veredito final quanto a homossexualidade acredito que nascemos gays.

Eu costumava ser meio maluca e estava em um encontro na noite do acidente. Mas desde que acordei do coma não fui capaz de sair com homens. Eu nunca tive qualquer tendência homossexual antes, mas de repente me tornei uma lésbica. Deve ter sido o incêndio, não consigo achar outra explicação‘ disse a ‘nova’ lésbica.

Após o acidente reencontrou Julie Smith, e se apaixonou. Há 7 meses o casal mora junto: ‘Gostaríamos de nos casar, mas precisamos de mais um tempo para isso. Nós éramos amigas antes e agora nos tornamos amantes‘.

Eu acredito que ela já tinha/teve um caso com essa Julie há tempos e só agora tomou coragem de assumir que gosta de chupar grelo! Absurdo mesmo é as pessoas acreditarem nessa baboseira infundada.

Aids é uma doença predominantemente gay diz pastor Marco FelicianoO Pastor e dePUTAdo Marco Feliciano [aquele que faz a sobrancelha, alisa, tinge e use laquê] disse em uma de suas pregações que há um espécie de conspiração que envolve militantes gays e o governo para impor a homossexualidade à população e que isso fere a moral cristã e termina falando [merda] que a AIDS é uma doença predominantemente gay.

Jean Wyllys <3, Deputado Federal, respondeu ao pastor em seu site que Marco Feliciano é o deputado do ódio e da mentira e que seu discurso é fundamentalista e fascista! Jean está certo! Só que o pastor não se conteve e respondeu:

- ‘O senhor Jean Wyllys demonstra ser um parlapatão, pois fica deblaterando sobre um assunto que ele desconhece, acusando a multidão que me ouviu de incultos e incautos, e a mim de um mentiroso homofóbico desprovido de intelectualidade, simplesmente por ter lembrado a eles e aborrecido a este sobre o assunto da perversão sexual, da imoralidade e da doutrinação imposta pela comunidade GLBT à nossa geração. Ao deputado Jean Wyllys explico, o púlpito de uma igreja não é lugar para demonstração de intelectualidade nem desfile de títulos honoríficos‘ disse o dePUTAdo.

E de acordo com o pastor: ‘A chamada AIDS pode atingir qualquer pessoa independente de preferência sexual, mas a própria ciência revela o predomínio de infecção por esta doença em pessoas manifestamente homossexuais‘.

Claro que o dePUTAdo e pastor está errado e ainda colocou a ciência no meio da jogada. A AIDS, em seu princípio, foi considerada epidemia gay porque os primeiros casos foram diagnosticados em homossexuais, o que levou a falsa ideia de que apenas gays a contraiam, mas estudos posteriores mostraram que o HIV infecta qualquer pessoa, seja ela gay, lésbica, hetero, bi, pansexual… Não é uma doença de algum grupo de risco, mas sim de um comportamento de risco que é o não uso do preservativo.

Para finalizar o pastor termina com: ‘Todos os dias da minha vida pregarei o que diz a Palavra, que a prática do ato íntimo entre dois homens ou duas mulheres é e continuará sendo pecado e ponto. Não discuto o que é pregado no púlpito fora do momento da pregação‘.

Um beijo pra quem lê apenas o que interessa na Bíblia!

Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual

Amanhã acontecerá no auditório da Secretaria Participação e Parceria de a eleição dos novos integrantes do Conselho Municipal de Atenção a Diversidade Sexual de São Paulo.

Os candidatos puderam se inscrever e foram aceitos gays e lésbicas acima dos 18 anos de idade e residentes no município por pelo menos dois anos e podiam se candidatar em um segmento LGBT ao qual pertence. Serão escolhidos 3 representantes de cada segmento [2 titulares e 1 suplente]. Cada candidato precisou mostrar que faz parte de algum tipo de militância gay.

Para votar, os eleitores deverão morar em São Paulo ou possuir título de eleitor emitido na capital, apresentar à comissão eleitoral comprovante de residência original e nominal. Poderão votar, uma única vez, em apenas um candidato referente à vaga de um segmento distinto.

A eleição será decidida em turno único. Caso haja empate, a decisão do cargo será tomada através de sorteio. Se nenhum candidato atingir o número mínimo de votos [05] a vaga não será preenchida.

A contagem dos votos será feita, no mesmo dia, ao fim da votação em lugar visível e diante de quem estiver presente. Os resultados serão divulgados em um prazo de até trinta dias pelo Diário Oficial.

Tá afim de escolher seu representante no Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual? Bora encher o auditório e mostrar que não somos apenas um rostinho bonito! Aviso que não me candidatei porque minha vida anda muito atribulada, mas daqui 2 anos, quando mudar a galera estarei lá e precisarei do voto de todos vocês.

| SERVIÇO |
| QUANDO? | 22 de setembro
| ONDE? | Rua Líbero Badaró, 119
| QUE HORAS? | das 9h00 às 19h00.

Paris Hilton diz: Gays são nojentos e maioria deve ter AIDS

Pare o mundo que eu quero descer! Paris Hilton, a mimada filha do poderoso dono da rede de hotéis Hilton teve uma declaração sua gravada por um taxista em New York onde diz a seguinte frase: ‘Homens gays são as pessoas mais excitadas do mundo… Eles são nojentos. Cara, a maioria deles provavelmente tem Aids‘.

De acordo com o site TMZ, ela conversa com um amigo [gay inclusive] e falavam sobre um famoso app para celular de encontro gays que usa geolocalização para achar os gays mais próximos de onde está e que também tenho o tal app.

A assessoria de imprensa da pobre menina rycah diz que: ‘Os comentários dela pretendiam expressar que é perigoso para qualquer pessoa fazer sexo sem proteção, que pode levar a doenças que ameaçam a vida’, dizem os representantes. Eles acrescentam que o taxista gravou apenas uma parte da conversa e que‘não foi a intenção dela fazer comentários que denigrem os homossexuais‘.

Concordo que transar sem camisinha realmente leva a várias doenças, entre elas a AIDS, mas fazer esse tipo de comentário é ofensivo demais! Por mais que um gay use tal app não quer dizer que ele tenha o vírus HIV ou qualquer outra DST, mostrando que dinheiro não compra inteligência, né?

Beijos Paris, a próxima notícia que veremos sua será sobre sua próxima prisão.

Imagem: Facebook

Chegou o Fim dos Tempos! Dezembro de 2012 está próximo e com isso os Cavaleiros do Apocalipse se aproximam para acabar com tudo! Não acreditei quando vi a foto [acima] de André Almada, dono da The Week famosa balada GAY da Lapa, abraçado e todo sorrisos com o candidato Celso Russonamo, candidato da bancada evangélica e abertamente homofóbico em seus discursos.

Como um empresário que vive do Pink Money incentiva e posa para fotos com ser tão repugnante quanto o candidato Russomano?

Sabe porque não mudamos as coisas no Brasil? Porque em sua grande maioria, gays e lésbicas são acomodados na luta por direitos iguais. Preferem se preocupar com a balada do sábado, com o boy magia com que querem transar, com o suplemento novo que lançaram, com a musculação e tudo quanto é coisa fútil ao invés de lutar por algo que realmente vale a pena.

Se sentem protegidos em seus mundos ilusórios produzidos com ecstasy e ketamina e esquecem que a vida é mais do que isso, principalmente a da comunidade gay brasileira.

Infelizmente essa é a realidade paulistana e tenho vergonha de morar em uma cidade onde os gays são agredidos e mortos e onde uma dos maiores empresários do meio gay apoia a candidatura ABSURDA de um prefeito evangélico.

Acorda Alice que isso é bad trip!

[ O lado bom de ter uma blogay que não tem rabo preso com nenhum empresário da noite gay paulistana é isso. Falo o que realmente penso e não preciso me justificar ou puxar o saco de ninguém. Isso é ser blogayro]

>>>>>

A Equipe de Assessoria de Imprensa do empresário André Almada mandou essa nota de esclarecimento para o site RG. Leia a matéria n íntegra aqui.

Sobre a foto que tem circulado pela internet, na qual o empresário André Almada aparece ao lado do candidato a prefeito de São Paulo, Celso Russomanno, explicamos que se trata de um evento realizado na semana passada no clube The Society. Russomanno, apontado por muitos como opositor da comunidade e dos direitos LGBT, foi justamente esclarecer essa questão e apresentar seus planos e projetos pertinentes a esse público. “O que fizemos foi dar direito de resposta e promover um debate saudável. O Grupo The Week, além de promover entretenimento, exerce sua responsabilidade social. Nossas portas estão abertas a todos os demais candidatos‘, afirma André Almada.

Quem acredita nisso uma palma só. Cri Cri