Posts com Tag ‘fragrâncias’

Oi Meninos.

Mais uma quinta e eu tô aqui, todinho pra vocês.

Hoje, trouxe a revelação de uma curiosidade e acho que vai ser bem útil.

Todos nós gostamos de ficar lindos, não é mesmo? Mas não é mais bacana ainda quando além de lindo e gente fica cheiroso? Quando encontramos aquele perfume que nos deixa mais seguros e que a gente sabe que agrada as pessoas que estão ao nosso lado? A não ser que você seja um sujinho, vai adorar ler a esse post que vou mostrar o que são as notas dos perfumes. Vem galera!

Fazer um perfume é uma arte. E não é uma arte fácil. Assim como um músico compõe uma melodia, o perfumista também cria as suas fragrâncias, mas ao invés de usar notas musicais em suas composições, ele utiliza notas olfativas. E quais são essas notas? Calma que eu explico:

* NOTAS DE FUNDO ¬– são aquelas da base da composição para onde vão os aromas mais fortes, consistentes, pesados. São os que têm maior poder de fixação (de duração), ou seja, depois de um bom tempo são eles que se evidenciam.

Fonte: Google Images

* NOTAS DE CORPO OU CORAÇÃO – são as do meio da composição para onde vão aromas mais “gentis”, mais equilibrados. Essas notas duram bem menos que as notas de fundo, ou seja, depois de um certo tempo elas desaparecem.

* NOTAS DE CABEÇA – são as do topo da pirâmide, as que, quando você abre o frasco, sente na hora. É o momento em que a gente diz gosto ou não gosto desse perfume. Por isso é interessante deixar passar um tempinho após a aplicação para sentir o perfume “se abrir”.

Se misturando com essas notas, existem os aromas. Um monte deles! Quanto mais volátil o aroma (que se evapora mais fácil), mais para o topo da pirâmide ele vai ficar e essa vai ser a impressão que você terá do perfume. Aqui estão as famílias aromáticas que podemos encontrar:

ANIMAL

Musk, ou almíscar – feito da secreção de uma glândula do veado. É forte, é másculo. Hoje em dia, somente é usado o sintético. Esse aroma vai na base, nas notas de fundo.

Âmbar – é sintético. Originalmente extraído do intestino do cachalote (uma espécie de baleia), com odor meio almiscarado, meio amadeirado. Portanto, esse aroma vai na base, nas notas de fundo.

Civet– Proibido hoje em dia, o aroma era extraído da glândula sexual do civeta, um gato selvagem que vive na África e na Índia. Um odor fecal, com extraordinário poder de fixação e sensualidade (você não sabia que a perfumaria tinha dessas coisas!). Portanto, esse aroma, hoje sintético, vai na base, nas notas de fundo.

ALDEHYDIC
São os cheiros metálicos (de alumínio) de origem totalmente química. Como dizem os entendidos, dá um certo brilho ao perfume.O Channel nº 5, ficou famoso por ter esse componente na sua fórmula. Chanel nº 5 é o perfume mais vendido no mundo, nenhum outro, até hoje, ultrapassou o de madame Coco Chanel. Esse aroma vai no meio, nas notas de corpo e algumas vezes, no topo, nas notas de cabeça. Os aldehidics são agressivos, mas quase não aparecem.

SPICY
São os aromas apimentados: pimenta, gengibre, canela e cravo. Esses são fáceis de perceber. Esses aromas, em geral, vão no meio, nas notas de corpo.

WOODY
São os aromas da madeira. Sândalo, cipreste, patchouli, pinho, vetiver, cedro. Esses aromas vão na base, nas notas de fundo.

HERBAL
São os aromas das ervas. Cominho, artemisia, camomila, menta, anis e lavanda (a mais popular, fácil de identificar!). A lavanda é moída junto com o arbusto, por isso traz um ligeiro traço de madeira. Alguns desses aromas podem estar no meio, como notas de corpo e podem estar no topo, como notas de cabeça.

FRUITY
São os aromas das frutas tropicais. Maçã, abacaxi, pêra, frutas vermelhas, pêssego. Todo o cheiro vem das cascas. Detalhe: são sintéticos. Esses aromas, em geral, vão no meio, nas notas de corpo. Dentro desse grupo as frutas cítricas são as mais voláteis de todas. Sempre extraídos das cascas: laranja, bergamota, limão, lima. Esses aromas vão no topo, nas notas de cabeça.

VERDES
Aromas também leves e voláteis. A sensação do cheiro é de folhas amassadas, grama cortada e não de terra. Esses aromas são utilizados para puxar os aromas de baixo, das notas de corpo para a saída.

WATERY
Os aromas que têm uma saída aquosa, dão a sensação, a noção de espaço, de oxigênio. São: melão, melancia. Esses aromas vão no topo, nas notas de cabeça.

FLORAIS
São os aromas mais conhecidos, mais populares, mais identificáveis. Rosa, jasmim, mugue. Esses aromas vão no topo, nas notas de cabeça.

Bom, agora que você já sabe como funcionam as notas e os aromas, aqui vão algumas dicas:

- O perfume não muda de cheiro ao longo do dia. Isso é lenda. O que acontece é que ele vai evaporando, e assim você percebe mais uma nota do que a outra. O perfume é uma alquimia, uma mistura, ou seja, a “combinação” está lá o tempo todo.

- Perfumes duram muito mais em pele oleosa, que dificultam a sua evaporação. As regiões de forte pulsação e dobras em nosso corpo são os locais onde os perfumes demoram mais para evaporar.

- Não guarde perfume no banheiro! É um local úmido e que pode fazer as essências perderem o seu “poder” e podem até mesmo evaporar com mais facilidade junto com o vapor que se forma no banheiro. O melhor local para se guardar é em local seco e arejado, com a caixa de preferência.

- Evite utilizar o mesmo vidro de perfume por mais de um ano. Certamente as notas não terão o mesmo efeito e isso descaracterizará o perfume que você está usando.

- Nem sempre o perfume mais caro é o melhor. O melhor perfume é o que te agrada.

Gostaram? Bacana né? Então aproveitem que estão inspirados, tentem encontrar o melhor perfume pra vocês, fiquem cheirosos e #GoFashion.