Posts com Tag ‘chamar de gay’

“Não acredito que as férias estão acabando! Não quero voltar pra escola. To cansado. Não agüento mais ser xingado de viado, bichinha, de mulherzinha. Não fiz nada pra me tratarem assim.

Minha mãe já foi na escola falar com a diretora, mas parece que depois disso tudo piorou. Parece que esse tormento não vai ter fim.

Essa droga toda acaba um dia? Não quero mudar de escola porque é tão perto de casa e tenho muitas amigas lá. Vocês sofreram esse tipo de preconceito? O que fizeram?”

Anônimo

Leandro Madness responde:

)))Oi menino! Sei como se sente. Vamos fazer assim, dá play no documentário “Eu não gosto de meninos” aí embaixo, deixa carregando e continua lendo meu texto enquanto isso.

)))Eu sofri esse tipo de humilhação dos 7 aos 18 anos praticamente. Sempre fui de ficar quieto. Só andava com as meninas, porque elas não me julgavam e não me maltratavam. Ao contrário dos meninos, que me infernizavam.

Infelizmente não adianta mudar de escola. Sempre vai ter um bando de idiotinhas preconceituosos pra apontar o dedo e te xingar. Acho que faz parte. Eles se sentem mais machos apontando o diferente.

)))O que você pode fazer é deixar de se importar. Ou entrar numa aula de boxe e começar a socar meio mundo por te ofender. Eu não apóio a violência e acho que não leva a lugar nenhum. Mas, quem sabe impõe algum respeito por lá…

Esse papo de levar pai, chamar diretor… Não costuma dar em nada mesmo. Ninguém vai ficar vigiando o pessoal da sua escola pra ver o que dizem pra ti. Se te ofendem ou não… 

Se o mundo fosse outro, seríamos respeitados desde pequenos...

A única vez que fui parar na diretoria foi na 5ª série, porque uma menina me chamou de viado e eu voei no pescoço dela na sala de aula. Mas depois não deu em nada e a gente ficou rindo da situação!

Sabe o que é engraçado? Ano passado um dos meninos que me xingavam, na época do ginásio, me adicionou no Msn porque me achou bonito e veio trocar ideia. Queria transar comigo, mas quando me reconheceu ficou com medo, me bloqueou e excluiu. Eu ri! O mundo dá voltas! Certamente você passará por isso. Têm muitos que falam mal da gente, mas fazem isso pra desviar a atenção do fato deles serem gays.

Meu fardo só ficou mais leve na faculdade. Não sei se porque a galera era um pouco mais madura ou se é porque eu entrava mudo e saia calado. Pra não ser zuado resolvi ficar na minha. E deu certo. Agora to fazendo facú novamente e bom.. Posso dizer que tem tanto gay na minha sala que é capaz dos héteros levarem um coro se falarem algo negativo sobre a sexualidade de alguém… rs

Provavelmente sempre haverá um espírito de porco pra tentar te ofender… O fato é que com o tempo, dependendo da situação, você deixará de lado ou saberá se vale a pena se defender. A gente aprende. Fica mais forte.

O mais importante é você se aceitar e se amar. O resto que se dane!!!

Força guri. To sempre aqui se precisar desabafar!

)))Agora volta lá pra cima e vê o vídeo que postei… Além de nós dois tem mais gente que passa por isso.

Bjuxxxx,

L^^e!))).

Ou clique AQUI