Posts com Tag ‘boy magia’

Correndo atrás do boy magia

Publicado: 12/10/2012 por @peagapenalvez em Pergunte ao DQOGG
Tags:, , , , , ,

Oi pessoal do DQOGG, primeiramente queria dizer que adoro o trabalho de vocês e que acho muito legal vocês se disponibilizarem a nos ajudar, já que temos tantas dúvidas sobre esse mundo “colorido” em que vivemos.

Eu tenho 18 anos, e há pouco tempo (2 meses) eu comecei a me relacionar com um cara de 20 anos. Eu o conheço há 1 ano e logo que o conheci falei da minha sexualidade e aos poucos fomos ficando amigos. Depois de um tempo nos falando, acabamos virando amigos e ele me confidenciou que nunca havia ficado com homens, mas que eu estava despertando isso nele. Aos poucos fomos ficando mais próximos, mas nada da gente ficar.

À medida que o tempo ia passando, ele ia ficando mais grudento, querendo me ver direto e tal, mas eu já não queria mais nada com ele, por ele ter virado muito chiclete. (e olhe que nem tínhamos ficado ainda). Comecei a dar foras e mais foras até que ele parou com as mensagens, ligações, e até se afastou de mim um pouco. Nesse ano começamos a fazer faculdade na mesma universidade, porém em cursos diferentes, e passamos a nos ver todos os dias, e a amizade foi voltando.

Voltou tanto que eu comecei a ficar a fim dele de novo. Eu chamei ele para vir aqui em casa um dia, quando estava só, e falei tudo o que sentia por ele, e pedi desculpas por ter percebido isso tão tarde. A gente acabou dando o primeiro beijo… E pra minha surpresa, o beijo foi maravilhoso! E eu me vi ali, totalmente apaixonado por um cara que eu passei um ano esnobando. Depois desse dia, ficamos conversando por mensagens direto, parecíamos até um casal mesmo.

Mas essa felicidade não durou muito. A gente parou com as mensagens e eu estava começando a sentí-lo mais distante. Até que teve um dia que nós ficamos de novo, mas ele veio conversar comigo depois, dizendo que eu não precisava me prender e que a gente tava só ficando. Ele ainda sentia algo pelo ex. (Quando a gente se afastou no ano passado, ele conheceu um cara e namorou com ele, mas o cara morava longe, em outra cidade e não deu certo o namoro).

Aquilo foi um baque pra mim, porque eu realmente estava gostando dele. Mas me fiz de forte e disse que tava tudo bem. A gente continua ficando, e é maravilhoso quando estamos juntos, eu sinto que ele realmente gosta de estar comigo.

O problema é depois, que sinto ele muito distante. Não sei se ele tá preocupado que eu ache que ele esteja sendo grudento de novo, por isso está mais distante dessa vez, ou se ele não gosta tanto assim de mim, só quer ficar mesmo.

Thiago Souza, 18 anos

Correndo atrás do boy magia

Olá Thiago, realmente é uma situação complicada. No começo você não queria e até esnobou o cara e agora você quer mas quem é esnobado [de uma certa forma] é você. Quem nunca passou por isso, né?

O que piorou tudo foi que nesse meio tempo em que você se afastou ele conheceu um outro cara. Isso pode acontecer sempre que deixamos alguém de lado por qualquer motivo. Eu mesmo passei por algo parecido no fim do ano passado.

Conheci um cara através de uma amiga, o cara é bonito e super bacana mas acabei deixando-o na ‘geladeira‘ porque estava numa fase que precisava resolver um monte de problemas e seria complicado alguém na minha vida exatamente nessa fase. Continuamos conversando normalmente. Um certo dia resolvi conhecê-lo. Fiquei com ele, foi bacana, maaaaaaaaas durante a semana comentei alguma coisa no Instagram dele e do nada aparece um cara dizendo que era namorado dele. Levei um baque porque não sabia que ele namorava e ~NÃO FICO~ com caras comprometidos. Não sou apaixonado por ele, mas sei que ele é um cara super bacana isso seria questão de tempo.

Sabe o que eu fiz? Continuei sendo amigo dele, conversando normalmente e se um dia ele terminar o namoro quem sabe não role alguma coisa? Se eu estiver solteiro e ele também nada nos impede. Sei que o erro nisso tudo foi meu por isso tenho que arcar com as consequências deles.

A forma do seu boy magia agir agora, mais distante, pode ser um reflexo da sua atitude no passado. Ele pode ter se magoado com seu distanciamento e agora tenta se preservar. Isso nada mais é do que uma proteção para que ele não se machuque novamente. As vezes ele até gosta de você mas agora vai com mais calma.

Separei o video de uma música que ADORO. Preste atenção na letra

Dê tempo ao tempo e tente reconquistá-lo aos poucos. Mostre-se um pouco mais presente e corra atrás daquilo que você deixou pra trás. Nunca é tarde!

Oi pessoal! Descobri o blog de vocês pesquisando na net sobre como deveria fazer para conseguir conquistar um carinha por quem estou apaixonado. Para que vocês entendam melhor, vou contar um pouco da minha história.

Já na infância tive vontade de ter contatos homo afetivos com alguns amigos. Na adolescência tive um amigo muito próximo com quem sempre tive algumas “insinuações” mas nenhum contato físico. Nesse ínterim, nunca deixei de gostar e namorar garotas. Só que hoje, aos 24 anos, encontrei um cara por quem me arrisquei e começamos a ficar.

Esse cara é, de fato, o primeiro homem com quem me relaciono (até o presente momento temos ficado algumas vezes e tiramos apenas sarros, nada de sexo gay). O problema é que estou completamente apaixonado por ele. Infelizmente ele é do tipo que gosta de estar livre para ficar com “quem” quiser e “quando” quiser e preciso admitir que isso tem me machucado muito porque, não vou mentir, estou amando o cara. Como não estou acostumado ao universo gay, tenho lido muito e pesquisado sobre como são os relacionamentos homo afetivos e o que posso fazer para conquistá-lo.

Como só tinha ficado com mulheres, muitas vezes (quase sempre) não sei como devo tocá-lo, de que forma pegá-lo, como provocar prazer nele. E é por essa imperícia que creio não conseguir conquistá-lo.

Ele é um cara de 23 anos, experiente no universo gay e passivo.

Eu, um cara bissexual e que topo fazer qualquer coisa com ele.

A ajuda que eu quero é:

1º Como faço para conquistá-lo, levando em consideração que nunca tive contatos com homens?;

2º Do que os gays gostam nos outros homens?;

3º Qual é o “Ponto G” de um gay passivo?

4º Como e onde pegá-lo para lhe proporcionar mais prazer?;

Resumindo: preciso saber de que forma eu posso melhorar meu desempenho para fazer com que esse cara fique comigo.

Obrigado!

Casa Nova, 24 anos – Recife/Pe

COnquistando o boy Magia gays Gostam

Oi, Casa Nova! Meu primeiro impulso, ao ler sua história, foi escrever: FOGE, MENINO, FOGE! Essa coisa de se apaixonar por quem quer ficar livre para saltitar pela vida é uma roubada. É sempre muito cômodo pro cara saber que alguém o ama e que ele terá sempre alguém que vai topar tudo o que ele quiser.

Mas, vou responder o que perguntou:

1º Como faço para conquistá-lo, levando em consideração que nunca tive contatos com homens?;
Resposta: Homens não são ETs. Você é homem, basicamente, o que você curte, ele também curtirá. Mas no sentido romântico de conquista… não sei. Se ele não quer um relacionamento sério, pode te achar meloso demais… se você mandar flores, por exemplo. E se disser “Eu Te Amo” pra esse boy, ele pode sumir… Então, melhor é demonstrar interesse, mas não muito. Não se entregue de bandeja.

2º Do que os gay’s gostam nos outros homens?;
O que me faz gostar de homem é a postura de homem, pegada forte. Então, muita delicadeza me brocha. Não, não gosto de apanhar, apenas me refiro ao toque, pele… é diferente, mulher é mais delicadinha. Então, gays gostam de macho. Agora no sexo… cada um gosta de uma coisa… o melhor é ir percebendo o que faz esse boy gemer mais alto… o que lhe dá mais prazer..

3º Qual é o “Ponto G” de um gay passivo?
Ai. Que ponto G? Você quer dizer o ponto O de Olho do Koo, né?

4º Como e onde pegá-lo para lhe proporcionar mais prazer?;
Como disse, isso difere de ser humano pra ser humano! Eu fico doido se mordiscam milha orelha, tem gente que pira se lambem e mordiscam seus  mamilos dos peitos.. tem quem goste que o parceiro brinque de “dedinhos da Eliana” no ponto O… o jeito é ver o que surte mais efeito nele.

Resumindo: preciso saber de que forma eu posso melhorar meu desempenho para fazer com que esse cara fique comigo“.
Casa Nova, seu lindo! Se prepare para tomar um SHOCK DE REALIDADE: Não é o fato de você mandar bem ou mal que fará o boy querer te namorar. Se ele quer no momento saltitar de cama em cama, tenha em mente que o NÃO prum relacionamento com ele você já tem. Então, curta. Sem neuras. Sem endeusar o boy. Sem se menosprezar e se colocar pressão demais pra segurá-lo contigo.
Tudo na vida passa, meu filho. E tudo serve de aprendizado. Aproveita enquanto dura. Se ele não quiser mesmo ser teu namorado, azar o dele.

Beijas, L^^e!))).

Se você costuma assistir filmes pornôs gays, com certeza já esbarrou com Jonathan Agassi, o ator porno gay mais interessante e gostoso da Lucas Entertainment. Já atuou em diversos pornos gays, trabalhando como ativo ou passivo.

Jonathan Agassi é dono de lindos olhos claro, um corpo gostoso e belas tattoos o boy magia arranca suspiros e muita masturbação da galera.

Confira as fotos da coluna hot:

Lembra que falamos sobre um ator porno que estrelou uma campanha de uso de camisinha? Então, é o Jonathan Agassi!

Imagem: Facebook

Chegou o Fim dos Tempos! Dezembro de 2012 está próximo e com isso os Cavaleiros do Apocalipse se aproximam para acabar com tudo! Não acreditei quando vi a foto [acima] de André Almada, dono da The Week famosa balada GAY da Lapa, abraçado e todo sorrisos com o candidato Celso Russonamo, candidato da bancada evangélica e abertamente homofóbico em seus discursos.

Como um empresário que vive do Pink Money incentiva e posa para fotos com ser tão repugnante quanto o candidato Russomano?

Sabe porque não mudamos as coisas no Brasil? Porque em sua grande maioria, gays e lésbicas são acomodados na luta por direitos iguais. Preferem se preocupar com a balada do sábado, com o boy magia com que querem transar, com o suplemento novo que lançaram, com a musculação e tudo quanto é coisa fútil ao invés de lutar por algo que realmente vale a pena.

Se sentem protegidos em seus mundos ilusórios produzidos com ecstasy e ketamina e esquecem que a vida é mais do que isso, principalmente a da comunidade gay brasileira.

Infelizmente essa é a realidade paulistana e tenho vergonha de morar em uma cidade onde os gays são agredidos e mortos e onde uma dos maiores empresários do meio gay apoia a candidatura ABSURDA de um prefeito evangélico.

Acorda Alice que isso é bad trip!

[ O lado bom de ter uma blogay que não tem rabo preso com nenhum empresário da noite gay paulistana é isso. Falo o que realmente penso e não preciso me justificar ou puxar o saco de ninguém. Isso é ser blogayro]

>>>>>

A Equipe de Assessoria de Imprensa do empresário André Almada mandou essa nota de esclarecimento para o site RG. Leia a matéria n íntegra aqui.

Sobre a foto que tem circulado pela internet, na qual o empresário André Almada aparece ao lado do candidato a prefeito de São Paulo, Celso Russomanno, explicamos que se trata de um evento realizado na semana passada no clube The Society. Russomanno, apontado por muitos como opositor da comunidade e dos direitos LGBT, foi justamente esclarecer essa questão e apresentar seus planos e projetos pertinentes a esse público. “O que fizemos foi dar direito de resposta e promover um debate saudável. O Grupo The Week, além de promover entretenimento, exerce sua responsabilidade social. Nossas portas estão abertas a todos os demais candidatos‘, afirma André Almada.

Quem acredita nisso uma palma só. Cri Cri

Galera, venho mais uma vez aqui encher o saco de vocês seus lindos, que educadíssimos falarão que não é incômodo e tals. Vocês são anjos de asas cor de arco-íris (que gaaaaay) uaheuaheuaheuaheaa! [‘Até eu ri’]

To no terceiro ano do Ensino Médio e, se Deus quiser, passo direto pra faculdade. Penso entre algumas cidades: Campinas, São Carlos, Juiz de Fora, Itajuba… Só que eu tô querendo sair do armário sabe, quero dizer, ser gay sem medo de ser feliz. Só que to num dilema: cidade grande x pequena.

Cidade pequena é maneiro porque você faz relacionamentos mais fortes, não é tão caro o custo de vida, as festas são loucas, porém tenho receio de continuar vivendo no ”armário”.

Por outro lado temos as metrópoles com super festas direcionada ao público GLS, cada um cuida da sua vida, diversidade de coisas pra fazer, entretanto tenho receio de não fazer amizades, e eu sem amigo não sou NADA!

Essa é a deixa: Grande ou pequena? Vocês conhecem alguma dessas cidades pra me falar como o sistema rola mano?

Obrigado pelo carinho e a atençao, Max me pega de jeito

*-*. Ateewwnn

Pedro, via e-mail

Cidade Grande x Cidade Pequena - Gays Gostam

Olá Pedro. Olha, quando falamos que não é incômodo nenhum responder e-mails não falamos por educação, mas porque realmente AMAMOS o que fazemos em nosso blogay! É uma satisfação ~enorme~ quando recebemos elogios. Hoje mesmo um amigo que pensei que nem lia o blog me ligou para parabenizar o trabalho que fazemos. Fiquei super feliz! Portanto não se acanhe me enviar suas perguntas!

Ambos os tipos de cidade tem seu lado bom! Nas pequenas a qualidade de vida é bem melhor, menos agitada e estressante e a qualidade de vida é melhor. O problema é que boa parte das pessoas se conhecem e qualquer coisa que você faça cai nos ouvidos da cidade inteira. Nas grandes tudo acontece 24 por dia, tem todo tipo de coisa pra fazer, muita gente pra conhecer e muito fervo pra ir [de segunda a segunda].

Não tenho vontade de mudar de São Paulo. AMO minha cidade, apesar de odiar o trânsito, a frieza das pessoas, a falta de educação, o aluguel caro… mas não saio daqui nem amarrado! Gosto de ter a diversidade cultural a meus pés, para conhecer o mundo inteiro sem sair de São Paulo. Alguns estudiosos dizem que somos uma população flutuante, ou seja, tem tanta pessoa aqui que dificilmente você cruzará com uma pessoa várias vezes na vida. [Exceto se você pega o busão para o trabalho/facul todo dia no mesmo horário. Eu pego o meu com um boy magia que NOSSA SENHORA DA EREÇÃO!

Cidade Grande x Cidade Pequena - Gays Gostam

Apesar das pessoas da cidade grande terem fama de frias e distantes, posso te afirmar que as coisas não são assim na realidade. Nós paulistas não somos frios, mas sim atarefados demais, estressados demais e ATRASADOS DEMAIS por causa do trânsito!

Como em toda cidade há pessoas boas e ruins, não adianta mentir pra você, mas em compensação há uma quantidade tão grande de pessoas vivendo por aqui que a probabilidade de você não fazer amigos é quase NULA! Há diversos pensamentos e estilos de vida e basta você ser receptivo e persistente que você arrumará amigos facilmente!

Dica de AMIGO: Não se deslumbre com a vida na cidade grande. Muitos saem de suas cidades e se perdem na vida atribulada, agitada e livre dos grandes centros. A liberdade é tão grande que para se desviar de nosso trajeto de vida basta piscar.

Espero que você tenha MUITA sorte com a escolha da cidade. Das que você falou conheço Campinas e São Carlos, ambas boas de se viver, apesar de não serem ~tão~ grandes como São Paulo. Sim, eu AMO isso aqui!

Dia do Sexo - Gays Gostam

Não que seja preciso um dia para comemorar o Dia do Sexo, mas sinceramente é bom ter um dia no ano onde possamos não apenas transar mas pensar um pouco em como levamos nossa vida sexual. A data foi escolhida por conta de umas das mais famosas posições sexuais, o  69 que remete ao dia de hoje 6/9.

Não estou aqui para julgar ninguém, até porque não sou santo e meu passado me condena mas não é gostoso repensar em nossas atitudes nos último tempos com relação  ao sexo? Você já parou para pensar sobre o assunto, ou apenas deixa o instinto te levar?

Dia do Sexo - Gays Gostam

Alguns pontos que todos devemos [re]pensar:

- Uso da camisinha em TODAS as relações sexuais, inclusive sexo oral.
O HIV e outras DSTs estão aí, contagiando e matando milhares de pessoas pelo mundo e cada vez mais o uso da camisinha é essencial em todas as transas! Você trocaria poucos minutos de prazer pela incerteza dessas doenças?

- Ativo? Passivo?
Não seria mais justo se deixássemos nossos próprios preconceitos e nos libertássemos desse rótulo? Falo isso porque acredito que  durante muitos anos deixei de fazer sexo como passivo por conta do meu preconceito internalizado. Sou ativo, porque curto sentir prazer dessa forma, mas não elimino possibilidades na minha vida. Vai que aparece um boy magia na minha vida que me faz mudar de opinião? Nunca se sabe!

- Tipos Físicos são importantes mesmo?
Há pessoas que só transam com bombados, outros apenas com gordinhos/bear, barbudos, etc… Cada um tem um gosto único e peculiar, mas será que os tipos físicos são realmente importantes na hora da transar? Na hora H não é melhor um cara bacana que te faça gozar gostoso do que um cara que faz o seu tipo físico mas não te faz sentir tesão nenhum?

- Tamanho é documento?
O que vale mais? Um grandão bobão ou um pequeno esperto? A maioria das bees ficam LOUCAS e MOLHADAS quando veem um pau grande, mas algumas vezes o cara não sabe trabalhar com o material que tem e a transa se torna uma grande decepção. Acorda Alice!

- Sexo Casual. UI!
Sexo Casual é uma delícia. ter a liberdade de transar com quem quiser a qualquer hora é muito bom, conquistamos essa liberdade, mas as vezes acho que a maioria confunde essa liberdade com libertinagem e perde um pouco a mão. falo por experiência própria: Transar com quem se ama é a melhor experiência sexual que pode-se ter na vida!

Esses são apenas alguns pontos que penso e repenso na minha vida. Topa pensar um pouco neles?

Dia do Sexo - Transe com Responsabilidade - Gays Gostam

Olá lindos primeiramente gostaria de dizer que ADOGAY o blog de vocês estão de super parabéns =D.

Sou gay mas não assumido inteiramente. Já me assumi para os amigos mais próximos, mas meus familiares ainda não sabem de nada e gostaria de permanecer assim até ser inteiramente independente.

Como chegar no boy magia sem que você não o conheça? Pego ônibus com um menino muito lindo e sei que ele é gay pois dá muita pinta e até já trocamos olhares e tudo o mais, mas não tenho coragem e nem jeito para chegar nele como faço?

Seria muito estranho chegar nele e já de cara pedir para sair com ele? E se caso fosse em algum barzinho LGBT como chegar em alguém lá? Muito obrigado seus lindos, Beijos e até a próxima.

Murilo, 18 anos – Curitiba/PR

Olá Murilo, O jeito mais fácil de conhecer o boy magia é criar coragem e puxar papo com ele. Sei que é difícil, ainda mais se você é tímido, mas as vezes precisamos lutar contra nossa timidez, contar até 5 e não pensar nas consequências de xavecar alguém.

A ideia de convidá-lo para um barzinho é legal, um local onde vocês possam conversar, beber um pouco para quebrar o gelo e até dar uns amassos despreocupadamente. Outro lugar MUITO BOM é o cinema! O escurinho do cinema ajuda muito a criar coragem! [Dica: Escolha um filme chato, assim ninguém prestará atenção no filme e poderá ocupar o tempo com beijos bem gostosos.

O Leandro já postou algo parecido com o que você nos contou. Se joga AQUI!