Posts com Tag ‘bissexual’

Oi pessoal! Descobri o blog de vocês pesquisando na net sobre como deveria fazer para conseguir conquistar um carinha por quem estou apaixonado. Para que vocês entendam melhor, vou contar um pouco da minha história.

Já na infância tive vontade de ter contatos homo afetivos com alguns amigos. Na adolescência tive um amigo muito próximo com quem sempre tive algumas “insinuações” mas nenhum contato físico. Nesse ínterim, nunca deixei de gostar e namorar garotas. Só que hoje, aos 24 anos, encontrei um cara por quem me arrisquei e começamos a ficar.

Esse cara é, de fato, o primeiro homem com quem me relaciono (até o presente momento temos ficado algumas vezes e tiramos apenas sarros, nada de sexo gay). O problema é que estou completamente apaixonado por ele. Infelizmente ele é do tipo que gosta de estar livre para ficar com “quem” quiser e “quando” quiser e preciso admitir que isso tem me machucado muito porque, não vou mentir, estou amando o cara. Como não estou acostumado ao universo gay, tenho lido muito e pesquisado sobre como são os relacionamentos homo afetivos e o que posso fazer para conquistá-lo.

Como só tinha ficado com mulheres, muitas vezes (quase sempre) não sei como devo tocá-lo, de que forma pegá-lo, como provocar prazer nele. E é por essa imperícia que creio não conseguir conquistá-lo.

Ele é um cara de 23 anos, experiente no universo gay e passivo.

Eu, um cara bissexual e que topo fazer qualquer coisa com ele.

A ajuda que eu quero é:

1º Como faço para conquistá-lo, levando em consideração que nunca tive contatos com homens?;

2º Do que os gays gostam nos outros homens?;

3º Qual é o “Ponto G” de um gay passivo?

4º Como e onde pegá-lo para lhe proporcionar mais prazer?;

Resumindo: preciso saber de que forma eu posso melhorar meu desempenho para fazer com que esse cara fique comigo.

Obrigado!

Casa Nova, 24 anos – Recife/Pe

COnquistando o boy Magia gays Gostam

Oi, Casa Nova! Meu primeiro impulso, ao ler sua história, foi escrever: FOGE, MENINO, FOGE! Essa coisa de se apaixonar por quem quer ficar livre para saltitar pela vida é uma roubada. É sempre muito cômodo pro cara saber que alguém o ama e que ele terá sempre alguém que vai topar tudo o que ele quiser.

Mas, vou responder o que perguntou:

1º Como faço para conquistá-lo, levando em consideração que nunca tive contatos com homens?;
Resposta: Homens não são ETs. Você é homem, basicamente, o que você curte, ele também curtirá. Mas no sentido romântico de conquista… não sei. Se ele não quer um relacionamento sério, pode te achar meloso demais… se você mandar flores, por exemplo. E se disser “Eu Te Amo” pra esse boy, ele pode sumir… Então, melhor é demonstrar interesse, mas não muito. Não se entregue de bandeja.

2º Do que os gay’s gostam nos outros homens?;
O que me faz gostar de homem é a postura de homem, pegada forte. Então, muita delicadeza me brocha. Não, não gosto de apanhar, apenas me refiro ao toque, pele… é diferente, mulher é mais delicadinha. Então, gays gostam de macho. Agora no sexo… cada um gosta de uma coisa… o melhor é ir percebendo o que faz esse boy gemer mais alto… o que lhe dá mais prazer..

3º Qual é o “Ponto G” de um gay passivo?
Ai. Que ponto G? Você quer dizer o ponto O de Olho do Koo, né?

4º Como e onde pegá-lo para lhe proporcionar mais prazer?;
Como disse, isso difere de ser humano pra ser humano! Eu fico doido se mordiscam milha orelha, tem gente que pira se lambem e mordiscam seus  mamilos dos peitos.. tem quem goste que o parceiro brinque de “dedinhos da Eliana” no ponto O… o jeito é ver o que surte mais efeito nele.

Resumindo: preciso saber de que forma eu posso melhorar meu desempenho para fazer com que esse cara fique comigo“.
Casa Nova, seu lindo! Se prepare para tomar um SHOCK DE REALIDADE: Não é o fato de você mandar bem ou mal que fará o boy querer te namorar. Se ele quer no momento saltitar de cama em cama, tenha em mente que o NÃO prum relacionamento com ele você já tem. Então, curta. Sem neuras. Sem endeusar o boy. Sem se menosprezar e se colocar pressão demais pra segurá-lo contigo.
Tudo na vida passa, meu filho. E tudo serve de aprendizado. Aproveita enquanto dura. Se ele não quiser mesmo ser teu namorado, azar o dele.

Beijas, L^^e!))).

Boxeador Orlando Cruz assume que é gay

O campeão latino da OMB, o boxeador Orlando Cruz assume que é gay! É o primeiro a assumir sua homossexualidade enquanto ainda está nos ringues. ‘Tenho orgulho de ser gay‘, disse ao jornal USA Today.

Na década de 90, outro boxeador assumir que era LGBT, o bissexual Emile Griffith disse a Sports Illustrated que curtia homens e mulheres, mas até então ele já estava aposentado e esperou isso para finalmente sair do armário.

Tento ser bom um exemplo para as crianças, que vejam o boxe como um esporte e uma profissão. Estou lutando há mais de 24 anos, quero continuar crescendo e preciso ser fiel comigo mesmo‘, disse o boxeador.

Sempre falo sobre a importância de figuras públicas de peso assumirem sua homossexualidade. É através de exemplos de sucesso profissional e pessoal que muitos gays e lésbicas passam a ver sua própria diversidade sexual como mais uma característica natural no gênero humano.

Pessoas como Ricky Martin, PinkIan McKellen, Billie Joe Armstrong, o jogador de futebol David Testo, o jogador de rugby Gareth Thomas e tantos outros são exemplos que devemos tomar em nossas vidas. Pessoas reais que não se escondem atrás de uma falsa heterossexualidade, mas assumem para si e para o mundo seu verdadeiro eu.

E ae, vai chamar o boxeador de ‘viadinho’?

[Sugestão da linda a @AnaVanolli do Sexo, Rock 'N Roll]

Maria Purpurina

Maria Purpurina ou Fag Hag em inglês, que nada mais é do que mulheres que gostam de ficar com gays! Não é de hoje que as novelas mostram através da ficção algo que conhecemos muito bem. Quem nunca foi alvo delas que atire o primeiro scarpin!

Não sou contra esse tipo de coisa, até porque já fiquei com muita mulher em balada. Geralmente são amigas próximas por quem nutro um carinho especial e o beijo nada mais é do que uma demonstração desse carinho. Nada demais pra mim. Nada demais para elas. Simples assim! Só que para alguns gays que não são tão seguros de sua sexualidade, ou ainda estão na fase de não aceitação a coisa complica um pouco porque mexe um pouco com suas cabeças, e nesse caso é cabeça de cima, porque dificilmente a de baixo vai se ‘importar’.

Maria Purpurina

Iran Malfitano e Debora Secco – A Favorita – Rede Globo

Já pensei sobre o assunto diversas vezes, me perguntei o que as atraí em nós gays e cheguei a conclusão que somos mais atenciosos, sensíveis e em muitos casos [e graus] nos cuidamos mais que muito hetero por aí. Sem falar que a maioria das Maria Purpurina frequentam baladas gays, que é um ambiente muito mais ‘seguro’ se comparado as baladas heteros com aqueles marmanjos as puxando pelo braço, abordando daquela forma que só um pedreiro sabe fazer.

O problema é quando elas se apaixonam! A situação é deveras complicada, ainda mais com tantos casos nas novelas que as fazem acreditar que um relacionamento assim pode dar certo. Exemplo: Debora Secco e Iran Malfitano que ficam juntos em A Favorita, ou Leona Cavalli, Alexandre Slaviero [lindo] e Thiago Mendonça que formavam um triângulo amoroso bem improvável. Doce ilusão! O cara sempre gostará de homem, e se não for bissexual, a probabilidade disso dar certo é bem baixa.

Maria Purpurina

Alexandre Slaviera, Leona Cavalli e Thiago Mendonça – Duas Caras – Rede Globo

Já passei por diversas situações, algumas engraçadas e outras tensas. Contarei os dois tipos:

Engraçada
Estava na pista e um boy delicioso chegou em mim e perguntou se eu não estava afim de conhecer sua amiga. Como sou sambado, avisei que sou gay e que não curto mulheres. Vi o boy voltando para contar a ‘novidade‘ para a amiga, e voltando. Pensei: ‘Ai, caralho. Ela vai insistir’. Qual não foi minha surpresa quando o boy veio conversar comigo e me xavecar! Claro que fiquei com ele e, posteriormente, conheci a amiga dele e conversamos pencas.

Tensa
No bar balada gay [local preferido da Maria Purpurina] uma menina chega puxando assunto. Não sou antipático e conversamos durante um bom tempo enquanto eu bebia. Ela tentou me beijar! Assim, sem nem ao menos saber se eu queria. A avisei que não curtia e que haviam outros caras bonitos e interessantes, muitos deles heteros e que adorariam beijá-la… Ela insistiu, insistiu e insistiu. Eu inventei uma desculpa e sai fora. Não é que essa minha me perseguiu a noite toda? Até na hora que eu estava ficando com um cara, ela estava por perto olhando. Juro que fiquei com medo dela colocar uma máscara de hockey, pegar um facão e virar o Jason!

Querida Maria Purpurina, a vida não é novela. Desencana que a vida engana!

Cantor Mika sai do armário - Do Que Os Gays Gostam

Depois do Ricky Martin e de outros atores e atrizes, chegou a hora do cantor Mika sai do armário. Ele mesmo já havia afirmado ser bissexual há alguns anos, mas dessa vez assumiu de vez que é GAY!

Ele falou para a revista Gay and Night em 2009: ‘Chame-me do que quiser. Bissexual se precisa de um rótulo para mim. Eu nunca me limitei na vida, e nunca limitei com quem eu durmo’.

Em setembro a revista Instinct traz uma entrevista com o cantor, e já soltaram uma das frases. Bem direta por sinal: ‘Se você me perguntar eu sou gay, eu digo sim. Essas canções são sobre meu relacionamento com um homem? Eu digo sim. Foi apenas através da minha música que eu encontrei forças para aceitar minha sexualidade. Esta é minha vida real’.

Assista um dos vídeos mais legais do cantor Mika:

[Sugestão de Felipe Campos]

Depois de muito pesquisar eis uma lista com os 10 gays [ou bi] famosos e assumidos que talvez você não saiba. Tentei sair um pouco do óbvio, porque colocar na lista celebridades como Elton John, George Michael e Chris Colfer, nem precisa. Também não quero tirar ninguém do armário a força…

Eu mesmo, com essa pesquisa ‘descobri’ alguns que não sabia. Bora conferir?

1 – Billie Joe Armstrong

10 Gays Famosos e Assumidos
Vocalista do Green Day – Bissexual

2 – Ruppert Everett

10 Gays Famosos e Assumidos
Ator – Gay

3 – Richard Chamberlain

10 Gays Famosos e Assumidos
Ator – Gay

4 – Jonathan Groff

10 Gays Famosos e Assumidos
Ator – Gay

5 – Mark Feehily

10 Gays Famosos e Assumidos
Ex-cantor do Westlife – Gay

6 – John Amaechi

10 Gays Famosos e Assumidos
Ex-Jogador NBA – Gay

7 – Ryan Harrison

10 Gays Famosos e Assumidos
Tenista – Gay

8 – Guilhermo Diaz

10 Gays Famosos e Assumidos
Ator – Gay

9 e 10 – David Burtka e Neil Patrick Harris [Casados]

10 Gays Famosos e Assumidos

Atores – Gays e Casados

Preciso de ajuda! Comecei a estudar em uma escola nova esse ano, entrei pro blog da escola e virei super amigo do editor chefe, um garoto do 3º ano.

Não pude evitar, acabei me apaixonando por ele, mas achei que seria algo platônico pois todos acham que ele é HT, e todos dizem que ele namora com uma menina que vive grudada nele. Mas com o passar do tempo nós nos tornamos muito amigos e eu contei que gostava dele. Eentão pra minha surpresa ele disse que tambem estava ‘afim‘ de mim.

Começamos a ficar, e ele me pediu em namoro há duas semanas atrás, mas como ele não é assumido eu prometi que manteria o nosso relacionamento em segredo. Não posso evitar ficar com ciúmes da suposta ‘melhor amiga’, até por que o comportamento dele é estranho em relação a ela, todo o tempo quando eu estou com ele chega sms dela no cel dele e ele não me deixa ver.

Como eu vivo com a pulga atrás da orelha, fui fazer amizade com ela. Então inventei que um amigo estava interessado nela e perguntei se ela tem namorado, e ela me disse que namorava com ele.

Estou muito triste e confuso, qual é a dele??

Se ele já namorava com ela como ele pode me pedir em namoro?

Estou muito decepcionado, não sei nem o que pensar sobre isso. O pior de tudo é que eu realmente gosto dele, e não vou suportar mais ve-lô com ela.

Dinho, via e-mail

Cena do curta-metragem: Poliamor

Hey Dinho, que situação hein?!

É a coisa mais normal namorar caras não assumidos, até porque acredito que sejam boa parte da população gay, que vive uma ‘vida dupla’, com medo que o preconceito e a intolerância se aproximem deles. Eu entendo seu namorado não assumir, mas sempre sou a favor da verdade, por isso EU me assumi, mas cada caso é um caso, e cada um sabe o que é melhor pra si.

Acho que o melhor a se fazer é conversar com ele abertamente, e falar com todas as letras o que essa menina te falou, e abrir seu coração para o namorado e contar sobre sua insegurança a respeito dela e do relacionamento. As vezes ele acha que você convive bem com essa amizade e acaba por usá-la como fachada para uma falsa heterossexualidade. Conversar não mata, apenas torna o relacionamento mais forte e fundamentado na confiança e segurança de ambas as partes.

O que pode acontecer é que ele seja bissexual e namore com os dois ao mesmo tempo. Isso não é difícil de acontecer no universo gay. Uma forma fácil de descobrir é conversando e perguntando na cara dura o que ele sente/tem com essa menina. A parte dela você já sabe, ela se diz namorada. ~ELA SE DIZ~ mas até ser namorada de verdade são outros 500.

Semana passada aqui no blog comentei sobre o curta-metragem Poliamor. Você leu? Se não leu fica a dica, porque pode ser algo interessante se o fato dele namorar os dois ao mesmo tempo se confirme, viu?

Eu sou bissexual e sofro PRECONCEITO por parte de gays! Alguns  amigos meus deixaram de falar comigo e simplesmente me ignoram. Segundo eles só EXISTEM GAYS e HÉTEROS. Fiquei MUITO impressionado, pois, eles que deveriam me apoiar, me deram as costas, mas meus amigos HETEROS, alguns deles, me disseram o seguinte: O IMPORTANTE É QUE VC ESTÁ FELIZ E NADA MUDA, INDEPENDENTE DE SUA OPÇÃO SEXUAL.

Agora pergunto a vcs: GAYS RECLAMAM DE PRECONCEITO E OS MESMOS SÃO PRECONCEITUOSOS? COMO ASSIM, PRODUÇÃO?
Meninos, sinceramente, o q vc’s acham sobre isso?

2º – Quero saber se o PEAGÁ PEÑALVEZ aceita sair comigo! Ele é lindo!

Guilherme, RS.

))) Oi, Guilherme, desculpa a demora em responder. Primeiro de tudo, nós não optamos sexualmente. Seguimos uma “Orientação” sexual. Ninguém escolhe ser gay, bom, tem quem acha que dá para escolher a sexualidade, mas isso eu deixo pra um outro post sobre fanáticos religiosos que acreditam poder curar a homossexualidade.

Seguinte, realmente existe muito preconceito no mundo. E, nós gays, somos parte do mundo… Então, infelizmente, não estamos fora dessa. Sofremos preconceito, mas também o praticamos. Se o cara é pobre, não tem dentes, se diz que é Bissexual ou que é um abominável homem das neves… já era.

Mais importante do que sua sexualidade, é seu caráter e sua higiene…rs

Preconceito é justamente isso, quando você faz um conceito (fulano não serve pra mim, por exemplo) antes de realmente saber se é verdade. Julgar antes de ir a fundo…

Não fique revoltado com o fato dos seus “amigos gays” terem te dado as costas. Simplesmente porque eles não eram amigos seus coisa nenhuma. Quem gosta de ti e quer fazer parte da sua vida não te rotula e não se importa se você é gay, bi, tri ou pam. O importante é o seu caráter e não com quem vai pra cama. Se você não engana ninguém, se não brinca com sentimentos dos homens e mulheres com quem sai… não está fazendo nada de errado. Siga sua vida e nutra amizades assim, com pessoas que gostam de estar contigo como você é.

))) Resposta 2: Então, sinto muito em te dizer isso, mas o Peagá não sai com Bissexuais (brincadeira). Faz assim, banca passagem e hospedagem pra dois aí no Sul. Isso mesmo! Para 2: eu e ele. Sim, porque tenho que ir junto pra ver se aprovo essa “saidinha”…

Beijas,

L^^e!))).