Arquivo da categoria ‘Direitos’

Bahia legaliza o casamento gay

Publicado: 11/10/2012 por @peagapenalvez em Direitos
Tags:,

Casamento gay

Vitória Baiana! O Tribunal de Justiça da Bahia legaliza o casamento gay! A medida foi publicada no Diário de Justiça e assinada pela Corregedora Geral de Justiça, a Desenbargadora Ivete Caldas e pelo Corregedor das Comarcad do interior, o  Desembargador Antônio Pessoa Cardoso. A partir do dia 26 de novembro, os casais gays poderão solicitar nos cartórios o casamento gay.

No ano passado a Bahia realizou a primeira união estável em seu estado, na cidade de Teixeira de Freitas, com o casal Osmar de Jesus Junior, 23 anos, e seu companheiro, o suíço Leano Andali, 32 anos.

As pessoas adoram dizer que a Bahia é só carnaval, axé, água de coco e afins, mas mostrou-se muito a frente de outros estados que não fazem vistas grossas quanto ao direito de todo cidadão ser feliz com quem bem entender!

Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual

Amanhã acontecerá no auditório da Secretaria Participação e Parceria de a eleição dos novos integrantes do Conselho Municipal de Atenção a Diversidade Sexual de São Paulo.

Os candidatos puderam se inscrever e foram aceitos gays e lésbicas acima dos 18 anos de idade e residentes no município por pelo menos dois anos e podiam se candidatar em um segmento LGBT ao qual pertence. Serão escolhidos 3 representantes de cada segmento [2 titulares e 1 suplente]. Cada candidato precisou mostrar que faz parte de algum tipo de militância gay.

Para votar, os eleitores deverão morar em São Paulo ou possuir título de eleitor emitido na capital, apresentar à comissão eleitoral comprovante de residência original e nominal. Poderão votar, uma única vez, em apenas um candidato referente à vaga de um segmento distinto.

A eleição será decidida em turno único. Caso haja empate, a decisão do cargo será tomada através de sorteio. Se nenhum candidato atingir o número mínimo de votos [05] a vaga não será preenchida.

A contagem dos votos será feita, no mesmo dia, ao fim da votação em lugar visível e diante de quem estiver presente. Os resultados serão divulgados em um prazo de até trinta dias pelo Diário Oficial.

Tá afim de escolher seu representante no Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual? Bora encher o auditório e mostrar que não somos apenas um rostinho bonito! Aviso que não me candidatei porque minha vida anda muito atribulada, mas daqui 2 anos, quando mudar a galera estarei lá e precisarei do voto de todos vocês.

| SERVIÇO |
| QUANDO? | 22 de setembro
| ONDE? | Rua Líbero Badaró, 119
| QUE HORAS? | das 9h00 às 19h00.

Lembra que falamos sobre o casamento gay coletivo que acontecerá? Então, a data está chegando! 28 de setembro está logo ai e a cerimônia contará com a ilustre presença de muitos conhecidos do universo gay. Esse casamento é organizado pelo Centro de Tradições Nordestinas, no Bairro do Limão.

A irreverente Silvetty Montilla, a pastora Lanna Holder, o DJ Mauro Borges, Jéssica Angell, Sandra Bull e o reverendo Cristiano Valério.

Todos podem comparecer, o convite é aberto a toda comunidade paulistana, inclusive heteros que queiram ver que toda forma de amor é natural e normal.

Estarei lá para comemorar mais alguns casamentos gays, e quem sabe não ache um convidados dos noivos e noivas para casar da próxima vez que eles realizarem? Nunca se sabe, né? Se você quer me pedir em casamento essa é uma ótima oportunidade!

|Local| Centro de Tradições Nordestinas
|End| Rua Jacofér, 615 – Bairro do Limão

Estatuto da Diversidade Sexual - Gays Gostam

O Anteprojeto do Estatuto da Diversidade Sexual foi elaborado por diversas pessoas e contou com a participação de 60 Comissões da Diversidade Sexual das Seccionais e Subseções da OAB, apesar da redação do texto final não finalizado, foram ouvidos diversos movimentos sociais e encaminhadas mais de duzentas propostas e sugestões.

O Projeto foi elaborado no formato de microssistema, como deve ser a legislação voltada aos segmentos vulneráveis. Conta com 109 artigos distribuídos em 18 sessões.

Estatuto da Diversidade Sexual - Gays GostamAlém de consagrar princípios, traz regras de direito de família, sucessório e previdenciário e criminaliza a homofobia. Aponta políticas públicas a serem adotadas nas esferas federal, estadual e municipal, além de propor nova redação dos dispositivos da legislação infraconstitucional que precisam ser alterados.

Art. 1º – O presente Estatuto da Diversidade Sexual visa a promover a inclusão de todos, combater a discriminação e a intolerância por orientação sexual ou identidade de gênero e criminalizar a homofobia, de modo a garantir a efetivação da igualdade de oportunidades, a defesa dos direitos individuais, coletivos e difusos.

Se interessou? Se Joga AQUI que tem o Estatuto da Diversidade Sexual completo!

Já aderiu a Campanha? Acesse a petição pública e assine: http://bit.ly/IYDpuG

Ontem no twitter rolou um twittaço contra o Deputado Jair Bolsonaro que usa de seu mandato para espalhar a intolerância e ódio contra gays, sob a hashtag #ForaBolsonaroPorque moveu centenas e centenas de LGBTs que não estão satisfeitos com um país onde amar diferente é crime com direito a espancamento na Avenida Paulista ou pior, assassinatos!

Protegido por sua imunidade parlamentar [que deveria se chamar impunidade parlamentar] já soltou diversas pérolas contra gays e lésbicas, quebrou decoro parlamentar, já foi processado diversas vezes mas ainda permanece como deputado e compactuando com disseminação da homofobia em nosso país.

Separamos os melhores tweets para você conferir o que rolou!

Quer ficar por dentro de tudo que rola no universo gay? Basta seguir o perfil do blog

As transexuais alemãs têm muito o que comemorar. Em decisão única no tribunal alemão ganham o direito a implante de silicone custeado pelo seguro saúde mas apenas os casos onde o tratamento por hormônio não surta efeito ou alcance o tamanho de uma lingerie. Não para por aí! As transexuais também podem incluir no tratamento procedimentos cirúrgicos em órgãos [mesmo que saudáveis] para evitar algum sofrimento psicológico.

Não sei como é ser uma transexual, mas sinceramente tento me colocar no lugar delas e entender o tipo de sofrimento que é viver em um corpo que não condiz com seu gênero. Imagine olhar todo dia ao espelho e ver algo que desagrada? Não falo de probleminhas bobos como gordura localizada, espinha, estrias, etc… falo de algo ~muito~ mais complexo. Já viu o post da coluna TRANSformando dessa semana? Lá tem um vídeo incrível com a Maitê Schneider e sua luta para readequação de gênero.

Tudo iniciou com uma transex de 62 anos que teve o tratamento hormonal e cirurgia de mudança de sexo paga pelo plano de saúde, porém seus seios não cresceram em proporções femininas e a empresa se negou a pagar um implante de silicone.

A companhia perdeu a causa, abrindo precedentes para outras transexuais realizarem o implante de silicone caso o tratamento hormonal não dê certo.

E viva a diversidade sexual!

A Igreja Católica se opôs, através de uma carta, à legalização do matrimônio entre pessoas do mesmo sexo que o governo escocês pretende aprovar este ano e encorajou seus fiéis a “rebelar-se” contra o que considera uma “redefinição do casamento”. A tal carta foi lida no último domingo, 26/08, em 500 igrejas católicas do país. 

No texto se sustenta que “o ensinamento da Igreja sobre o casamento é inequívoco e único, a união de um homem e uma mulher, e por isso é um erro que os governos, políticos e Parlamentos busquem destruir ou alterar essa realidade”.

Eu deveria usar este espaço para pedir aos leitores que se rebelem contra a Igreja Católica, mas Deus não quer rebeliões, ele quer que amemos uns aos outros. Então, vamos amar os preconceituosos tapados que não entendem um simples fato: NÓS GAYS NÃO QUEREMOS CASAR NA IGREJA CATÓLICA DE VÉU E GRINALDA. QUEREMOS, NO MUNDO TODO, APENAS FIRMAR O QUE JÁ É NOSSO DE DIREITO:

FIRMAR O AMOR e também ter tratamento legal em termos de heranças, pensões, seguros de vida, manutenção das crianças, direitos de imigração.

O governo escocês deve aprovar neste ano uma lei que permitirá a partir de 2015 os casamentos civis entre homossexuais.

Casamento Igualitário - Gays Gostam

O Governo do Estado de São Paulo, com iniciativa da Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania e o CADS [Coordenadoria da Diversidade Sexual] realizará um casamento igualitário coletivo gratuito no dia 28 de setembro, e contará com 50 casais. Inclusive os casais poderão escolher em qual regime desejam oficializar a união estável: parcial, total ou separação total de bens.

Se você se pensa em em oficializar sua união estável, basta se inscrever até o dia 24 de agosto, mas no dia 25 haverá uma palestra oferecida pela Secretaria de Justiça para tirar dúvidas dos inscritos sobre como são os registros e também para conversão da união estável em casamento civil, tendo como apoio a Defensoria Pública do Estado.

Casamento Igualitário - Gays GostamA cerimômia será realizada no dia 28 de setembro às 19h no Centro de Tradições Nordestinas no bairro do Limão. Se interessou?

|SERVIÇO|

Inscrições 
|Data| até 24 de agosto, de 2ª à 6ª feira, das 10h às 16h
|Local| Sec. da Justiça e da Defesa da Cidadania – Coord. da Diversidade Sexual
|End| Pátio do Colégio, 148 – Centro | Contato: 3291-2700

|Local| CIC Norte, de 2ª à 6ª feira, das 10h às 16h
|End| Rua Ari da Rocha Miranda, 36 – Jova Rural/Jaçanã | Contato: 2249-5384

|Local| Centro de Tradições Nordestinas
|End| Rua Jacofér, 615 – Bairro do Limão | Contato: 3488-9400

Documentos Necessários
Cópias – CPF, RG, comprovante de residência atualizada; certidão de nascimento atualizada; certidão de averbação de divórcio (para aqueles que já foram casados); certidão de óbito (para aqueles que já foram casados e o cônjuge tenha falecido). Os casais deverão indicar duas testemunhas e apresentar cópia do CPF, RG e comprovante de residência destas.

Militar Lésbica recebe patente de general nos EUA Gays Gostam

Pela primeira vez nos Estados Unidos, uma militar lésbica recebe patente de general de brigada. Tammy Smith, 49, que serviu como coronel no Afeganistão em 2010/11 recebeu a tal patente, e quem prendeu a estrela no uniforma dela foi sua esposa, Tracy Hepner. O casal registrou o casamento em março de 2011, no estado de Washington, onde o casamento igualitário são legalizados desde 2008.

A general tem uma já longa carreira de 26 anos no Exército norte-americano, mas supõe-se que não seja a primeira lésbica a chegar a general nos EUA, mas assumida é a primeira pelo menos. ‘É muito significativo que o tenha assumido publicamente‘, disse Sue Fulton, porta-voz da organização OutServe que defende os direitos dos militares gay.

Tammy chegou a general menos de um ano depois da administração de Barack Obama abolir a política Don’t ask, Don’t tell das forças armadas norte-americanas, que consistia na exoneração de qualquer militar homossexual!

Como falamos na sexta-feira, rolou a Expo Business LGBT e a equipe do DQOGG foi conferir o que tinha de mais legal e quais empresas se interessam em nosso segmento de mercado, e aprendemos muito com tudo que falaram nos debates.

Algumas pessoas, inclusive algumas do meio gay, adora dizer que o mercado gay não se comporta como um bloco, não  tem ações em conjuntas por ser tão heterogênea Se levarmos em consideração o resto do mercado, heteros também não se comportam da mesma forma e também são um público diversificado, então não há desculpa para não investir no Pink Money! A única diferença entre nós é que consumimos mais que eles, isso é um fato comprovado através de diversas pesquisas.

Expo Business LGBT - Do Que Os Gays Gostam

Debate com grupo Chileno, que trabalha com turismo friendly

Dentre as empresas que estava na Expo Business LGBT, percebi um grande número de agências de viagens e cidades turísticas, prontas para receber um público seleto e ávido por cultura e diversão. Exemplo disso é a cidade de Florianópolis que tinha um stand que mostrava um pouco sobre as maravilhas naturais e convidava a todos para prestigiar a Parada Gay. A cidade de Cunha, no interior de São Paulo também estava presente, mostrando que o interior também pode ser um ótimo atrativos para gays e lésbicas.

O stand da Africa do Sul me surpreendeu! Imaginou fazer um safari e ver leões, gnus e toda a fauna africana? Sinceramente nunca me passou pela cabeça visitar a África, lembrando que gays e lésbicas são mortos por lá, mas aprendi que na África da Sul as coisas são diferentes, e todas suas cidades [principalmente Johannesburgo] estão prontas a atender o público gay.

Não só de turismo vive o mercado gay, a empresa Sabbia mostram que o bom gosto e design moderno de suas banheiras agradam a todos, e claro, gays gostam de um bom banho para recarregar as energias depois de um fim de semana fervendo, né?

Expo Business LGBT - Do Que Os Gays Gostam

Banheira: Luxo, Riqueza e Glamour!

A Donatta Jóias aposta temática gay, incluindo anéis, brincos, pulseiras e colares lindos! Tem uma coleção diversa e de muito bom gosto, com casais gays ou lésbicos, bandeiras do arco íris e símbolos que remetem a homossexualidade. Tudo é feito com prata, o que dá um ar bem despojado. [PS: o expositor desse stand era LINDO *__*]

Expo Business LGBT - Do Que Os Gays Gostam

Algumas da jóias da Donatta

Em outros países vejo diversas empresas investindo SEM MEDO em mídia gay, sejam em comerciais de TV, publicações ou sites, mas no Brasil essas mesmas empresas simplesmente não fazem nada, ou quase nada, voltado pra gente. Talvez seja a visão machista, ou simplesmente despreparo das agências de publicidade e mídias digitais em propor algo novo a seus clientes. Aceitar nosso dinheiro todas querem, mas mostrar que se importam com o publico gay não?! Tem alguma coisa errada nisso tudo.

O Brasil precisa deixar de um país tupiniquim, inclusive os premiados publicitários ganhadores do Festival de Publicidade de Cannes.

Dia Dos Pais Gays Gostam

Homens, trabalhadores, honestos e amorosos, milhares de gays sonham em ser pais e muitos enfrentam o preconceito para realizar seu sonho!

Um grande exemplo disso é o cantor Ricky Martin, pai de Matteo e Valentino e conta com a ajuda de seu marido, o economista Carlos González Abella. Outro exemplo de pai gay famoso é o ator Matt Bommer que cria além de sua filha, os 2 filhos de seu marido, o publicitário Simon Halls.

Ser pai é uma eterna luta, seja para gays ou heteros, vejo sempre o exemplo do meu pai que sempre lutou por mim e meus irmãos, nos educou dando exemplos de caráter e hombridade, claro que com muita palmada e brigas, mas isso é normal para qualquer família, não é mesmo?

Dia Dos Pais Gays Gostam

<3 Esse é o meu pai <3

Agradeço sempre o pai que tenho! Vejo muitos exemplos de pais que maltratam seus filhos ao descobrirem que eles são gays e meu pai pelo contrário, sempre respeitou minha sexualidade e até conheceu meu ex-marido e alguns namorados. Sua posição é a seguinte: Seja uma pessoa de bem, trabalhadora e de caráter que com quem você transa ou deixa de transar não interfere em quem você é.

Penso em adotar uma criança um dia e me tornar um pai, já que as leis brasileiras nos garantem esse direito. Só não acho que seja a hora para isso, ainda sou novo, preciso de maior estabilidade e abrir mão de algumas coisas para ser um bom pai. Não adianta adotar e não se comprometer em dar uma boa educação e amor para a criança, e sinceramente ainda não estou preparado para isso. Quem sabe daqui uns anos?

Olha esse video que achei sobre um garoto que tem dois pais

Preconceito na hora de procurar emprego - Gays Gostam

Em uma pesquisa realizada pelo trabalhando.com dados indicam que gays e lésbicas sofrem preconceito na hora de procurar emprego.

Dos 400 entrevistados, 54% garantem que existe sim discriminação na hora de contratar LGBTs nas empresas. 22% acreditam que o preconceito existe dependendo da área e cargo a serem ocupados e apenas 3% dizem que não existe mais isso. A pesquisa foi realizada com 30 empresas de médio e grande porte.

Eliana Dutra, Coach de uma empresa dize que profissionais homossexuais são contratados, mas que dificilmente alcançam cargos de diretoria, e as que alcançam sofrem um bocado para chegar a um patamar elevado dentro das empresas.

O que não entendo é o que a sexualidade das pessoas tem com o profissionalismo. Até porque pesquisas mostram que 57% de gays e lésbicas tem ensino superior, pós graduação ou mais, ou seja, tem bagagem e conteúdo para exercer cargos altos dentro das empresas. O que é de fato relevante na contratação são suas competências, não o que ele faz nas horas vagas ou com quem se relaciona.

Nos Estados Unidos, por exemplo, é terminantemente proibido por lei fazer qualquer pergunta pessoal para o candidato a qualquer vaga, ou seja, perguntar estado civil, idade ou qualquer outra coisa não pode.

Particularmente [que eu saiba] nunca sofri nenhum tipo de preconceito ou notei que deixei de conseguir um cargo ou promoção por conta da minha sexualidade. Não sei se é a área que eu trabalho [assessoria de imprensa e produção de eventos] que é bem aberta ou outro fator, mas nunca senti esse tipo de coisa. Inclusive no meu emprego atual eu me divirto com os profissionais que trabalham comigo, brinco com eles e tenho até um ‘namorado‘ [de brinks] entre eles.

Você já sentiu preconceito na hora de procurar emprego?

Peagá Peñalvez na Isto é! VEM GENTE!

Publicado: 01/08/2012 por @peagapenalvez em Direitos

Foto: Isto É

Galera, dei uma entrevista para a revista Isto É, falando um pouco sobre Escotismo e Homossexualidade. Para quem não sabe fui escoteiro por 10 anos, e tive um probleminha por ser gay.

Quer saber o que aconteceu? Se joga AQUI e AQUI!

Leiam a matéria na Isto É! Não reparem que meu nome tá escrito errado. hahahahaha

Casal Gay registra filho na Argentina - Do Que Os Gays Gostam

Em caso inédito no mundo, casal gay registra filho na Argentina! Ah, você deve ser perguntar: ‘Mas isso não acontece em todos os lugares?‘; Não como nesse caso. Esse é o primeiro caso em que o registro civil aconteceu sem uma mediação ou decisão judicial.

O casal gay Carlos Grinblat e Alejandro Dermgerd registraram seu filho, Tobias, um bebê com um mês de vida e é fruto de  uma barriga de aluguel indiana.

Nossa única luta era por formar nossa família. É outro passo no reconhecimento dos direitos igualitários. Este é um caminho que começou há anos e um marco foi o casamento igualitário‘, disse Grinblat.

A Argentina tornou-se o 10º país no mundo a dar direito de casamento civil nacionalmente e o 1º da América Latina. Os outros 9 países são: Holanda, Bélgica, Espanha, Canadá, África do Sul, Noruega, Suécia, Portugal e Islândia.

A Presidente Cristina Kirchner em 21 de julho de 2010 promulgou a norma seis dias depois do congresso argentino votar e contam-se 5.839 casamentos gays em todo o país.

Para finalizar com chave de ouro, em maio do ano passado o país aprovou a lei de identidade de gênero, ou seja, travestis e transexuais podem registrar seus dados com se sentem.

Brasileiro adora tirar sarro de argentinos, seja no futebol ou em qualquer outro assunto. Maradona ou Pelé pouco importa quando falamos em direitos. Acho que nós brasileiros precisamos deixar de lado esse tipo de preocupação e nos interessar mais naquilo que realmente importa.

Converta União Estável Casamento Civil Gays Gostam

Você que tem um relacionamento e já fez o contrato de união estável pode converte-lo em casamento civil, para isso o governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Defensoria Pública do Estado, pelo Núcleo de Defesa da Diversidade Sexual e Direitos Homoafetivos – realizarão atendimentos nos dias 07, 08, 13, 14 e 15 de agosto, das 13h às 18h, para solicitações de conversões das uniões estáveis.

Para isso, os casais deverão entrar em contato com o Disque Cidadania LGBT [0800 023 4567] e marcar o dia e o horário do atendimento, até o dia 06 de agosto, às 13h.