TRANSformando: Androginia

Publicado: 01/10/2012 por @BechaMa em TRANSformando
Tags:, , , , , , ,

“I have too much imagination to just be one gender.” – Erika Linder

Apesar de toda maldade em meu coração, escrevo com muito amor. E como hoje é aniversário da Tia, vou escrever sobre um dos meu temas favoritos, androginia. Presentinho pra mim.

Mas qual a relação entre androginia e os transexuais? Assim como a transexualidade, e a travestilidade, a androginia também é considerada uma transtorno de identidade de gênero. Sim, são consideradas doenças.

Muitas pessoas chamam a bissexualidade de “fica em cima do muro”, “indecisão”, pois a pessoa não “escolhe” entre homens e mulheres, como se fosse escolha. A androginia seria, de certa forma, o “ficar em cima do muro” com relação as identidades de gênero. Só que esse “ficar em cima do muro” é a nossa maneira de forçar uma escolha que não existe, de querer puxar para um lado ou para o outro. Vontade de forçar algum tipo de binarismo. A androginia, assim como a bissexualidade, é uma mistura e não indecisão.

Pessoas andróginas são as que possuem um identificação mista entre masculino, feminino e etc. A androginia em si é bem simples, é apenas uma mistura entre os gêneros com os quais nos acostumamos, é a não definição ente um ou outro. A pessoa não se identifica como homem e nem mulher, se identifica como a mistura. Também pode ser feitas adaptações ao corpo, assim como transexuais e travestis, apesar disso ser incomum. A sexualidade também não é definida pela androginia, nós já aprendemos a separar identidade de gênero de sexualidade.

Existem transexuais andróginos? Eu nunca vi, mas com certeza eles devem existir. E eu sou completamente a favor. É por essas e outras que acredito que nossa sigla, que sempre cresce, será sempre insuficiente. LGBTT, já existe LGBTTQIA. Já estão ficando letras demais para uma sigla e letras de menos para definir a nossa diversidade.

No fim das contas todas as identidades de gênero, sexualidades, são simples, nós é que complicamos as coisas.

comentários
  1. Michel disse:

    Engraçado como a androginia é considerada um transtorno. Basta pensar sociológicamente, quem criou as categorias do que é certo ou errado? Quem definiou as normas, e criou o normal? Quem segregou o que é diferente, e tornou-o algo insano, anormal? Quem criou culturalmente as definições de gênero, se as mesmas, mudam de sociedades para sociedades (sociedade ocidental: homens: cabelos curtos, mulheres: cabelos longos, homens: terno, mulheres: vestido). Basta voltar ao passado para perceber que definições de gênero não passam de construções sociais e culturais. Se até mesmo as roupas são obras-primas do ser humano, por quê um homem ao se sentir bem usando um vestido, é categorizado como dotado de um transtorno. Quebrar tabus e regras sociais é considerado um transtorno? Então eu sou a favor de um mundo MUITO TRANSTORNADO.

  2. Rod disse:

    Cada coisa que eu vejo. Não ligo para nada disso, sou homossexual assumido, só acho que precisamos apenas não querer fugir da realidade, maioria dos transexuais por exemplo, depois que operam adoram dizer que são héteros, já que fez a mudança do sexo, se tornou um ser feminino por completo, e acabam enganando os homens, pois uma vez foi perguntado no programa superpop para uma transexual operada, se um homem transar com ela, ele é gay ou não, a transexual simplesmente respondeu que não é gay, é hétero, pois ela agora é uma mulher completa e é hetera. Ou seja, os transexuais andam deixando o povo doido. Por mais que fez a tal cirurgia de adequação do sexo, não deixou de ser homem, não deixou de ter um corpo masculino, não deixou de ser gay, pois passará a vida toda tomando hormônio feminino, pois o corpo masculino não produz, para poder ter voz, jeito, corpo de mulher. Ou seja, por isso eu tenho um pé atrás com os transexuais, que adoram fingir que são mulheres puras e héteros.

O que achou desse texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s