‘AIDS é uma doença predominantemente gay’ diz pastor Marco Feliciano

Publicado: 26/09/2012 por @peagapenalvez em Notícias
Tags:, , , , , , , , , ,

Aids é uma doença predominantemente gay diz pastor Marco FelicianoO Pastor e dePUTAdo Marco Feliciano [aquele que faz a sobrancelha, alisa, tinge e use laquê] disse em uma de suas pregações que há um espécie de conspiração que envolve militantes gays e o governo para impor a homossexualidade à população e que isso fere a moral cristã e termina falando [merda] que a AIDS é uma doença predominantemente gay.

Jean Wyllys <3, Deputado Federal, respondeu ao pastor em seu site que Marco Feliciano é o deputado do ódio e da mentira e que seu discurso é fundamentalista e fascista! Jean está certo! Só que o pastor não se conteve e respondeu:

- ‘O senhor Jean Wyllys demonstra ser um parlapatão, pois fica deblaterando sobre um assunto que ele desconhece, acusando a multidão que me ouviu de incultos e incautos, e a mim de um mentiroso homofóbico desprovido de intelectualidade, simplesmente por ter lembrado a eles e aborrecido a este sobre o assunto da perversão sexual, da imoralidade e da doutrinação imposta pela comunidade GLBT à nossa geração. Ao deputado Jean Wyllys explico, o púlpito de uma igreja não é lugar para demonstração de intelectualidade nem desfile de títulos honoríficos‘ disse o dePUTAdo.

E de acordo com o pastor: ‘A chamada AIDS pode atingir qualquer pessoa independente de preferência sexual, mas a própria ciência revela o predomínio de infecção por esta doença em pessoas manifestamente homossexuais‘.

Claro que o dePUTAdo e pastor está errado e ainda colocou a ciência no meio da jogada. A AIDS, em seu princípio, foi considerada epidemia gay porque os primeiros casos foram diagnosticados em homossexuais, o que levou a falsa ideia de que apenas gays a contraiam, mas estudos posteriores mostraram que o HIV infecta qualquer pessoa, seja ela gay, lésbica, hetero, bi, pansexual… Não é uma doença de algum grupo de risco, mas sim de um comportamento de risco que é o não uso do preservativo.

Para finalizar o pastor termina com: ‘Todos os dias da minha vida pregarei o que diz a Palavra, que a prática do ato íntimo entre dois homens ou duas mulheres é e continuará sendo pecado e ponto. Não discuto o que é pregado no púlpito fora do momento da pregação‘.

Um beijo pra quem lê apenas o que interessa na Bíblia!

comentários
  1. Ritinha Lima disse:

    Beijo, aceito Pê.
    Pois leio aquele trecho que diz:
    “E DEUS FEZ O HOMEM À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA”
    “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei.” (Jo 15, 12).

    Quem ler isso e interpreta bem, não precisa de Igreja, pastor, bispo, acremiações e seitas.

    Não vou comentar sobre esse doido.
    Beijinhos meus meninos do Blog!

O que achou desse texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s