Preconceito em comercial de cerveja?

Publicado: 28/05/2012 por @peagapenalvez em Homofobia, Vídeos
Tags:, , , , , , ,

Reprodução: YouTube

A ABGLT [Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais] denunciou a propadanda da cerveja Nova Schin, onde uma transsexual é ‘objeto de escárnio, piada e deboche, ‘de noite era Maria e de dia era João’, palavras da própria associação.

Segue nota enviada:

Nossa consternação se dá pelo fato de que a população de travestis é entre as mais discriminadas no Brasil e que o comercial contribui para referendar e banalizar essa discriminação, ridicularizando a personagem travestida. Para ilustrar, em pesquisa feita na Parada LGBT de São Paulo em 2005, 77,% das pessoas travestis e transexuais afirmaram já ter sofrido agressão verbal/ameaça de agressão em virtude de sua sexualidade (www.clam.org.br).

Para entender nosso posicionamento, bastaria ridicularizar a personagem do comercial por causa da cor de sua pele ou por causa de sua raça, para perceber que o conteúdo é discriminatório.

Ao mesmo tempo em que entendemos que é preciso ter bom humor, não se deve utilizar-se da fragilidade de uma população para vender um produto. Isto não é condizente com o preceito constitucional da dignidade humana.

Reprodução: Youtube

Tem havido muito debate no Congresso Nacional e na sociedade brasileira sobre a discriminação por homofobia. Neste sentido, a fim de elucidar porque o comercial nos ofende, oferecemos uma definição bastante abrangente do conceito de homofobia que também demonstra a forma como o comercial está contribuindo para reforçar preconceitos baseados em estereótipos negativos:

[A homofobia é] um conjunto de emoções negativas (tais como aversão, desprezo, ódio, desconfiança, desconforto ou medo), que costumam produzir ou vincular-se a preconceitos e mecanismos de discriminação e violência contra pessoas homossexuais, bissexuais e transgêneros (em especial, travestis e transexuais) e, mais genericamente, contra pessoas cuja expressão de gênero não se enquadra nos modelos hegemônicos de masculinidade e feminilidade. A homofobia, portanto, transcende a hostilidade e a violência contra LGBT e associa-se a pensamentos e estruturas hierarquizantes relativas a padrões relacionais e identitários de gênero, a um só tempo sexistas e heteronormativos (JUNQUEIRA, 2007).

Assim sendo, vimos por meio deste solicitar a imediata retirada do ar do comercial “Festa de São João”, da empresa Nova Schin.

Na expectativa de sermos atendidos, estamos à disposição.

Sinceramente não curti muito essa brincadeira, achei de humor precário, ~levemente ofensivo~ e de uma falta de criatividade  imensa por parte da agência. Acho que pode-se abordar a homossexualidade e transsexualidade em um comercial, inclusive usar humor para falar sobre isso, mas de uma forma que ninguém se sinta ofendido com ‘brincadeira’. Espero que tirem do ar esse comercial, não por mim, mas pelazamiga transex que se sentiram ofendidas.

comentários
  1. Joanne disse:

    Eu, como transexual, me senti um pouco ofendida mesmo. Achei desnecessário, sem qualquer graça e um estímulo ao preconceito e à discriminação sim. Coisas como essa não nos ajudam em nada.

  2. [...] 28 rolou um post sobre uma marca de cerveja que produziu um comercial infeliz usando o tema transexual e senti necessidade de expor um pouco o que eu acho sobre o assunto Humor [...]

O que achou desse texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s