Aids mata 9 por dia em SP

Publicado: 28/11/2011 por @peagapenalvez em Go Health
Tags:, , , , ,

Por Peagá Peñalvez

Em 10 anos, proporção de casos notificados cresceu 52% entre homens que fazem sexo com homens e 30% entre os heterossexuais

Em 2010, a Aids matou 8,6 pessoas por dia, em média, no Estado de São Paulo. É o que aponta o mais novo balanço da Secretaria de Estado da Saúde com base no boletim epidemiológico do Programa Estadual de DST/Aids.

Foram 3.141 óbitos no Estado no ano passado, o que representou taxa de mortalidade de 7,6 mortes por 100 mil habitantes. Em 2009 a o índice de mortalidade por Aids foi de 7,9. Em relação a 1995, quando houve 7.739 óbitos pela doença, a taxa de mortalidade caiu 67% no estado. O boletim aponta também que, apesar da redução no número absoluto de casos desde a segunda metade da década de 1990, a proporção de infecções em homens que fazem sexo com homens cresceu 52,4% entre 2000 e 2010. Entre os heterossexuais esse crescimento foi de 30,5%, enquanto entre os usuários de drogas injetáveis houve queda de 73,2%.

A incidência de Aids no estado caiu pela metade na última década. A razão de casos vem se mantendo em dois masculinos para cada um feminino. A faixa etária predominante dos casos da doença é a de 30 a 39 anos, com incidência de 32 por 100 mil habitantes.

“Embora a epidemia de Aids tenha mudado seu perfil desde o seu início, ainda há forte concentração de casos notificados entre homens que fazem sexo com homens, além de aumento proporcional de infecção entre os heterossexuais. O sexo seguro, com uso de preservativo, ainda é a melhor forma de proteção contra o vírus”, diz Maria Clara Gianna, coordenadora do Programa Estadual de DST/Aids.Desde o início da epidemia, em 1980, até junho deste ano foram registrados 212.271 casos de Aids em todo o Estado.

/// Eu me pergunto o que leva uma pessoa a transar sem camisinha, porque definitivamente não entendo a forma de pensar de uma pessoa dessa. Poxa, nós gays somos considerados pessoas esclarecidas, com um poder aquisitivo e cultural maior que da média nacional, e os casos de transmissão do vírus HIV continuam aumentando. Será que o grande problema disso são os locais que todos sabemos rolam sexo casual??? Saunas, Cinemas, Dark Rooms e etc???

POR FAVOR GALERA, não é a toa que mantemos esse banner sobre uso de camisinha em nosso blog. Cliquem, se esclareçam sobre o assunto.

CAMISINHA SEMPRE. 

Dados: Secretária da Saúde do Estado de São Paulo

Comentários
  1. Vini Ribeiro disse:

    Gente, como pode alguém topar transar sem camisinha em pleno 2011? Por favor neh? Camisinha não é só questão de saúde é de segurança também!!! Não podemos cobrar nada de ninguém , se ainda temos a ideia de que camisinha não é necessária! Outra coisa, sexo nunca foi e nem será prova de amor, então por favor neh gente!!! Se o cara falar “Prova que me ama e vamos transar sem camisinha?” Dê um pé nesse mané!!! Camisinha SEMPRE!!!

  2. Olá Vini.
    Realmente não sei como algumas pessoas ainda transam sem camisinha.
    Concordo com o fato de que nem é apenas a saúde que está em jogo, mas nossa segurança.

    Simplesmente deplorável algumas pessoas TEIMAREM em não usar camisinha.

    Valeu pelo comentário.

O que achou desse texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s