Caso Jamey, polícia indiciará três por crime de ódio e perseguição

Publicado: 26/09/2011 por Leandro Lan em gay, Go Health, Homofobia, Sexualidade
Tags:, , , ,

Por Leandro Madness:

))))))))

Rodemeyer, fã confesso de Gaga, tirou sua vida após sofrer Bullying continuamente na escola.

Aham! Babado, confusão e Bullying. Diz que a Polícia de Nova York (concrete jungle when dreams are made on.. now u r in New Yoooork) indiciará três alunos devido ao suicídio do jovem de quatorze anos, Jamey Rodemeyer. 

Aos que não sabem, o menino foi encontrado morto em 18/09, do lado de fora de sua casa. Ele se suicidou por conta do Bullying que sofria na escola por ter se declarado gay.

A Polícia investiga agora as mensagens deixadas nos perfis de Jamey em redes sociais para verificar o que, efetivamente, o levou a tirar sua vida.

O departamento que cuida de crimes ligados ao gênero, a Unidade Especial de Vítimas, da Policia norte-americana , disse que já identificou três estudantes que deixavam constantemente recados para Rodemeyer. “Nós conversamos com alguns colegas de Jamey e eles nos revelaram que havia um grupo de alunos que o perseguia por algum tempo. Eles serão indiciados por crime de ódio e perseguição”, declarou John C. Askey, chefe do departamento.

Jamey Rodemeyer postava vídeos no YouTube onde relatava as constantes violências que sofria no colégio. “Eu sempre digo as pessoas como sou intimidado, mas ninguém me escuta. O que eu tenho que fazer para que as pessoas me escutem?”, questionava em um dos vídeos.

Após saber do fato, Lady Gaga resolveu intensificar sua luta contra o Bullying nos EUA, depois de demonstrar tristeza pelo ocorrido, via Twitter, a diva pop afirmou que irá se encontrar com o presidente Obama para conversar com ele sobre o assunto.

E a confusão continua: Tem quem defenda o Bullying como rito de passagem e afirma que sem sofre-lo, as crianças não teriam força emocional para lidar com problemas da vida enquanto adultas e, tem gente que sente vontade de esganar quem pratica o Bullying.

comentários
  1. Ritinha Lima disse:

    Acompanhei essa tragédia aqui na net, nem quis mandar como notícia para vocês, ache triste por demais.
    Isso significa que a família também é culpada, não é possível que não tenha ouvido o James reclamar dos colegas, no meu caso minha mãe foi na escola… Verdade que não adiantou muito, pois a professora também me perseguia!
    Necessário uma criança passar por humilhações, perseguições e ter sua vida escolar infernizada por vândalos e professoras frustrada? Quem afirma isso, só poder ser aquele que praticou o bullying. Pergunte a qualquer um, que sofreu se ajudou alguma coisa na sua vida adulta?

  2. nas escolas publicas brasileiras essa realidade é ainda pior

    Acredito que teria sido menos infeliz do que sou hj se tivesse sofrido menos “Bullying”n na minha adolescencia!

  3. Esse é uma dos principais problemas que MUITOS gays sofrem na adolescência.
    É complicado ser chamado de viadinho, bichinha e derivados na escola, ainda mais que é bem na época que a maioria se descobre gay.
    Está aí o início dos problemas com auto estima que a maioria dos gays têm.

    Infelizmente essa não é apenas uma realidade norte americana, mas mundial… inclusive no Brasil.

  4. Bullying NUNCA ajuda ninguém, apenas coloca a pessoa cada vez mais para baixo.
    Aliás, dados mostram que adolescentes gays tem 8 vezes MAIS chances de se suicidarem.

  5. […] caso Jamey Rodemeyer trás a tona um alarmante dado: Três adolescentes gays se matam por dia. Um a cada 8 horas. O […]

O que achou desse texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s